Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
Revistas UFLA >
CERNE >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12026

Título: Análise econômica da exploração, transporte e processamento de madeira de florestas nativas: o caso do município de Jaru, estado de Rondônia
Título Alternativo: Economic analysis of wood harvesting, hauling, and processing costs of native forest timber: the case of Jaru county in Rondonia - Brazil
Autor(es): Oliveira, Antonio Donizette de
Martins, Eugênio Pacelli
Scolforo, José Roberto Soares
Rezende, José Luiz Pereira de
Assunto: Floresta tropical amazônica nativa
Madeira - Custos
Madeira - Exploração
Madeira - Transporte
Madeira - Processamento
Amazonian tropical native forest
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Referência: OLIVEIRA, A. D. de et al. Análise econômica da exploração, transporte e processamento de madeira de florestas nativas: o caso do município de Jaru, estado de Rondônia. Cerne, Lavras, v. 5, n. 2, p. 13-025, 1999.
Resumo: O objetivo deste trabalho é determinar e analisar os custos de exploração, transporte e processamento de madeira de florestas nativas para serrarias e laminadoras do município de Jaru, estado de Rondônia. Os dados foram obtidos por meio de questionários específicos aplicados em serrarias e laminadoras que atuam naquele município. Os resultados encontrados mostram que as serrarias têm custos de exploração e transporte maiores que as laminadoras. Assim, enquanto as serrarias gastam US$21.88/m3 na exploração e US$16.40/m3 no transporte, as laminadoras gastam apenas US$15.69/m3 e US$10.05/m3 nestas mesmas atividades. Os custos médios de processamento de madeira das serrarias e laminadoras são iguais a US$71.98 e US$48.56 por m3 , respectivamente. Para a maioria das espécies florestais usadas pelas serrarias e para todas as espécies usadas pelas laminadoras, o preço de compra das toras colocadas nos pátios das indústrias pelos “toreiros” é menor que a soma do preço de compra da madeira em pé e dos custos de exploração e transporte florestal. Assim, do ponto de vista econômico, é mais interessante para as empresas comprar madeira dos toreiros que arcar com os custos das atividades inerentes à compra, exploração e transporte de toras.
Abstract: The aim of this research was to study harvesting, transportation and wood processing costs of native forest timber used by the sawmills and veneermills in Jaru county – Rondônia State. The data were colected through questionnaries filled by sawmills and veneermills owners of Jaru county. The results showed that harvesting and transportation costs are higher for saw mills as compared to those of veneermills. While harvesting costs and transportation costs are, respectively, US$21,88/m3 and US$16,41/m3 for the sawmills, the same costs reached only US$15.69/m3 and US$10.05/m3 , respectively, for the veneermills. The average processing costs of veneermills are also lower than those of sawmills which are, respectively, US$71.98 and US$48.56/m3. For most of the tree species used by both sawmills and veneermills the log prices paid to the log sellers in the mill yard is lower than the lumpsum prices of stumpage, harvesting, hauling and transporting costs of the mills. Therefore, it is economically prefereable for sawmills and veneermills to buy logs from the “toreiros”(log sellers) put in the mills storage yard rather than to buy stumpage.
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Artigos publicados em periódicos
CERNE
LEMAF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback