Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11807

Título: Estudo de funções de afilamento para representar o perfil e o volume do fuste de Pinus taeda L.
Autor(es): Ferreira, Maria Zélia
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0439583727159513
Orientador: Scolforo, José Roberto Soares
Membro da banca: Oliveira, Antônio Donizette de
Membro da banca: Carvalho, Luís Marcelo Tavares
Assunto: Modelos sigmoidais
Modelos polinomiais
Função de afilamento
Identidade de modelos
Sigmoid models
Taper function
Identity of models
Data de Defesa: 13-Ago-2004
Data de publicação: 2016
Referência: FERREIRA, M. Z. Estudo de funções de afilamento para representar o perfil e o volume do fuste de Pinus taeda L. 2004. 200 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: O presente estudo objetivou avaliar a acurácia dos modelos sigmoidais e polinomiais para estimativa de diâmetros e volumes ao longo do fuste de Pinus taeda, em diferentes ambientes de produção; verificar se o melhor modelo para estimar diâmetros é também o melhor para estimativas de volumes e testar a identidade dos modelos estudados para os diferentes ambientes de produção. A base de dados utilizada foi composta por 278 árvores de Pinus taeda cubadas rigorosamente pelo método de Smalian, nas propriedades da empresa Inpacel – Indústrias de Papel Arapoti S.A., na região de Arapoti-PR. Os modelos sigmoidais testados foram o de Ormerod (1973) e sua modificação desenvolvida por Guimarães & Leite (1992), o de Kozak et al. (1969) e o de Demaerschalk (1972). Os modelos polinomiais testados foram o Polinômio do Quinto Grau, o Polinômio de Potências Fracionárias e Inteiras de Hradeztky (1976) e o polinômio proposto por Goulding & Murray (1976). A acurácia dos modelos foi avaliada pelas seguintes estatísticas: desvio médio em cada posição de medição ao longo do fuste, desvio padrão das diferenças, soma de quadrados do resíduo relativo e resíduo percentual. Todos os modelos sigmoidais estudados apresentaram estimativas tendenciosas dos diâmetros e dos volumes ao longo do fuste das árvores, apresentando apenas alguns pontos de boa acurácia. O Polinômio de Potências Fracionárias e Inteiras, em todos os ambientes de produção, foi o melhor modelo para estimativas dos diâmetros. O Polinômio do Quinto Grau foi o melhor modelo para estimativa dos volumes. O melhor modelo para estimativa de diâmetro não foi o melhor para estimar volumes. Quanto à identidade de modelos notou-se que o quanto melhor o modelo se ajustar aos dados, mais rigoroso se torna o teste de identidade.
Abstract: The accuracy of sigmoid and polynomial models for estimating diameters and volumes, along the trunk of Pinus taeda, in different production sites; for verifying if the best model to estimate diameters is also the best one for estimating volumes and for testing the identity of the models was studied in several production sites. The used database was composed by 278 trees of Pinus taeda rigorously scaled by the Smalian method, in areas belonging to InpacelIndústrias Arapoti S.A Company, in Arapoti-PR County. The sigmoid models tested were: Ormerod (1973) and its modification developed by Guimarães & Leite (1992), Kozak et al. (1969) and Demaerschalk (1972). The polynomials models tested were: Polynomial of the Fifth Degree, the Polynomial of Fractional and Whole Potencies of Hradeztky (1976) and the polynomial proposed by Goulding & Murray (1976). The accuracy of the models was evaluated by the following statistics: medium deviation in each measurement position along the trunk, standard deviation of the differences and sum of squares of the relative and percentile residues. All sigmoid models studied presented tendentious estimates of the diameters and of the volumes along the trunk of the trees, presenting only a few points of the required accuracy. The Polynomial of Fractional and Whole Potencies, in all production sites, was the best model for estimating diameters. The Polynomial of the Fifth Degree was the best model for estimating volumes. The best model for diameter estimates was not the best for volumes estimates. When estimating the identity of models, it was noticed that the better a model adjusts to the data; the more rigorous is the identity test.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11807
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)
LEMAF - Teses e Dissertações

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Estudo de funções de afilamento para representar o perfil e o volume do fuste.pdf3,25 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback