Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado Profissional (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11656

Título: Perfil nutricional de híbridos de milho geneticamente modificado e o seu isogênico convencional
Título Alternativo: Nutritional profile of genetically modified corn hybrids and its conventional isogenic
Autor(es): Amaral, Camila Carvalho dos Santos
Orientador: Santos, João Bosco dos
Membro da banca: Leite, Monik Evelin
Membro da banca: Silva, Danielle Costenaro
Assunto: Milho – Melhoramento genético
Milho – Valor nutritivo
Milho – Composição química
Transgênico
Corn – Breeding
Corn – Nutritive value
Corn – Chemical composition
Transgenic
Zea mays
Data de Defesa: 20-Abr-2016
Data de publicação: 18-Ago-2016
Referência: AMARAL, C. C. dos S. Perfil nutricional de híbridos de milho geneticamente modificado e o seu isogênico convencional. 2016. 69 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Conduziu-se o presente trabalho, com o objetivo de confirmar que os milhos geneticamente modificados (GM) contidos neste estudo são substancialmente equivalentes em composição ao seu híbrido isogênico não GM, a não ser pelas características introduzidas. Foram avaliados cinco híbridos GM, o Maximus Bt11, MIR162, GA21, Bt11xGA21 e Bt11xGA21xMIR162. E um híbrido convencional, isogênico dos híbridos GM, Maximus convencional. Os experimentos foram conduzidos em um delineamento em blocos casualiazados com três repetições, em dois locais, no estado de Minas Gerais, nos municípios de Uberlândia e Ituiutaba, durante a safra 2008/2009. Foram avaliados caracteres relacionados à composição de forragem e dos grãos, além dos componentes minerais, ácidos graxos e aminoácidos dos grãos. Os dados de cada híbrido GM como também do híbrido convencional, foram comparados e analisados à significância pelo teste F a 5% de probabilidade. Os níveis médios de cada componente nutricional também foram comparados com o banco de dados composicional, para a cultura do milho, mantido pelo International Life Sciences Institute (ILSI, 2010). Constatou-se que nenhum padrão consistente emergiu, para sugerir que mudanças biológicas significativas na composição ou no valor nutritivo do grão e da forragem dos híbridos de milho GM Bt11, MIR162, GA21, Bt11xGA21 e Bt11xMIR162xGA21. Os níveis dos componentes avaliados, neste estudo, estavam em grande parte dentro das amplitudes relatadas para milho, segundo o banco de dados para a cultura do milho do ILSI (2010). Isso demonstra que os híbridos de milho GM aqui relatados são substancialmente equivalentes em composição nutricional ao seu respectivo híbrido isogênico convencional.
Abstract: The objective of this work was to confirm that genetically modified corn (GM) presented in this study have composition substantially equivalent to their nonGM isogenic hybrid, unless when considering characteristics introduced to them. Five GM hybrids were evaluated, Maximus Bt11, MIR162, GA21, Bt11xGA21 and Bt11xGA21xMIR162, as well as conventional Maximus, a conventional hybrid isogenic to the GM hybrids. The experiments were conducted in a randomized blocks design, with three replicates, in two locations in the state of Minas Gerais, Brazil, the municipalities of Uberlêndia and Ituiutaba, during harvest 2008/2009. The characters related to forage and grain composition, as well as mineral components, fatty acids and amino acids in the grain, were evaluated. The data of each GM hybrid and of the conventional hybrid were compared, analyzing the significance with the F test at 5% of probability. The average levels of each nutritional component were also compared with the compositional databank for corn culture, maintained by the International Life Sciences Institute (ILSI, 2010). We verified that no consistent pattern emerged to suggest significant biological changes in the composition or nutritional value of the grain and forage of GM corn hybrids Bt11, MIR162, GA21, Bt11xGA21 and Bt11xMIR162xGA21. The levels of the evaluated components were, mostly, within the amplitudes related to corn, according to the databank for corn culture of the ILSI (2010). This demonstrates that the nutritional composition of GM corn hybrids here reported are substantially equivalent to their respective conventional isogenic hybrid.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11656
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado Profissional (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Perfil nutricional de híbridos de milho geneticamente modificado e o seu isogênico convencional.pdf676,56 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback