Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11774

Título: Avaliação de modelos polinomiais segmentados e não segmentados na estimativa de diâmetros e volumes comerciais de Pinus taeda
Autor(es): Assis, Adriana Leandra de
Orientador: Scolforo, José Roberto Soares
Membro da banca: Mello, José Márcio de
Membro da banca: Oliveira, Antonio Donizette de
Membro da banca: Acerbi Júnior, Fausto Weimar
Assunto: Avaliação
Diâmetro
Estimativa
Modelo
Volume
Diameter
Evaluation
Models
Pinus taeda
Evaluation
Data de Defesa: 29-Fev-2000
Data de publicação: 2016
Referência: ASSIS, A. L. de. Avaliação de modelos polinomiais segmentados e não segmentados na estimativa de diâmetros e volumes comerciais de Pinus taeda. 2000. 189 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2000.
Resumo: Este estudo foi realizado com os objetivos de avaliar a acuracidade de três modelos polinomiais segmentados para estimar diâmetros e volumes ao longo do fuste de Pinus taeda; e verificar se o melhor modelo para representar os perfis dos fustes é também o melhor para estimar volumes parciais de Pinus taeda. A base de dados utilizada foi composta por 58 árvores de Pinus taeda cubadas rigorosamente pelo método de Smalian, nas propriedades da empresa PISA – Papel de Imprensa S/A, na região de Jaguariaíva – PR. As 58 árvores foram divididas em oito classes diamétricas, e procedeu-se ao ajuste de três modelos polinomiais segmentados. Todos os modelos de afilamento testados foram ajustados para cada classe diamétrica e para o conjunto total dos dados. Os modelos segmentados testados foram o de Clark, Souter e Schlaegel (1991); o de Max e Burkhart (1976); e o de Parresol, Hotvedt e Cao (1987). A acuracidade dos modelos para estimar diâmetros e volumes ao longo do fuste foi avaliada através das seguintes estatísticas: coeficiente de determinação, erro padrão residual, análise gráfica dos perfis médios dos fustes, desvio médio em cada posição de medição ao longo do fuste, desvio padrão das diferenças, soma de quadrados do resíduo relativo e resíduo percentual. A partir das quatro últimas estatísticas foi elaborado um “ranking” para detectar o modelo que propiciou estimativas mais acuradas de diâmetros e volumes em cada posição de medição do fuste, por ocasião da cubagem rigorosa. Como principais resultados, pode-se citar que, dentre os modelos testados, o modelo de Clark, Souter e Schlaegel (1991) é recomendado para estimar diâmetros ao longo de todo o fuste, e volumes totais e parciais de Pinus taeda; o modelo de Max e Burkhart (1976) é uma segunda alternativa para estimar volumes totais e parciais, embora a qualidade das estimativas seja inferior à do modelo de Clark, Souter e Schlaegel. O modelo de Parresol, Hotvedt e Cao (1987) não apresentou estimativas acuradas de diâmetros e volumes em nenhuma das classes diamétricas.
Abstract: This study objectived to evaluate the accuracy of three segmented polynomial taper models for estimating diameters and volumes along the stem of Pinus taeda; and to verify if the more accurated model for diameters estimates is also the more accurated for estimating partial and total volumes. The database used was composed of 58 trees of Pinus taeda cubed by the Smalian’s method, in the farms of “PISA – Papel de Imprensa S/A” enterprise, located in Jaguariaíva county (PR). The 58 trees were separated in 8 diameter classes. The segmented models proposed by Clark, Souter and Schlaegel (1991); Max and Burkhart (1976); and Parresol, Hotvedt and Cao (1987), were fitted for each diameter class and for the total group of data. The accuracy of the models in estimating diameters and volumes along the stem of Pinus taeda was evaluated through the following statistics: coefficient of determination; residual standard error; graphic analysis of the medium profile of the stem; mean deviation of the diameters and volumes for each position along the stem; standard deviation of the differences of the diameters and volumes; sum of square of the relative residue; and percentage of the residues of the diameters and volumes. Starting from the last four statistics, it was elaborated a ranking to detect the more accurated model in each position of measurement along the stem. It can be pointed out that the model of Clark, Souter and Schlaegel (1991) is indicated for estimating diametes along the whole stem profile, and total and parcial volumes of Pinus taeda; the model proposed by Max and Burkhart (1976) is the second best option for estimating total and partial volumes, even though its estimates are not as accurated as the estimates improved by Clark’s equation. The model of Parresol, Hotvedt and Cao (1976) doesn’t presented accurated estimates of diameters and volumes along the stem in any diameter class.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11774
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)
LEMAF - Teses e Dissertações

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Avaliação de modelos polinomiais segmentados e não segmentados na estimativa de diâmetros e volumes comerciais de Pinus taeda.pdf1,27 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback