Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1191

Título: Escala diagramática para avaliação da severidade da mancha- angular em folhas primárias do feijoeiro
Autor(es): Librelon, Samira Santiago
Orientador: Souza, Elaine Aparecida de
Membro da banca: Pozza, Edson Ampélio
Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
Paula Júnior, Trazilbo José de
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Assunto: Pseudocercospora griseola
Plantas - Melhoramento genético
Patometria
Plant breeding
Pathometry
Phaseolus vulgaris
Data de Defesa: 27-Fev-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: LIBRELON, S. S. Escala diagramática para a avaliação da severidade da mancha-angular em folhas primárias do feijoeiro. 2013. 63 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de desenvolver uma escala diagramática para avaliar a severidade da mancha-angular em folhas primárias do feijoeiro, visando otimizar a avaliação da reação do feijoeiro à mancha-angular. Foi desenvolvida e validada uma escala diagramática com nove níveis de severidade: 0%; 0,1 a 0,5%; 0,6 a 4,0%; 4,1 a 7,0%; 7,1 a 16%; 16,1 a 26%; 26,1 a 32%; 32,1 a 38% e 38 a 60%. A validação da escala foi realizada por 14 avaliadores, sendo cinco avaliadores com experiência e nove sem experiência na avaliação da severidade da doença. Esses avaliadores estimaram a severidade de 40 folhas de feijoeiro com diferentes níveis de severidade da doença, mensurados previamente por meio do software Quant®. A acurácia e a precisão de cada avaliador foram determinadas por regressão linear simples, entre a severidade real, mensurada eletronicamente, e a estimada pelo avaliador, utilizando os softwares estatísticos SAS® e R. Após a validação da escala foi realizado outro experimento visando comparar os resultados das avaliações da severidade da mancha-angular realizada pela escala do Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) e pela escala proposta no trabalho. Sem a escala, a maioria dos avaliadores subestimou a severidade da doença. Com a escala, os avaliadores com e sem experiência obtiveram melhores níveis de acurácia e precisão, com os erros absolutos inferiores a 5%. Os avaliadores com experiência apresentaram 88% e 87%, enquanto os avaliadores sem experiência presentaram 92% e 91% de repetibilidade e reprodutibilidade das estimativas, respectivamente. Em relação à comparação entre as duas escalas, pode-se observar que houve concordância entre elas, exceto para a linhagem ESAL 686. A escala diagramática proposta mostrou-se efetiva na avaliação da severidade da mancha-angular em folhas primárias do feijoeiro. Sua utilização permitirá o emprego da avaliação da reação em folhas primárias do feijoeiro à P.griseola visando identificar novas fontes de resistência em bancos de germoplasma e também de progênies superiores nos programas de melhoramento genético.
This study was conducted with the objective to develop a diagrammatic scale to assess the angular leaf spot severity in primary leaves of bean plants, aim to optimize the evaluation of the bean reaction to angular leaf spot. A diagrammatic scale was developed and validated with nine severity levels: 0%, 0.1 to 0.5%, 0.6 to 4.0%, 4.1 to 7.0%, 7.1 to 16%; 16.1 to 26%, 26.1 to 32%, 32.1 to 38% and 38 to 60%. Scale validation was performed by 14 assessors, five assessors with experience and nine inexperienced in assessing disease severity. These assessors estimated the severity of 40 bean leaves with different levels of disease severity, previously measured using the Quant® software. The accuracy and precision of each assessor were determined by simple linear regression among the real severity, measured electronically, and estimated by assessors, using the SAS® and R statistical software. After scale validation was conducted another experiment in order to compare the severity evaluations results of angular leaf spot conducted by CIAT scale and the proposed scale in this work. Without the scale, the majority of the assessors underestimated the disease severity. With the scale, the assessors with and without experience obtained better accuracy and precision levels, with absolute errors less than 5%. The assessors with experience showed 88% and 87%, while the inexperienced assessors presented 92% and 91% of repeatability and reproducibility of the estimates, respectively. Regarding the comparison between the two scales, can be seen that there was agreement among them, except for the ESAL 686 lineage. The proposed diagrammatic scale proved to be effective in angular leaf spot severity assessing in primary leaves of bean. Its use will enable the assessment use of reaction in primary leaves of bean to P.griseola aim to identify new sources of resistance in germplasm banks and also superior progenies in breeding programs.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1191
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Escala diagramática para avaliação da severidade da mancha- angular em folhas primárias do feijoeiro.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback