Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11705

Título: Efeito da nutrição mineral in ovo sobre o desenvolvimento ósseo e desempenho em frangos de corte
Título Alternativo: Effects of in ovo nutrition on bone development and performance of broiler hatchlings
Autor(es): Oliveira, Tiago Ferreira Birro
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4422804E0
Orientador: Bertechini, Antônio Gilberto
Membro da banca: Bertechini, Antônio Gilberto
Membro da banca: Fassani, Edison José
Membro da banca: Souza, Raimundo Vicente de
Membro da banca: Teixeira, Alexandre de Oliveira
Membro da banca: Carvalho, Júlio César Carrera de
Assunto: Frango de corte
Frango - Qualidade óssea
Frango - Nutrição
Cinzas ósseas
Suplementação de ovo
Broilers (Chickens)
Chickens - Bone quality
Chickens - Nutrition
Bone ash
In ovo supplementation
Data de Defesa: 24-Jun-2016
Data de publicação: 30-Ago-2016
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: OLIVEIRA, T. F. B. Efeito da nutrição mineral in ovo sobre o desenvolvimento ósseo e desempenho em frangos de corte. 2016. 85 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da injeção in ovo com diluente comercial contendo microminerais suplementares (Zn, Mn, e Cu) em associação com o tempo de retenção pós-eclosão, tempo de retenção (HT) na percentagem de cinzas ósseas (PBA) e concentração de minerais na tíbia de frangos de corte da linhagem Ross 708. Os ovos foram submetidos a 4 tratamentos usando um injector multi-ovo comercial no 17º dia de incubação. Os tratamentos incluíram não injectada (tratamento 1) e diluente (tratamento 2) como grupos de controle. As aves do tratamento 3 receberam diluente contendo 0,181, 0,087 e 0,010 mg/ml de Zn, Mn e Cu, respectivamente, e as aves do tratamento 4 receberam diluente contendo 0,544, 0,260 e 0,030 mg / ml de Zn, Mn e Cu, respectivamente. As aves dos 4 tratamentos, após a fase de incubação, foram, em seguida, sub-divididas em 2 grupos pós eclosão. Quinze aves foram alocados aleatoriamente para cada uma das 6 repetições, em cada um dos 8 TRT. O primeiro grupo HT teve acesso imediato à água e alimentação, e o segundo grupo HT foi constituído por aves que foram mantidos em cestas de transporte durante 24 h antes de serem liberadas. A eclodibilidade dos ovos férteis (HF) foi determinada em 20,5 e 21,5 dias de incubação. Em 21,5 dias de incubação, a HF e a eclosão peso do pinto (MHW) foram determinados. O peso fresco, peso seco, comprimento, largura das tibias, resistência óssea à ruptura (BBS) e percentagem de cinzas ósseas (PBA) foram também determinados. O efeito de tratamento sobre a injecção de HF em 21,5 dias de incubção foi significativo. A HF em 21,5 dias de incubação do tratamento 4 foi significativamente mais baixa do que a do grupo controle não-injetado, sendo o tratamento 3 intermediário. Os embriões de ovos que receberam tratamento 4 tiveram um PBA significativamente maior em comparação com todos os outros tratamentos. A nutrição in ovo destes minerais orgânicos influenciou positivamente a mineralização óssea.
Abstract: Effects of the in ovo injection of commercial diluent containing supplemental microminerals (Zn, Mn, and Cu) on hatchability, hatching chick quality variables and the in ovo injection of organic Zn, Mn and Cu in association with post-hatch (poh) holding time (HT; feed and water restriction) on percentage of bone ash (PBA) and the concentration of minerals in the tibia of broilersin Ross × Ross 708 broilers were examined. On 17 d of incubation (doi) eggs were subjected to 1 of 4 treatments using a commercial multi-egg injector. Treatments included non-injected(treatment 1) and diluent-injected (treatment 2) control groups. Those in treatment 3 received diluent containing 0.181, 0.087 and 0.010 mg/ml of Zn, Mn and Cu, respectively, and those in treatment 4 received diluent containing 0.544, 0.260 and 0.030 mg/ml of Zn, Mn and Cu, respectively. The4 TRT groups from the incubation phase were then sub-divided into 2poh HT groups. Fifteen birds were randomly allocated to each of 6 replicate mini pens in each of the 8 (4x2) TRT. The first HT group(0HT) had immediate access to water and feed, and the second HT group (24HT) contained birds that were kept in transport baskets for 24 h before being released.Hatchability of fertile eggs set (HF) was determined on 20.5 and 21.5 doi. On 21.5 doi,HF and mean hatching chick weight (MHW) were determined. The tibiae fresh and dry weight, length, width, bone breaking strength (BBS) and percentage of bone ash (PBA) were determined. There was a significant injection treatment effect on HF at 21.5 doi. The HF of eggs at 21.5 doi in treatment 4 was significantly lower than that of the non-injected control group, with treatment3 being intermediate. However, embryos from eggs that received treatment 4 had a significantly higher PBA in comparison to all other treatment. The in ovo injection of these organic minerals had a positive influence on bone mineralization.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11705
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Efeito da nutrição mineral in ovo sobre o desenvolvimento ósseo e desempenho em frangos de corte.pdf1,11 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback