Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12004

Título: Condicionamento fisiológico de sementes de tabaco
Título Alternativo: Physiological priming in tobacco seeds
Autor(es): Oliveira, Ariadne Santos
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1013106694042515
Orientador: Carvalho, Maria Laene Moreira de
Membro da banca: Nery, Marcela Carlota
Membro da banca: Guimarães, Renato Mendes
Membro da banca: Fraga, Antônio Carlos
Membro da banca: Pulcinelli, Carlos Eduardo
Assunto: Nicotiana tabacum
Ácido ascórbico
Nitrato de potássio
Ascorbic acid
Potassium nitrate
Data de Defesa: 13-Set-2016
Data de publicação: 2016
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: OLIVEIRA, A. S. Condicionamento fisiológico de sementes de tabaco. 2016. 60 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A maturação desuniforme de frutos e sementes de tabaco, tem levado a indústria de sementes a utilização de técnicas como o condicionamento fisiológico, que possibilita uma maior uniformidade e velocidade de germinação, por meio da recuperação do sistema de membranas celulares. Diversos fatores podem afetar o condicionamento fisiológico, tais como o tempo e o meio em que o tratamento é realizado, além da qualidade inicial dos lotes de sementes. A utilização do ácido ascórbico como agente condicionante apresenta vantagens por ser solúvel em água e estando envolvido em diferentes processos celulares, incluindo a divisão celular e a reestruturação de membranas. O KNO3 pode atuar como fonte adicional de potássio e nitrogênio durante a germinação, melhorando a qualidade. Para avaliar o efeito de diferentes solutos, períodos e forma de condicionamento sobre a qualidade fisiológica das sementes, foram utilizados três lotes de sementes de tabaco da cultivar CSC 4703. No experimento 1 as sementes foram submetidas ao condicionamento fisiológico em solução aerada variando-se o período (12, 24 e 36 horas) de condicionamento, a concentração de ácido ascórbico [ 0 (hidrocondicionamento), 50, 75 e 100 mg.L-1] e três lotes de sementes. No experimento 2 as sementes foram submetidas ao condicionamento fisiológico em solução aerada variando-se o período (1 2, 24 e 36 horas) de condicionamento, a concentração de KNO3 [0 (hidrocondicionamento), -0,5; -1,0 e -1,5 MPa) e três lotes de sementes. Após a aplicação dos tratamentos, as sementes foram lavadas em água corrente e secadas a 30 ºC até retornarem à umidade inicial. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada pelos testes de germinação, primeira contagem da germinação, índice de velocidade de germinação, estande inicial de emergência, porcentagem de emergência e índice de velocidade de emergência. Concluiu-se no experimento 1 que o hidrocondicionamento melhora a germinação e aumenta o vigor de sementes de tabaco. No experimento 2, o condicionamento com solução de KNO3 ajustada para -1,0 MPa por 24 ou -0,5 MPa por 36 horas promove incrementos no vigor das sementes de tabaco. Sementes de tabaco com menor qualidade respondem melhor ao condicionamento.
Abstract: The desuniformity maturation of fruits and tobacco seeds have led the seed industry to use techniques such as priming, which enables to greater uniformity and speed of germination, by regeneration of the cell membrane system. Several factors may affect the physiological conditioning, such as the weather and the environment in which the treatment is performed, in addition to the initial quality of the seed lots. The use of ascorbic acid as a conditioning agent is advantageous because it is soluble in water and involved in different cellular processes, including cell division and restructuring membranes. The KNO3 can act as an additional source of potassium and nitrogen during germination, improving the seed quality. To evaluate the effect of different solutes, periods and forms of conditioning on the physiological quality of seeds were used three lots of tobacco seeds of the cultivar CSC 4703. In experiment 1, the seeds were submitted to priming in aerated solution varying the period (12, 24 and 36 hours) of conditioning, the ascorbic acid concentration [0 (hydropriming), 50, 75 and 100 mg.L-1 ] and three lots of seeds. In experiment 2 the seeds were submitted to priming in aerated solution varying the period (12, 24 and 36 hours) of conditioning, the KNO3 concentration [0 (hydropriming), -0.5; -1.0 And -1.5 MPa) and three seed lots. After the treatments, the seeds were washed in water and dried at 30 °C to return to the initial moisture. The seed quality was evaluated by germination, first count, germination speed index, initial emergency stand, emergence percentage and emergence speed index. It was concluded in experiment 1 the hydropriming improves germination and increases the vigor of tobacco seeds. In experiment 2, the conditioning with KNO3 solution adjusted to -1.0 MPa for 24 or -0.5 MPa for 36 hours promotes increments in the vigor of tobacco seeds. Tobacco seeds with lower quality respond better to physiological conditioning.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12004
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Condicionamento fisiológico de sementes de tabaco.pdf1,05 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback