Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11675
Título: Interação de Penicillium spp e Aspergillus flavus com sementes e grãos de milho e soja
Título(s) alternativo(s): Interaction of Penicillium spp. and Aspergillus flavus with seeds and grain of maize and soybean
Autor : Dias, Iara Eleutéria
Lattes: http://lattes.cnpq.br/8050578347813054
Primeiro orientador: Machado, José da Cruz
Primeiro coorientador: Lee, Theo van der
Primeiro membro da banca: Pozza, Edson Ampélio
Segundo membro da banca: Medeiros, Flávio Henrique Vasconcelos de
Terceiro membro da banca: Borém, Flávio Meira
Quarto membro da banca: Salustiano, Maria Heloisa
Palavras-chave: Milho – Sementes – Qualidade
Soja – Sementes – Qualidade
Fungos fitopatogênicos
Fungos – Toxinas
Corn – Seeds – Quality
Soybean – Seeds – Quality
Phytopathogenic fungi
Fungi – Toxins
Penicillium spp.
Talaromyces spp.
Aspergillus flavus
Data da publicação: 22-Ago-2016
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: DIAS, I. E. Interação de Penicillium spp e Aspergillus flavus com sementes e grãos de milho e soja. 2016. 150 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: No Brasil, poucos trabalhos, referentes à diversidade, à transmissão sementesplantas e ao comportamento destas espécies, em ambientes de estresse, têm sido realizados. Os objetivos desta pesquisa foram identificar as espécies de Penicillium em milho, produzido em algumas regiões do Brasil. Avaliar a relação das espécies de Talaromyces wortimannii e Penicillium nov. sp nas sementes de milho. Estudar o comportamento de espécies de Penicillium polonicum e Aspergillus flavus e a interação destas espécies com grãos de milho e soja. Para realizar o estudo da diversidade de Penicillium, utilizou-se de análises filogenéticas, baseadas nos genes ITS, Beta-tubulina e RPB2. Na avaliação das relações de T. wortimannii e Penicillium nov sp. Utilizaram-se dois procedimentos de contaminação, sendo os resultados avaliados pelos testes de sanidades (Método Blotter), germinação, índice de velocidade de emergência, altura, peso fresco e peso seco e estande final e inicial. Para o estudo do comportamento dos isolados de Penicillium e Aspergillus, os fungos foram cultivados em meio BDA, modificado pelos solutos glicerol, manitol e NaCl, em três níveis de potenciais hídricos e acondicionados em diferentes temperaturas. Após um período de incubação, os isolados foram analisados pelo índice de crescimento micelial e pela produção de conídios. Em seguida, os grãos de milho e soja foram contaminados, separadamente com cada isolado, e acondicionados nas mesmas condições de estresse hídrico e temperatura. As sementes contaminadas e não contaminadas foram analisadas quanto ao seu teor de água e à produção de aflatoxinas. Dos isolados coletados, 107 espécies foram identificadas, dentre elas, duas novas espécies. A incidência das espécies de Talaromyces e Penicillium foi de 100%, não houve interferência na porcentagem de germinação das sementes de milho. Com base nos resultados de IVE e estande inicial e final observou-se uma redução de ambos no potencial de 96 horas. À medida que se aumentou o período de exposição, houve uma redução de altura e peso fresco das plantas. A maior incidência ocorreu no cotilédone em comparação com a inserção, por sua vez, a incidência de T. wortimannii foi maior do que a incidência de Penicillium nov. sp. No estudo do comportamento, observou-se que, em nenhum dos potenciais, houve inibição de crescimento micelial e produção de conídios, sendo registrado maior crescimento micelial nos potenciais de -1,0, -5,0 e -,10,0 Mpa e à temperatura de 20, 25 e 30 o C. O aumento no teor de água dos grãos de milho e soja contaminados com isolados de Penicillium polonicum e Aspergillus flavus e uma alta concentração das aflatoxinas nos grãos contaminados com o isolado de Aspergillus.
Abstract: In the Brazil few studies have been conducted performed in relation to diversity, the transmission in the seeds and plants and to behavior of these speci es in stressful environments. The aim of this research was to identify the species of Penicillium in maize produced in some regions of Brazil. To evaluate the relation of the species Talaromyces wortimannii and Penicillium nov. sp on maize seeds. Studying the behavior of Penicillium polonicum and Aspergillus flavus isolates and the interaction of these species with maize and soybean grain. The phylogenetic analyzes based on the ITS, beta-tubulin and RPB2 genes were used for studing the diversity. In the effects of T. wortimanii and Penicillium sp nov. two contamination procedures of maize grain were used, and the results were evaluated used sanitary test (blotter method), germination, emergence speed index, fresh and dry height, and initial and final stand. To study the behavior of the isolated Penicillium polonicum and Aspergillus flavus, the fungi were grown on PDA medium, modified by solutes glycerol, mannitol and NaCl in three potential of water and different temperatures. After incubation period isolates were analyzed by mycelial growth rate and the production of conidia. The maize and soybeans grain were contaminated separately with each isolate, and storage in the same conditions of water stress and temperature. The contaminated and uncontaminated seeds were analyzed for water content and aflatoxins concentration. The 107 isolates collected were identified, among them species of Penicillium and Talaromyces and two new species. The incidence of the Talaromyces and Penicillium species was 100%, the high incidence of these species not affected the percentage of maize seed germination. Based on the results of IVE and initial and final of the stand observed a reduction of both in the potential of 96 hours. The increased of exposition period reduced the height and fresh weight of the plants. The highest incidence was in the maize stalk and the incidence of T. wortimannii was higher than the incidence of Penicillium nov. sp. In the study of the behavior and effect of Penicillium polonicum and Aspergillus flavus species observed that there was not inhibition of growth and production of conidiain any potential, being, that the greater mycelial growth in the potential of -1.0, -5,0 and - 10.0 Mpa and temperature of 20, 25 and 30 ° C. The same conditions of water stress and temperature provided the increase in water content of maize and soybean grain contaminated with Penicillium polonicum and Aspergillus flavus isolates and the high concentration of aflatoxin in grain contaminated with Aspergillus isolate.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11675
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Interação de Penicillium spp e Aspergillus flavus com sementes e grãos de milho e soja.pdf2,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.