Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11638
Título : Condições ambientais em galpão convencional telado para galinhas poedeiras hyline W-36
Título(s) alternativo(s): Environmental conditions in a conventional screened poultry shed
Autor: Lourençoni, Dian
Yanagi Junior, Tadayuki
Oliveira, Daniela D. de
Campos, Alessandro T.
Lima, Renato R. de
Palavras-chave: Biosseguridade
Ruído
Amônia
Dióxido de carbono
Poedeiras
Biosafety
Noise
Ammonia
Carbon dioxide
Laying hens
Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Data da publicação: 17-Ago-2016
Referência: LOURENÇONI, D. et al. Condições ambientais em galpão convencional telado para galinhas poedeiras hyline W-36. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 35, n. 1, p. 1-10, jan./fev. 2015.
Resumo : Devido às ocorrências dos vírus de influenza aviária (H5N1 e H7N2), estudos relacionados à biosseguridade têm-se intensificado, e uma das soluções discutidas é o uso de tela para cercar completamente o perímetro dos galpões, visando a evitar o contato das galinhas poedeiras alojadas com outras aves. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo avaliar e comparar a utilização de tela cercando o perímetro de galpões convencionais de poedeiras, sobre o ambiente acústico e aéreo no interior da instalação. A pesquisa foi realizada em uma granja comercial para produção de ovos, localizada no sul do Estado de Minas Gerais, e foi conduzida em um galpão aberto, que teve a metade de sua área cercada por tela e a outra metade mantida totalmente aberta. Foram alojadas galinhas poedeiras da linhagem Hyline W-36, sendo analisadas as variáveis de intensidade sonora, concentração de amônia (NH3) e concentração de dióxido de carbono (CO2). As variáveis foram coletadas em seis pontos de medição, em cada região (com e sem tela), dois em cada corredor (norte, central e sul). Os resultados indicaram que o uso de tela não alterou o nível de ruído e as concentrações de NH3 e de CO2 no interior do galpão analisado. Contudo, os níveis mensurados foram inferiores àqueles que ofereceriam riscos à saúde das aves e dos trabalhadores, podendo-se concluir que o uso de tela não influenciou negativamente no ambiente aéreo do galpão.
Abstract: Avian influenza viruses (H5N1 and H7N2) triggered a great number of studies on biosafety, and one of the discussed solutions is the use of screen to enclose completely the poultry house perimeter, since it can avoid the contact of laying hens with other birds. Thus, the present study aimed to evaluate and compare the use of screen enclosing a conventional laying house perimeter by assessing acoustic and aerial environment inside the facility. The research was performed in a commercial egg production farm located in Southern Minas Gerais State, Brazil. It was carried out in an open facility, in which half area was enclosed by screen and the other half was maintained completely open. Hyline W-36 laying hens were housed. Sound intensity, ammonia concentration (NH3) and carbon dioxide concentration (CO2) were analyzed as variables. These variables were collected from six measuring points in each region (with and without screen), two in each alley (north, central and south). The results indicated that the use of screen did not alter the noise level, NH3 and CO2 concentrations inside the analyzed poultry house. However, the levels measured were smaller than to the thresholds that can offer health risks to birds and workers. Therefore, it may be concluded that the use of screen did not influence negatively the facility aerial environment.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11638
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Condições ambientais em galpão convencional telado para galinhas poedeiras hyline W-36.pdf519,39 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons