Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1162

Título: Variabilidade de Colletotrichum spp. no feijoeiro comum
Autor(es): Mota, Suellen Finamor
Orientador: Souza, Elaine Aparecida de
Membro da banca: Queiroz, Marisa Vieira de
Barcelos, Quélen de Lima
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Colletotrichum lindemuthianum
Colletotrichum truncatum
Sarna do feijoeiro
Feijão - Antracnose
Colletotrichum - Variabilidade genética
Genetic variability
Scabies bean
Anthracnose
Data de Defesa: 23-Jul-2013
Data de publicação: 25-Set-2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais
Referência: MOTA, S. F. Variabilidade de Colletotrichum spp. no feijoeiro comum. 2013. 92 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: O Gênero Colletotrichum apresenta ampla variabilidade genética, demonstrada pela ocorrência de diversas raças patogênicas e características fenotípicas. O objetivo com este trabalho foi caracterizar 22 isolados de C. lindemuthianum e Colletotrichum spp. oriundos de lesões de antracnose e de sarna do feijoeiro e também, verificar a relação entre essas espécies do gênero Colletotrichum que habitam lesões de antracnose e sarna do feijoeiro. A caracterização foi realizada por meio da morfologia das colônias, tamanho dos conídios, presença de septo, germinação, taxa de esporulação e crescimento micelial, marcadores moleculares por PCR dos genes mating- type e Inter-Retrotransposon Amplified Polymorphism (IRAP) e também, testes de patogenicidade. Os isolados de Colletotrichum spp. apresentaram ampla variabilidade para todas as características avaliadas, evidenciando a ocorrência de múltiplas espécies. A partir do teste de patogenividade, verificamos que a avaliação da severidade da doença causada pelos isolados de Colletotrichum spp., deve ser realizada tardiamente, ou seja, aos 17 dias. Na análise molecular, apenas os isolados de C. lindemuthianum foram agrupados pelo marcador IRAP. Para os caracteres fisiológicos, observou-se que o crescimento micelial de C. lindemuthianum é bem mais lento que dos demais isolados de Colletotrichum spp. avaliados. As relevantes informações geradas no estudo confirmam a variabilidade existente nas espécies e direcionam futuros estudos na área básica desses patógenos na área aplicada no controle das doenças do feijoeiro.
The Colletotrichum genus presents a large genetic variability, as is demonstrated by the occurrence of several pathogenic races and phenotypic characteristics. The objective of this study was to characterize 22 C. lindemuthianum and Colletotrichum spp. isolates recovered from anthracnose lesions and bean scab, and also to verify the relation between these species from the Colletotrichum genus, which inhabit anthracnose and scab lesions. The characterization was performed by analyzing colony morphology, conidia size, the presence of septa, germination, sporulation and mycelia growth rates, in addition to the PCR of mating-type genes, IRAP markers and pathogenicity tests. The Colletotrichum spp. isolates presented a wide variation to all the evaluated characteristics, showing the occurrence of multiple species. With the pathogenicity tests, we verified that the evaluation of the severity of the disease caused by Colletotrichum spp. isolates must be performed 17 days after inoculation. On the molecular analysis, only the C. lindemuthianum isolates were grouped by the IRAP markers. For the physiological characters, we observed that C. lindemuthianum mycelia growth is much slower than that of the evaluated Colletotrichum spp. isolates. The relevant information generated in this study confirms the variability in the species and direct future studies to the basic and applied area of bean disease control
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1162
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Variabilidade de Colletotrichum spp. no feijoeiro comum.pdf1,26 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback