Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11852

Título: Compostos orgânicos voláteis emitidos por Fusarium oxysporum apresentam atividade nematicida
Título Alternativo: Volatiles organic compounds emitted by Fusarium shows nematicidal activity
Autor(es): Campos, Vicente Paulo
Pfenning, Ludwig Heinrich
Pedroso, Marcio Pozzobon
Freire, Eduardo Souza
Salustiano, Maria Eloisa
Assunto: Nematóides de plantas
Fungos como agentes de controle da praga biológica
Compostos orgânicos
Plant nematodes
Fungi as biological pest control agents
Organic compounds
Fusarium oxysporum
Meloidogyne incognita
Heterodera schachtii
Data de publicação: 3-Out-2016
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Referência: TERRA, W. C. Compostos orgânicos voláteis emitidos por Fusarium oxysporum apresentam atividade nematicida. 2016. 68 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Ensaios foram realizados para se entender a atuação dos compostos orgânicos voláteis (COVs) emitidos por Fusarium oxysporum isolado 21 (Fo-21) sobre os fitonematoides. Através da análise dos compostos por cromatografia gasosa acoplada espectrometria de massas (CG-MS), foram detectados 50 compostos nas emissões de Fo-21. As principais classes de compostos emitidos foram sesquiterpenos, ésteres e alcoóis. A água exposta aos COVs de Fo-21 causou 100% de imobilidade em juvenis de segundo estádio (J 2) de Meloidogyne incognita, enquanto a inoculação em tomateiro desses J 2 resultou em redução de até 70% da infectividade e de até 65% da reprodução. A aplicação da água exposta aos COVs em substrato infestado com J 2 de M. incognita resultou em 56% de redução no número de galhas e 49% no número de ovos. A atividade nematicida dos oito COVs emitidos em maior abundância por F.o-21 foi avaliada in vitro sobre M. incognita e Heterodera schachtii. Os compostos acetato de 2-metilbutila (1), acetato de 3-metilbutila (2), acetato de etila (7), acetato de 2 – metilpropila (8), na concentração de 500 µg.ml -1 , causaram mortalidades entre 100% e 83,8%, em J 2 de M. incognita e H. schachtii. A concentração letal (CL50) dos compostos para J 2 de M. incognita variou entre 236 e 198 µg.ml -1 , enquanto que nas mesmas condições o nematicida comercial carbofuran (2,3-dihydro-2,2-dimethyl-1-benzofuran-7-yl N-methylcarbamate) foi de 191 µg.ml -1 . Ovos expostos aos compostos 1, 2, 7 e 8, por 72 h, tiveram reduzidas a eclosão do J 2 em 36,5%, 55,2%, 91,0% e 10,3%, e a infectividade de 53%, 53%, 32% e 39%, respectivamente. Quando os compostos foram aplicados em mudas de tomateiro infestadas com M. incognita o composto 1 reduziu o número de galhas por grama de raiz em 27,5% quando comparado com o controle negativo sem aplicação de nematicida.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11852
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Compostos orgânicos voláteis emitidos por Fusarium oxysporum apresentam atividade nematicida.pdf1,98 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback