Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12066

Título: Importância das vacinas sintéticas contra o carrapato Rhipicephalus microplus
Título Alternativo: Importance of synthetic vaccines ant-tick Rhipicephalus microplus
Autor(es): Carvalho, Gabriel Domingos
Peconick, Ana Paula
Vargas, Marlene Isabel
Patarroyo, Joaquín Hernán
Assunto: Vacinas sintéticas
Carrapato
Rhipicephalus (Boophilus) microplus
Synthetic vaccine
Tick
Data de publicação: Mai-2014
Referência: CARVALHO, G. D. et al. Importância das vacinas sintéticas contra o carrapato Rhipicephalus microplus. Pubvet, Londrina, v. 8, n. 10, p. 1136-1282, maio 2014.
Resumo: Rhipicephalus microplus, do ponto de vista econômico, é o parasita mais importante dos rebanhos bovinos nas Américas Central e Sul e na Austrália, pois acarreta severos prejuízos diretos e indiretos na produção animal. O controle deste parasita repousa principalmente na utilização de drogas carrapaticidas que são responsáveis pela seleção de populações resistentes, além de causar a contaminação com resíduos na carne, leite e derivados e no meio ambiente. Isso gera uma necessidade de se desenvolver métodos alternativos, seguros e eficientes de controle, os quais possam atuar de modo integrado. Os avanços das técnicas de biologia molecular impulsionaram várias linhas de pesquisa na área de parasitologia veterinária, principalmente no desenvolvimento de vacinas. Vacinas derivadas da glicoproteína intestinal do R. microplus, a Bm86, possuem um amplo potencial como método não químico no controle dos carrapatos. O peptídeo sintético SBm7462®, uma vacina sintética derivada da Bm86, a qual tem demonstrado sua eficácia na indução da resposta imune dos animais com ela imunizados.
Abstract: Rhipicephalus microplus, from an economic standpoint, is the most important parasite of cattle herds in Central and South America and Australia, it causes severe direct and indirect losses in animal production. Control of this parasite rests primarily on the use of acaricides drugs that are responsible for the selection of resistant of populations and cause contamination with residues in meat, dairy products and in the environment. This creates a need to the development of alternative, safe and efficient control, which may act in an integrated manner. Advances in molecular biology techniques have driven several lines of research in veterinary parasitology, particularly in vaccine development. Vaccines derived from the intestinal glycoprotein of R. microplus, the Bm86, have broad potential as a non-chemical control of ticks. The synthetic peptide SBm7462®, a synthetic vaccine derivative of the Bm86, has demonstrated its effectiveness in inducing the immune response of animals immunized with it.
URI: http://www.pubvet.com.br/uploads/6b4ed043b33ed8d788a9ba20cce40c05.pdf
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12066
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback