Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11676

Título: Índices de tolerância e abordagem fatorial analítico no estudo do déficit hídrico em milho
Autor(es): Santos, Álvaro de Oliveira
Orientador: Von Pinho, Renzo Garcia
Membro da banca: Guimarães, Lauro José M.
Membro da banca: Souza, Thiago Correa de
Membro da banca: Bruzi, Adriano Teodoro
Membro da banca: Resende, Marcela Pedroso Mendes
Assunto: Milho - Produtividade agrícola
Cultivos agrícolas – Rendimento
Estresse hídrico
Corn - Agricultural productivity
Crop yields
Water stress
Zea mays
Data de Defesa: 19-Abr-2016
Data de publicação: 28-Ago-2016
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SANTOS, A. de O. Índices de tolerância e abordagem fatorial analítico no estudo do déficit hídrico em milho. 2016. 116 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O estresse hídrico é o fator abiótico com o maior impacto na redução de produtividade de grãos de milho e a busca por soluções que minimizem esse s efeitos tem sido investigada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de híbridos de milho em ambientes com e sem restrição hídrica através de índices de tolerância e abordagem via fator analítico (FA). Fo ram utilizados 171 híbridos de milho, em ambientes com e sem restrição hídrica, durante vários anos. Foram avaliadas as características de produtividade de grãos potencial (PGp), produtividade de grãos sob estresse hídrico (PGs), florescimento masculino (FM) e feminino (FF), altura de planta (AP) e espiga (AE). Também foram avaliados os índices de susceptibilidade à seca (ISS), de tolerância ao estresse hídrico (TOL), o coeficiente de resistência à seca (CS), o coeficiente de resistência ao estresse hídrico (IRS), índice de tolerância ao estresse hídri co (ITS) e média harmônica (MH). A adapabilidade e estabilidade foram verificadas através de modelo FA dos híbridos. Houve diferença entre os híbridos e ambientes para todas as características avaliadas . Os índices ITS e MH podem ser utilizados na avaliação e identificação de híbridos de milho mais produtivos em ambientes com e sem restrição hídrica. Os híbridos G1, G18 e G35 são os mais estáveis e apresentam potencial para serem utilizados em ambientes com e sem restrição hídrica. Os modelos FA são úteis para avaliação de hibridos avaliados ao longo de vários anos, pois permitem selecionar os melhores hibridos com adaptabilidade e estabilidade específica e ampla e relacionar os hibridos aos seus componentes de produção, além de permitir a identificação de mega ambientes.
Abstract: Water stress is the abiotic factor with the highest impact over the reduction of corn grain productivity. The search for solutions that minimize these effects have been investigated. The objective of this work was to evaluate the performance of corn hybrids in environments with and without water restriction, by means of tolerance indexes and approach via analytical factor (AF). We used 171 corn hybrids, in environments with and without water restriction, during many years. The characteristics of potential grain productivity (PGp), grain productivity under water stress (PGs), male (MF) and female (FF) flowering, plant height (PH) and cob height (CH) were evaluated. The susceptibility to drought index (SDI), water stress tolerance (WST), resistance to drought coefficient (DC), resistance to water stress coefficient (RSC), water stress tolerance index (STI) and harmonic mean (HM) were also evaluated. The adaptability and stability were verified by means of the AF model of the hybrids. There was difference between the hybrids and environments for all evaluated characteristics. The TSI and HM indexes may be used for evaluating and identifying corn hybrids more productive in environments with and without water restriction. Hybrids G1, G18 and G35 were the most stable and presented potential for use in environments with and without water restriction. The AF models are useful for evaluating hybrids over many years, allowing the selection of the best hybrids with adaptability and specific and wide stability and relate the hybrids to its production components, in addition to allowing the identification of mega environments.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11676
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Índices de tolerância e abordagem fatorial analítico no estudo do déficit hídrico em milho.pdf1,8 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback