Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11975

Título: Progresso espacial e temporal da antracnose a partir de diferentes niveis de inoculo inicial em sementes de feijoeiro
Autor(es): Pozza, Edson Ampélio
Bergamin Filho, Armando
Souza, Elaine Aparecida de
Machado, José da Cruz
Souza, Paulo Estevão de
Assunto: Feijão
Beans
Antracnose
Anthracnose
Data de publicação: 2016
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Referência: TALAMINI, V. Progresso espacial e temporal da antracnose a partir de diferentes niveis de inoculo inicial em sementes de feijoeiro. 2003. 144 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2003.
Resumo: As sementes são eficientes meios de disseminação de fitopatógenos, principalmente das espécies do gênero Colletotrichum. Dentre as espécies desse fungo associadas às sementes, a grande maioria tem habilidade de causar sintomas nas plântulas, por exemplo Colletotrichum lindemuthianum. Quando ocorre a transmissão para a planta suscetível, esta irá constituir o foco inicial da doença e a partir daí, em ambiente favorável, a epidemia pode progredir no espaço e no tempo. Sendo assim, conduziram-se estudos para verificar o progresso espaço-temporal da antracnose do feijoeiro na época da seca (04/03/1998) e na época das águas (15/12/1998) em Lavras-MG, onde foram testados diferentes níveis de infecção das sementes (0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0%) por C lindemuthianum. Somente no cultivo da seca a área abaixo da curva de progresso da incidência (AACPI) e da severidade (AACPS) foram influenciadas por diferentes níveis de inoculo. Na época da seca também se obteve correlação positiva e significativa entre a porcentagem de sementes detectadas no teste do rolo de papel, com os níveis de inoculo levados ao campo, com a AACPI e com a AACPS. A análise do padrão espacial e do gradiente, utilizando-se 0,5% de sernentes como fonte de inoculo, permitiu observar maior incidência da doença no plantio da seca de acordo com a área abaixo da curva do gradiente da doença. No plantio da seca o padrão de distribuição da antracnose foi agregado. No plantio das águas o padrão de distribuição foi agregado, exceto para as duas primeiras avaliações. Em ambos os plantios houve melhor ajuste do modelo exponencial. Em outros experimentos conduzidos na época da seca (15/03/2001) e das águas (15/12/2001), estudou-se o progresso da antracnose do feijoeiro com três níveis de infecção das sementes (0; 1,0 e 4,0%) utilizando misturas de linhagens suscetível e resistente (0, 25, 50 e 75% da linhagem resistente), na época das águas, incluiu-se 100% resistente. Os níveis de inoculo 1,0 e 4,0% proporcionaram maior intensidade da doença nas plantas e nas vagens em relação à parcela livre de inoculo em ambas épocas de cultivo. Na época da seca, a mistura não foi eficiente em reduzir a AACPI e a AACPS. Verificaram-se menores valores da duração da área foliar sadia (HAD) e da absorção da área foliar sadia (HAA) nos níveis de inoculo 1,0 e 4,0%.
Informações adicionais: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11975
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Progresso espacial e temporal da antracnose a partir de diferentes niveis de inoculo inicial em sementes de feijoeiro.pdf9,47 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback