Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12081
Título : Características do sêmen de tambaqui (Colossoma macropomum) em latitude equatorial
Título(s) alternativo(s): Tambaqui (Colossoma macropomum) semen characteristics on equatorial latitude
Autor: Vieira, Marcelo José da Ascensão Feitosa
Carvalho, Maria Audalia Marques de
Vanderley, Carminda Sandra Brito Salmito
Salgueiro, Cristiane Clemente de Mello
Viveiros, Ana Tereza de Mendonça
Moura, Arlindo de Alencar Araripe Noronha
Nunes, José Ferreira
Palavras-chave: Nordeste do Brasil
Reprodução
Peixes
Teleósteos
Northeast of Brazil
Reproduction
Fish
Teleostei
Publicador: Universidad de Córdoba
Data da publicação: Dez-2011
Referência: VIEIRA, M. J. da A. F. et al. Características do sêmen de tambaqui (Colossoma macropomum) em latitude equatorial. Archivos de Zootecnia, Córdoba, v. 60, n. 232, p. 1263-1270, 2011.
Resumo : O tambaqui Colossoma macropomum (Cuvier, 1818) é uma espécie de teleósteo da bacia amazônica e abundante naquela região, de alto valor comercial e forte apelo culinário e esportivo sendo uma das principais espécies amazônicas com larga distribuição nos rios e nas áreas próximas a Manaus (Silva et al., 1984) Este trabalho teve por objetivo avaliar as características espermáticas do sêmen de tambaqui com e sem indução hormonal por um período de doze meses. Utilizou-se 26 machos com idade média de três anos, pertencentes ao Centro de Pesquisas em Aquicultura (CPAq) do Departamento Nacional de Obras Contra às Secas (DNOCS), devidamente identificados com chips magnéticos. Os animais foram divididos em dois grupos: induzidos (I) e não induzidos (NI). Os animais do grupo I receberam 2 mg de extrato de pituitária de carpa (EPC-1) por kg de peso vivo (PV), via intra celomática. O sêmen foi coletado após 14 horas através de massagem abdominal. Os parâmetros avaliados foram: volume, pH, osmolaridade e concentração espermática. Os peixes apresentaram peso médio de 5410 g, comprimento total de 68 cm e comprimento padrão de 59,17 cm. Para os grupos I e NI foram observados respectivamente: volume médio de 5,05 mL e 0,55 mL (p<0,05); pH médio de 8,21 e 8,09; osmolaridade média de 320,51 e 323 mOsm/kg e concentração espermática média de 22,93 x 109 e 40,46 x 109 sptz/mL (p<0,05). A produção espermática total foi de 115,79 x 109 sptz/mL no grupo I sendo de 22,25 x 109sptz/mL no grupo NI. Não houve diferença significativa entre os valores obtidos de osmolaridade e pH dos indivíduos induzidos e não induzidos. No entanto, a concentração espermática e o volume no grupo induzido apresentaram valores significativamente superiores (p<0,05) comparado aos indivíduos não induzidos.
Abstract: The Amazonian fish known as tambaqui (Colossoma macropomum Cuvier, 1818) is a osseous fish and has high commercial value because of its meat quality and for recreational fishing. Tambaqui is one of the major species in the Amazon basin and found in most rivers and surroundings of Manaus city (Silva et al., 1984). The present study was carried out to evaluate sperm parameters from tambaqui, subjected or not to hormone treatment for a period of 12 months. We used 26 males with three years of age, raised at the Aquaculture Research Center of the National Department for Drought Control (DNOCS). Animals were identified with magnetic chips and divided into two groups: controls (NI) and hormone-treated (I), which received 2 mg of carp pituitary extract (CPEkg-1) of body weight (via intra celomic). Semen was collected 14 hours after hormonal induction and the following parameters evaluated: volume, pH, osmolarity and sperm concentration. Fishes had body weight of 5410 g, with total length and standard length of 68 cm and 59.17 cm, respectively. In the case of hormone-treated and control animals, we found the following criteria, respectively: semen volume of 5.05 mL and 0.55 mL (p<0.05); pH of 8.21 and 8.09; osmolarity of 320.51 and 323 mOsm/kg; sperm concentration of 22.93 x 109 and 40.46 x 109 sptz/mL (p<0,05). Total sperm productions were quantified as 115.79 x 109 sperm/mL in treated fishes and 22.25 x 109 sperm/mL in the controls. We conclude that treatment of adult tambaqui with carp pituitary extract increase semen volume but reduces sperm concentration while had no effect on sperm osmolarity and pH.
URI: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-05922011004400441
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12081
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DZO - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.