Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11975

Título: Progresso espacial e temporal da antracnose a partir de diferentes niveis de inoculo inicial em sementes de feijoeiro
Autor(es): Talamini, Viviane
Orientador: Pozza, Edson Ampélio
Membro da banca: Bergamin Filho, Armando
Membro da banca: Souza, Elaine Aparecida de
Membro da banca: Machado, José da Cruz
Membro da banca: Souza, Paulo Estevão de
Assunto: Feijão
Beans
Antracnose
Anthracnose
Data de Defesa: 20-Mar-2003
Data de publicação: 2016
Referência: TALAMINI, V. Progresso espacial e temporal da antracnose a partir de diferentes niveis de inoculo inicial em sementes de feijoeiro. 2003. 144 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.
Resumo: As sementes são eficientes meios de disseminação de fitopatógenos, principalmente das espécies do gênero Colletotrichum. Dentre as espécies desse fungo associadas às sementes, a grande maioria tem habilidade de causar sintomas nas plântulas, por exemplo Colletotrichum lindemuthianum. Quando ocorre a transmissão para a planta suscetível, esta irá constituir o foco inicial da doença e a partir daí, em ambiente favorável, a epidemia pode progredir no espaço e no tempo. Sendo assim, conduziram-se estudos para verificar o progresso espaço-temporal da antracnose do feijoeiro na época da seca (04/03/1998) e na época das águas (15/12/1998) em Lavras-MG, onde foram testados diferentes níveis de infecção das sementes (0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0%) por C lindemuthianum. Somente no cultivo da seca a área abaixo da curva de progresso da incidência (AACPI) e da severidade (AACPS) foram influenciadas por diferentes níveis de inoculo. Na época da seca também se obteve correlação positiva e significativa entre a porcentagem de sementes detectadas no teste do rolo de papel, com os níveis de inoculo levados ao campo, com a AACPI e com a AACPS. A análise do padrão espacial e do gradiente, utilizando-se 0,5% de sernentes como fonte de inoculo, permitiu observar maior incidência da doença no plantio da seca de acordo com a área abaixo da curva do gradiente da doença. No plantio da seca o padrão de distribuição da antracnose foi agregado. No plantio das águas o padrão de distribuição foi agregado, exceto para as duas primeiras avaliações. Em ambos os plantios houve melhor ajuste do modelo exponencial. Em outros experimentos conduzidos na época da seca (15/03/2001) e das águas (15/12/2001), estudou-se o progresso da antracnose do feijoeiro com três níveis de infecção das sementes (0; 1,0 e 4,0%) utilizando misturas de linhagens suscetível e resistente (0, 25, 50 e 75% da linhagem resistente), na época das águas, incluiu-se 100% resistente. Os níveis de inoculo 1,0 e 4,0% proporcionaram maior intensidade da doença nas plantas e nas vagens em relação à parcela livre de inoculo em ambas épocas de cultivo. Na época da seca, a mistura não foi eficiente em reduzir a AACPI e a AACPS. Verificaram-se menores valores da duração da área foliar sadia (HAD) e da absorção da área foliar sadia (HAA) nos níveis de inoculo 1,0 e 4,0%.
Abstract: Seeds are efficient ways ofdissemination ofplant pathogens such as the species of Colletotrichum. Most Colletotrichum species associated to seeds, are able to cause disease on plants, including C. lindemuthianum. When transmission to susceptible plant occurs, it will constitute the initial focus ofthe disease, and from it, depending on environmental conditions, the epidemics will progress in space and in time. Initially studies were conducted to veriry the progress of antracnose of bean in the drought (04/03/1998) and in the rainy (15/12/1998) seasons, when different leveis of infection of seeds (0; 0,5; 1,0; 2,0 and 4.0%) for C. lindemuthianum were tested. Only in the drought season the área under of disease progress curve of the incidence (AUDPCI) and of severity (AUDPCS), were influenced by different leveis of inoculum. The analysis of the space standard and of the gradient using 0,5% ofseeds as source of inoculo allowed to observe greater incidence ofthe disease in the drought season. In the drought season the standard of distribution of anthracnose was aggregate. In the rainy season the standard of distribution was aggregated, except for the two fírst evaluations. In the both cultivation season there were a better adjustment to the exponential model. In other experiments in the drought (15/03/2001) and inthe rainy (15/12/2001) seasons the progress ofanthracnose of the beans with three leveis of infection of seeds (0;1,0 4.0%) were studied using mixtures of susceptible and resistant lines (0, 25, 50 and 75% of the resistant line) and in the rainy season included 100% resistant. The leveis of inoculo 1,0and 4.0% provided greater intensity of the disease in relation to free inoculum plots in both seasons. In the drought season the mixture was not efficient in reducing the AUDPCI and the AUDPCS. Lower values of the healthy leafárea duration (HAD) and ofthe healthy leafárea absorption (HAA) occurred when leveis ofinoculum 1,0 and 4,0% were used.
Informações adicionais: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11975
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Progresso espacial e temporal da antracnose a partir de diferentes niveis de inoculo inicial em sementes de feijoeiro.pdf9,47 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback