Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11596
Título : Funções de produção do cafeeiro irrigado e sob diferentes densidades de plantio
Título(s) alternativo(s): Production functions of irrigated coffee under different planting densities
Autor: Serra, Edilson Lopes
Scalco, Myriane Stella
Guimarães, Rubens José
Colombo, Alberto
Morais, Augusto Ramalho de
Carvalho, Carlos Henrique Mesquita de
Palavras-chave: Café – Irrigação
Produtividade agrícola
Coffee – Irrigation
Agricultural productivity
Coffea arabica
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data da publicação: 17-Abr-2012
Referência: SERRA, E. L. et al. Funções de produção do cafeeiro irrigado e sob diferentes densidades de plantio. Coffee Science, Lavras, v. 8, n. 2, p. 157-165, abr./jun. 2013.
Resumo : Objetivou-se, neste trabalho, avaliar critérios de irrigação e densidades de plantio mais adequados ao cultivo do cafeeiro que maximizem a produtividade das lavouras. O experimento foi conduzido em área do Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras/MG, em delineamento de blocos casualizados com esquema de parcelas subdivididas (densidades de plantio nas parcelas e irrigações nas subparcelas), com quatro repetições. O plantio foi realizado utilizando-se mudas sadias de cafeeiro, cultivar Rubi MG-1192. Observou-se que o uso da irrigação proporcionou aumentos expressivos de produtividade de café beneficiado em cultivos adensados de 10.000 a 20.000 plantas ha-1. Irrigações baseadas entre tensões de 60 kPa a 100 kPa são suficientes para atender a demanda hídrica do cafeeiro em plantios adensados, porém o aumento no número de plantas de 10.000 para 20.000 compromete a sustentabilidade do cultivo pelo aumento desproporcional do consumo de água para irrigação com pequenos incrementos de produtividade. Para a tensão de irrigação de 60 kPa o aumento relativo de produtividade supera os dos demais critérios de irrigação, sendo o número de plantas indicado de 13750 plantas ha-1.
Abstract: The aim of this study was to evaluate criteria for irrigation and planting densities best suited to coffee growing to maximize yield. The experiment was conducted in an area of the Department of Agriculture, Federal University of Lavras, Minas Gerais, Brazil, in a randomized complete block design with split-plots and four replications. Planting was carried out using healthy coffee seedlings of the Ruby MG-1192 cultivar. It was observed that the use of irrigation provided for significant increases in processed coffee yield in high density planting from 10,000 to 20,000 plants ha-1. Irrigations based on tensions from 60 kPa to 100 kPa are sufficient to meet the water requirements of coffee in dense plantings, but the increase in the number of plants from 10,000 to 20,000 compromises the sustainability of the crop through the disproportionate increase in water consumption for irrigation, with small increases in yield. For the irrigation tension of 60 kPa, the relative increase in yield outweighs the other criteria for irrigation, with 13,750 plants ha-1 being the number of plants indicated.
URI: http://www.coffeescience.ufla.br/index.php/Coffeescience/article/view/390
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11596
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.