Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11716
Título: Interação nitrogênio níquel em feijoeiro comum
Autor : Ávila, Mateus Olímpyo Tavares de
Primeiro orientador: Silva, Maria Ligia de Souza
Primeiro coorientador: Faquin, Valdemar
Primeiro membro da banca: Faquin, Valdemar
Segundo membro da banca: Bruzi, Adriano Teodoro
Terceiro membro da banca: Lavres Júnior, José
Palavras-chave: Interação iônica
Extração sequencial
Disponibilidade de níquel
Phaseolus vulgaris L.
Ionic interaction
Sequential extraction
Availability of nickel
Data da publicação: 1-Set-2016
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: ÁVILA, M. O. T. de. Interação nitrogênio níquel em feijoeiro comum. 2016. 113 p. Dissertação (Mestrado em Ciências do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) é uma das culturas de grande importância econômica e nutricional, também tem destacada relevância do ponto de vista social no Brasil. O níquel (Ni) é um elemento essencial às plantas por ser componente estrutural da enzima urease, cuja função principal é permitir aos organismos o uso da ureia externa ou gerada internamente, como fonte de nitrogênio (N), entretanto, poucos são os estudos sobre seu efeito na cultura do feijão. Não existem critérios para adubação com Ni e são escassas as informações sobre sua disponibilidade no solo. A compreensão dos fenômenos da dinâmica do Ni no solo é importante para a tomada de decisão sobre a necessidade de adição e para a definição das doses e de aplicação de fertilizantes com este micronutriente. Desta forma, o objetivo foi verificar a resposta das plantas de feijoeiro comum às doses de N e Ni através de avaliações da fração do solo onde o Ni encontra-se ligado em maior quantidade, antes e após o cultivo do feijoeiro comum, da determinação da disponibilidade de Ni pelo extrator Mehlich-1 e comparar aos teores da fração solúvel + trocável do fracionamento antes e após o cultivo do feijoeiro comum, da atividade das enzimas urease e nitrato redutase em função das doses de N e Ni aplicadas e da interação N e Ni através da relação N/Ni. Foram utilizados dois tipos de solos, coletados na profundidade de 0 a 20 cm, classificados como Latossolo Vermelho distrófico e Neossolo Quartzarênico ôrtico. Foram realizados dois experimentos conduzidos em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições, em esquema fatorial 2x5, duas doses de nitrogênio (50 e 100 mg dm -3 ) e 5 doses de Ni (0, 1, 2, 4 e 8 mg dm -3 ) aplicados no solo, totalizando 60 parcelas. As fontes de Ni e N utilizadas foram sulfato de níquel e ureia, respectivamente. Atributos físicos e químicos dos solos influenciaram nas respostas das variáveis estudadas. O Neossolo Quartzarênico ôrtico apresentou o maior teor de níquel disponível no solo, proporcionando efeito tóxico já nas menores doses, no entanto, o Latossolo Vermelho distrófico apresentou este efeito reduzido por adsorver o níquel em maior proporção por apresentar teores de argila e matéria orgânica. As maiores atividades das enzimas urease e nitrato redudate ocorrem nas plantas que receberam a maior dose de N em ambos os solos. A atividade da urease apresentou pequeno aumento nas menores doses de Ni no LVdf. Todas as variáveis analisadas apresentaram valores maiores na maior dose de N aplicada.
Abstract: The bean (Phaseolus vulgaris L.) is a crop of great economic importance and nutrition, it has also highlighted the relevance of social perspective in Brazil. Nickel (Ni) is an essential element for plants to be structural component of urease enzyme, whose main function is to allow organizations the use of external urea or generated internally, as a nitrogen (N) source, however, there are few studies on its effect on bean crop. There are no criteria for fertilization with Ni and information is scarce on it is availability in the soil. Understanding the dynamics of phenomena nickel in the soil is important for decision-making on the need to add and to define the dose and application of nickel-enriched fertilizers. Thus, the objective was to determine the response of plants of common beans to N and Ni through soil fraction assessments where Ni is connected in larger quantities before and after cultivation of the common bean , determining the availability of Ni by Mehlich -1 extractor and compare the levels of soluble + exchangeable fraction fractionation before and after the common bean cultivation , the activity of urease enzymes and nitrate reductase according to the N doses and Ni applied and interaction N and Ni by ratio N / Ni. Two soil types were used, collected in depth 0-20 cm, classified as Dystrophic Red Latossol and Entisol Quartzipsamment. We are done two experiments conducted in a completely randomized design with three replications in a 2x5 factorial scheme, two rates of N (50 and 100 mg dm -3 ) and 5 rates of Ni (0, 1, 2, 4, 8 mg dm -3 ) applied in two contrasting, totaling 60 plots. The Ni and N source used was nickel sulfate and urea. Physical and chemical properties of soils influenced the responses of the studied variables. The one with the largest content of Ni available in the soil, providing toxic effect already at a lower level, however, the Dystrophic Red Latossol had this delayed effect by nickel adsorb a greater extent due to its high content of clay and organic matter. The highest activities of urease enzyme and nitrate reductase occur with the highest dose of nitrogen in both soils. The urease activity had small increase in smaller doses in Ni Dystrophic Red Latossol. All the variables analyzed showed higher values at the highest dose of N applied.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11716
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Interação nitrogênio níquel em feijoeiro comum.pdf1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.