Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEG - Departamento de Engenharia >
DEG - Programa de Pós-graduação >
DEG - Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12009

Título: Qualidade da água e regime hidrológico em sub-bacias hidrográficas dos rios Capivari e Mortes
Título Alternativo: Water quality and hydrological regime of sub - river basin rivers capivari and deaths
Autor(es): Amâncio, Diego Vipa
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2910168467280471
Orientador: Coelho, Gilberto
Membro da banca: Ribeiro, Kátia Daniela
Membro da banca: Marques, Rosângela Francisca de Paula Vitor
Assunto: Rendimento específico
Sedimentos em suspensão
Metais pesados nos cursos d’água
Poluição
Specific discharge yield
Suspension sediments
Heavy metals in waterways
Pollution
Data de Defesa: 12-Ago-2016
Data de publicação: 2016
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: AMÂNCIO, D. V. Qualidade da água e regime hidrológico em sub-bacias hidrográficas dos rios Capivari e Mortes. 2016. 106 p. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A água é necessária para o abastecimento da sociedade, geração de alimentos e é essencial a vida. Na produção de alimentos, grande parte da água utilizada é perdida por meio da evaporação e do escoamento superficial devido a seu uso inadequado na irrigação. Alterações drásticas no meio são associadas às atividades naturais e antrópicas. Objetivou-se neste trabalho avaliar o Índice de Qualidade de Água (IQA), Índice de Estado Trófico (IET), Rendimento Específico e a Descarga de Sedimentos nas sub-bacias hidrográficas do Rio Capivari (GD1) e Mortes (GD2). Foram amostrados três pontos no GD1 (P – I no Rio Ingaí – Minduri, P – II no Rio Capivari e P – III no Rio Ingaí – Luminárias) e três pontos no GD2 (P – IV no Rio das Mortes, P – V no Rio do Peixe e P – VI no Ribeirão dos Tabuões). O período de monitoramento foi de abril de 2015 a fevereiro de 2016, sendo totalizadas oito coletas, com exceção do P – V, onde foram realizadas sete amostragens. Os parâmetros avaliados foram: potencial hidrogeniônico (pH), demanda bioquímica de oxigênio (DBO), oxigênio dissolvido (OD), coliformes termotolerantes, turbidez, sólidos totais, fosfato (PO3-4), fósforo (P), nitrato (NO3-), temperatura, Alumínio, Bromo, Cobre, Cromo hexavalente, Ferro, Manganês, Níquel e Zinco. De posse dos dados, foram calculados o rendimento específico, a descarga sólida em suspensão, o IET e o IQA (proposto pelo IGAM). Comparou-se os resultados nos parâmetros de qualidade de água com os valores máximos permitidos constantes na Deliberação Normativa COPAM CERH 01/2008 para classe 1 e classe 2 (metais pesados e qualidade de água, respectivamente). Os resultados obtidos através do rendimento específico mostraram divergências nas duas subbacias, sendo que na GD1 houve recarga do aquífero e mostrou-se alta produtividade em relação a GD2. Já a descarga sólida em suspensão, mostrou-se satisfatória em quatro pontos amostrais, sendo que as altas precipitações geraram grandes quantidades de sedimentos. Já nos outros dois pontos, as altas precipitações não ocasionaram grandes quantidades de sedimentos e também pelo último ponto amostral ser bastante assoreado. Os metais pesados mostraram acima do permitido devido a descarga incorreta de efluentes domésticos, industriais e minerais, mineralogia do local, precipitação e o contato do gado com as margens dos rios. Já os parâmetros de qualidade de água tiveram seus valores acima do permitido devido às altas quantidades de CT, turbidez, ST, P e também o NO3-, devido às poluições difusas e pontuais próximas ao ponto amostral. Em todos os pontos amostrais, o IQA foi classificado como ruim associado ao contato do gado, exploração mineral, despejos de efluentes de esgoto doméstico e industrial.
Abstract: Water is essential for supply the society, food production and for the life general way. For food production, much of the water has been lost via evapotranspiration and overland flow due to its inadequate use in the irrigation systems. Deep changes in the environment are associated with natural and anthropogenic activities. The aim of this study was to evaluate the Water Quality Index (IQA), Trophic State Index (IET), Specific Yield and Sediment Discharge in the Capivari River (GD1) and Mortes River (GD2) basins. Three sampling points were sampled in both GD1 (P - I at the Ingaí – Minduri River, P - II at Capivari River and P - III in Ingaí – Luminarias River) and GD2 (P - IV at Mortes River, P - V at Peixe River and P - VI at Tabuões Creek). The monitoring covered the period between April/2015 and February/2016, summing eight samples per river, with the exception of P - V in which seven samples were taken. The parameters evaluated were: hydrogen potential (pH), biochemical oxygen demand (BOD), dissolved oxygen (DO), coliform thermotolerant, turbidity, total solids, phosphate (PO3-4), phosphorus (P), nitrate (NO3-), temperature, aluminum bromide, copper, hexavalent chromium, iron, manganese, nickel and zinc. With these data sets, it was calculated the specific yield discharge, solid discharge suspended, IET and the IQA following the IGAM proposals. Water quality parameters obtained was compared to the maximum allowed values according to COPAM Normative Resolution CERH 01/2008 for the classes 1 and 2 (heavy metals and water quality, respectively). The results obtained by the specific discharge yield showed differences in the two hydrological regions (GD1 and GD2). There was a greater aquifer recharge in GD1 than GD2, demonstrated by the baseflow behavior. On the other hand, solid discharge suspended ion showed a satisfactory result in four sampling points, with intense rainfall events generating large amounts of sediment. Similar to the other two points of sampling, the high rainfall amounts did not provoke large amounts of sediment and, in addition, the last sample point was quite silted. Heavy metals were greater than those reference values that are permitted mainly due to improper launch domestic sewage, industrial and mineral, the local mineralogy, precipitation and the contact of the livestock actives with the river banks. The water quality parameters had their values greater than the permitted due to high amounts of CT, turbidity, ST, P and also the NO3- because of both diffuse and point pollution close to the respective sample points. All sampling points for IQA were classified as “bad”, because they are associated with livestock activities contact, mining, dumps of domestic and industrial sewage effluents.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12009
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DEG - Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Qualidade da água e regime hidrológico em sub-bacias hidrográficas dos rios Capivari e Mortes.pdf1,45 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback