Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11878

Title: Indicadores de sustentabilidade para a gestão do manancial de abastecimento público de Oliveira, MG
Other Titles: Sustainability indicators for management of water fountainhead of public supply the Oliveira, MG
???metadata.dc.creator???: Silva, Mirian de Sousa
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4757986A1
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Calegario, Natalino
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Borges, Luis Antônio Coimbra
???metadata.dc.contributor.referee1???: Mincato, Ronaldo Luiz
???metadata.dc.contributor.referee2???: Silva, Marx Leandro Naves
???metadata.dc.contributor.referee3???: Melo, Lucas Amaral de
???metadata.dc.contributor.referee4???: Borges, Luis Antônio Coimbra
Keywords: Sub-bacia hidrográfica
Aptidão agrícola
Classes de solos
Cobertura do solo
Proprietários rurais
Sub-watershed
Land suitability
Soil classes
Land cover
Landowners
???metadata.dc.date.submitted???: 25-Aug-2016
Issue Date: 6-Oct-2016
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: SILVA, M. de S. Indicadores de sustentabilidade para a gestão do manancial de abastecimento público de Oliveira, MG. 2016. 191 p. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: Nas últimas décadas tem se observado a redução na disponibilidade de água doce no mundo. Em razão do aumento na demanda por água, provocado pelo crescimento populacional. Para alcançar o equilíbrio entre a oferta e a demanda por água, é necessária a implantação de práticas sustentáveis, que envolvam a conservação e o manejo adequado dos solos e florestas, principalmente das áreas produtoras de águas, além do consumo sustentável. Diante desse quadro, a gestão dos recursos hídricos tem se mostrado importante, pois por meio dela é possível regular o uso e garantir a oferta sustentável. A área de estudo corresponde à sub-bacia hidrográfica Córrego dos Bois, localizada no Município de Oliveira, MG, considerada o principal manancial de abastecimento público do município. O trabalho visa contribuir com o conhecimento científico a respeito da caracterização da sub-bacia com a elaboração de indicadores de sustentabilidade. A Tese foi dividida em três artigos. No artigo 1, foram obtidas as classes de uso e ocupação do solo, a delimitação das áreas de preservação permanente (APP) e a identificação da ocorrência de conflito entre o uso do solo e a legislação. No artigo 2, foram identificadas as classes de solos, a capacidade de uso e a aptidão agrícola das terras. No artigo 3, foram identificados e caracterizados os principais aspectos sociais, econômicos, institucionais e ambientais, mediante entrevistas com os proprietários rurais e arrendatários de imóveis localizados na área de drenagem da sub-bacia. Os resultados revelaram que a área total da sub-bacia hidrográfica Córrego dos Bois é de 1.540,18 ha, dos quais 40,70% são ocupados por pastagem, 35,84% por cafezal e 18,84% por vegetação nativa. O conflito do uso e ocupação do solo nas áreas destinadas à preservação corresponde a 25,58% do território das áreas de APP, evidenciando a presença de atividade antrópica nas áreas legalmente protegidas. O uso conflitivo mais comum nas APP é a pastagem. Cerca de 70% da sub-bacia tem aptidão boa ou regular para lavoura, em um ou mais níveis de manejo. Essa aptidão pode ser potencializada com maiores investimentos em pesquisa, melhoramento de plantas e práticas conservacionistas do solo e da água. Foi concluído que é necessário realizar a adequação do uso das terras na sub-bacia para que se alcance um modelo de desenvolvimento sustentável que permita a potencialização da produção agropecuária e que garanta a conservação dos recursos naturais, em especial a proteção do solo e a produção de água. É importante também a participação e a conscientização dos proprietários rurais e arrendatários, o engajamento da população e a implementação de políticas públicas ambientais. Os indicadores de sustentabilidade elaborados poderão auxiliar os tomadores de decisão no que diz respeito às possíveis políticas públicas a serem implementadas para a gestão dos recursos hídricos.
Abstract: In recent decades it has been seen a reduction in the availability of fresh water in the world. Due to the increase in demand for water caused by population growth. In order to achieve balance between supply and demand for water, it is necessary the implementation of sustainable practices related to appropriate conservation and management of soil and forests, mainly in areas of water production, as well as its sustainable consumption. Faced with this situation, the management of water resources has been important, because through it is possible to regulate the use and ensure the protection of these resources. The study area is corresponds to the sub-watershed of Córrego dos Bois, located in Oliveira Municipality, MG, considered the main water fountainhead supply the city. The aim of this study is contribute to scientific knowledge about the characterization of this subwatershed, with the development of sustainability indicators. The Thesis was separated into three articles. Article 1 presents classes of land use and occupation, the definition of permanent preservation areas and the identification of conflict occurrence between land use and legislation. In article 2 was identified soil classes, the capacity of use and agricultural suitability of land. Article 3 identified and characterized the main social, economic, institutional and environmental aspects, through interviews with landowners and property lessees located in drainage area of the sub-watershed.The results showed that the total area of the sub-watershed Córrego dos Bois is 1540.18 hectares, of which 40.70% is occupied by pasture, 35.84% by coffee plantation and 18.84% for native vegetation.The conflict of land use and occupation in areas intended for preservation corresponds to 25.58% of APP territory, indicating the presence of human activity in the areas legally protected by environmental law.The most common conflictive use of APP is the pasture. Around 70% of the subwatershed has good or regular suitability for tillage, in one or more management levels. This ability may be enhanced with higher investment in researches, plant breeding and practices of soil and water conservation. It was concluded that is necessary the adequacy of land use in the sub-watershed in order to reach a sustainable development model that allows the enhancement of agricultural production and ensure the natural resources conservation, mainly the soil protection and water production. It is also important to the participation and awareness of landowners and property lessees, the engagement of population and implementation of environmental policies.The developed sustainability indicators will be able to assist decision makers about possible public policies to be implemented for the management of water resources.
Description: Arquivo retido a pedido do(a) autor(a) até outubro de 2017.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11878
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback