Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
CERNE >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11988

Título: Comparação entre os métodos dos quadrantes e Prodan para análises florística, fitossociológica e volumétrica
Título Alternativo: Comparison between the quadrants and prodan methods for floristic, phytosociologic and volumetric analyses
Autor(es): Brito, Alan de
Ferreira, Maria Zélia
Mello, José Márcio de
Scolforo, José Roberto Soares
Oliveira, Antônio Donizette de
Acerbi Júnior, Fausto Weimar
Assunto: Métodos de amostragem
Método dos quadrantes
Método de Prodan
Análise florística
Fitossociologia
Sampling methods
Quadrants method
Prodan method
Floristic analysis
Phytosociology
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Referência: BRITO, A. de. Comparação entre os métodos dos quadrantes e Prodan para análises florística, fitossociológica e volumétrica. Cerne, Lavras, v. 13, n. 4, p. 399-405, out./dez. 2007.
Resumo: Objetivou-se neste estudo comparar a exatidão das estimativas da composição florística, da análise fitossociológica e volumétrica, utilizando os métodos de quadrantes e de Prodan (1968). Além disso, objetivou-se comparar, para o método de quadrantes, os estimadores propostos por Cottan & Curtis (1956) e Pollard (1971). O estudo foi realizado em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Montana em Lavras, Minas Gerais, onde foi inventariado 100% dos indivíduos com DAP maior ou igual a 5cm. Para a análise florística, o método de Prodan (1968) identificou um maior número de famílias (33), gêneros (64) e espécies (79), mostrando-se mais eficiente que o método de quadrantes (28 famílias, 52 gêneros e 63 espécies). Quanto à análise fitossociológica, os dois métodos foram eficientes para as espécies que apresentaram altos índices de valor de importância (IVI). Também apresentaram índices de diversidade e equabilidade semelhantes aos valores paramétricos. Para análise florística e fitossociológica os estimadores de Cottan & Curtis (1956) e Pollard (1971) apresentam os mesmos resultados. O método de amostragem por quadrantes, subestimou o volume total para os estimadores de Cottan & Curtis (1956) e Pollard (1971), sendo que o primeiro apresentou resultados mais próximos do valor paramétrico. O mesmo aconteceu para os volumes calculados por espécie. Já o método de Prodan (1968) apresentou o pior desempenho, subestimando o volume total, enquanto na estimativa do volume por espécie, esse superestimou os valores para espécies que apresentaram baixa dominância.
Abstract: The objective of this study was to compare the exactness of the estimates of the floristic composition, of the phytosociologic and volumetric analyses, using the quadrants and Prodan (1968) methods. Moreover, it objectified to compare for the quadrants method the estimators considered for Cottan & Curtis (1956) and for Pollard (1971). The study was carried out in a Montane Semideciduous Seasonal Forest patch located in Lavras, Minas Gerais. For the floristic analysis, the Prodan (1968) method identified a larger number of families (33), genera (64) and species (79), revealing to be more efficient than the quadrants method (28 families, 52 genera and 63 species). Considering the phytosociologic analysis, both methods were representative for the species that had higher importance value index (IVI). Moreover, they presented similar diversity and equability indices when compared with the parametric values. For floristic and phytosociologic analyses, the estimators of Cottan & Curtis (1956) e Pollard (1971) presented the same results. The quadrants method, underestimate the total volume for the estimators of Cottan & Curtis (1956) e Pollard (1971), and the first one presented results closer to the parametric value. The same happened for the volumes calculated per species. The Prodan (1968) method presented the worst performance, underestimating the total volume, and overestimating the volume per species, that presented low dominance.
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Artigos publicados em periódicos
CERNE
LEMAF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Comparação entre os métodos dos quadrantes e Prodan para análises florística, fitossociológica e volumétrica.pdf1,97 MBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback