Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11717

Título: A interação dos genótipos x ambientes na cultura da soja e o risco na recomendação de novas linhagens
Título Alternativo: The interaction of genotypes x environments in the soybean crop and the risk on the recommendation of new lines
Autor(es): Von Pinho, Iolanda Vilela
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4421737H5
Orientador: Ramalho, Magno Antonio Patto
Membro da banca: Silva, Felipe Lopes
Membro da banca: Bruzi, Adriano Teodoro
Assunto: Melhoramento de plantas
Glycine max
Interação genótipos x ambientes
Plant breeding
Genotype x environment interaction
Data de Defesa: 26-Jul-2016
Data de publicação: 1-Set-2016
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: VON PINHO, I. V. A interação dos genótipos x ambientes na cultura da soja e o risco na recomendação de novas linhagens. 2016. 133 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O maior desafio dos principais programas de melhoramento de todas as plantas cultivadas é utilizar as informações de experimentos, realizados no passado, recomendar, com menor erro possível, novas cultivares para serem utilizadas em diferentes locais de manejo dos agricultores e anos futuros. No caso da cultura da soja, este fato tem importância ainda maior, porque o mercado sementeiro é muito competitivo, além de ser cultivada em mais de 33 milhões de ha, no Brasil, envolvendo quase todos os estados. Nessa condição, é esperada a ocorrência de expressiva participação da interação das linhagens x ambientes na decisão dos melhoristas. Dessa forma, torna-se importante a quantificação da interação das linhagens, em fase final de recomendação, com os ambientes. Contudo não basta apenas estimar a interação, é preciso fornecer aos melhoristas alternativas de fácil interpretação, para reduzir o risco na recomendação das novas linhagens. Nesse contexto, os objetivos do trabalho foram: quantificar a interação genótipos x ambientes e verificar a participação da interação linhagens x locais em relação às linhagens x anos para contribuir no planejamento futuro dos ensaios de Valor de Cultivo e Uso (VCU) e propor um novo método de avaliação do risco de adoção de uma linhagem. Para tanto, foram utilizados dados do programa de melhoramento de soja da empresa Tropical Melhoramento & Genética (TMG). Foram analisados dados referentes à produtividade de grãos de linhagens de soja, agrupadas de acordo com o grupo de maturação (Grupo 1-6.5; 6.8 e 7.1, Grupo 2- 7.4; 7.7 e 8.0 e Grupo 3- 8.3; 8.6 e 8.9), obtidos nos ensaios de VCU, envolvendo 71 ambientes, em diferentes anos e locais. Detalhes experimentais da condução dos experimentos atenderam as recomendações do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). Foi detectada diferença significativa entre as linhagens em 98% dos experimentos. Para todos os grupos de maturação, a participação da interação linhagens x ambientes, para a variação total, foi expressiva. A contribuição da interação linhagens x locais foi quase sempre maior que a linhagens x anos. Uma das razões para essa diferença foi o pequeno número de linhagens que foram avaliadas em dois ou mais anos sucessivos. O método proposto, para estimar o risco de adoção no método gráfico polar, classificou as linhagens, coincidentemente, à metodologia de Annichiarico (1992).
Abstract: The greatest challenge of the main breeding programs for all cultivated plants is using information obtained from previous experiments, recommending new cultivars to be used in different management locations and future years with the lowest error possible. When concerning soybean culture, this fact has even greater importance, given that the seed market is very competitive, and the culture is cultivated in more than 33 million ha in Brazil, encompassing nearly all states. Because of this, it is expected that the decision made by breeders involve an expressive participation of lines x environment interaction. Thus, the quantification of the lines x environment interaction, at the final phase of recommendation, is important. However, it is not enough to simply estimate the interaction. It is necessary to provide breeders with easily interpreted alternatives to reduce the risk in recommending new strains. In this context, the objectives of this work were to quantify genotype x environment interaction and verify the participation of lines x locations interaction in relation to lines x years, in order to contribute to the future planning of Value for Cultivation and Use (VCU) trials, and propose a new risk evaluation method for adopting a strain. For this, data from the soybean-breeding program of the company Tropical Melhoramento & Genética (TMG) were used. We analyzed data corresponding to grain productivity of soybean strains, grouped according to maturation (Group 1 - 6.5; 6.8 and 7.1, Group 2 – 7.4; 7.7 and 8.0 and Group 3 – 8.3; 8.6 and 8.9), obtained from the VCU trials involving 71 environments in different years and locations. Experimental details from conducting the experiments met the recommendations of the Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA (Ministry of Agriculture, Livestock and Supply). We detected a significant difference between strains in 98% of the experiments. For all maturation groups, the participation of lines x environment interaction for total variation was expressive. The contribution of the strain x location interaction was nearly always greater than the lines x years interaction. One of the reasons for this difference was the small number of strains evaluated in two or more successive years. The proposed method for estimating the adoption risk in the polar graphic method classified the strains coincidentally to the Annichiarico methodology (1992).
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11717
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_A interação dos genótipos x ambientes na cultura da soja e o risco na recomendação de novas linhagens.pdf3,53 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback