Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12085
Título: Consumo de energia específica de corte em madeiras de diferentes densidades em distintas umidades
Título(s) alternativo(s): Specific cutting energy consumption in wood with different densities and different moistures
Autor : Guedes, Taiane Oliveira
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4838013685037370
Primeiro orientador: Silva, José Reinaldo Moreira da
Primeiro coorientador: Hein, Paulo Ricardo Gherardi
Primeiro membro da banca: Carvalho, Alexandre Monteiro de
Segundo membro da banca: Ferreira, Sílvia Costa
Palavras-chave: Madeira – Processamento
Madeira – Características
Energia – Consumo
Wood – Processing
Wood – Features
Force and energy – Consumption
Data da publicação: 15-Dez-2016
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: GUEDES, T. O. Consumo de energia específica de corte em madeiras de diferentes densidades em distintas umidades. 2016. 83 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Pesquisas para uso adequado da energia durante o processamento da madeira são de interesse da indústria, uma vez que é necessário conhecer a melhor relação entre a energia requerida e a madeira processada. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento da energia requerida no processamento mecânico de madeiras com distintas densidades e umidades. O processamento mecânico foi feito com tupia programada por Comando Numérico Computacional (CNC), que permitiu controle das velocidades de corte e de avanço. Foram processadas três madeiras de Pinus spp., Goupia glabra (Cupiúba) e Dipteryx alata (Cumaru vermelho), com diferentes umidades, as quais foram estabelecidas por meio de secagem contínua. A cada estágio de umidade os corpos de prova foram processados, totalizando oito estágios em cada corpo de prova. Para se conhecer o consumo de energia específica em cada processamento foi utilizado o analisador de energia, marca Fluke. Os menores valores médios de energia específica de corte foram de 299, 262, 292 KJ.cm -3 para as madeiras de Cumaru (36%), Cupiúba (71%) e Pinus (85%), respectivamente. Os maiores valores médios de energia requerida foram de 570, 513 e 497 KJ.cm -3 , todos para 0% de umidade e madeiras de Cumaru, Cupiúba e Pinus, respectivamente. Os valores de energia próximos ao Ponto de Saturação das Fibras foram de 416, 397 e 359 KJ.cm -3 para Cumaru, Cupiúba e Pinus, respectivamente. Observou-se acréscimo de 70 KJ.cm -3 (12%) na energia de corte da madeira de Cumaru para queda de 4% na umidade. Para a madeira de Cupiúba o aumento foi de 67 KJ.cm -3 (13%) para queda de 12% na umidade e para a madeira de Pinus o aumento foi de 54 KJ.cm -3 (11%) para queda de 8% na umidade. Madeiras com maior umidade requisitaram menor energia específica de corte. O analisador de energia permitiu obter os dados de forma satisfatória, os erros atribuídos à taxa de aquisição não interferiram na análise dos dados.
Abstract: Searches for proper use of energy during wood processing industry are of interest, since it is necessary to know the best relationship between the required energy and raw material of wood processed. The objective of this study was to evaluate the energy performance required in the mechanical processing of wood with different densities and moistures. The mechanical processing was done with router programmed by Computer Numerical Control (CNC), which allowed control of the cutting speed and feeding speed. Three woods were processed species of Pinus spp., Goupia glabra (Cupiúba) and Dipteryx alata (Cumaru vermelho) were processed with different humidities moistures contents, which were established through continuous drying. Every in each stage of humidity moisture the samples were processed, totaling eight stage in each specimen. For the specific energy consumption in each processing is it was used the energy analyzer, Fluke mark. The lowest average values of specific cutting energy were 299, 262 and 292 KJ.cm -3 for the timber Cumaru (36%), Cupiúba (71%) and Pinus (85%), respectively. The highest average values of required energy were 570, 513 and 497 KJ.cm -3 , all to 0% humidity moisture and for wood Cumaru, Cupiúba and Pinus, respectively. The energy values close to the fiber saturation point were 416, 397 and 359 KJ.cm -3 to Cumaru, Cupiúba and Pinus, respectively. It was observed increase of 70 KJ.cm -3 (12%) in the power cut wood of Cumaru to for 4% drop in humidity moisture. For wood Cupiúba the increase was 67 KJ.cm -3 (13%) to for 12% drop in humidity moisture and the wood of for Pinus the increase was 54 KJ.cm -3 (11%) to for 8% drop in humidity moisture. Woods with higher humidity moisture content requisitioned demanded lower specific power cut. The energy analyzer allowed to obtain the data satisfactorily, errors attributable due to the acquisition rate did not affect the analysis.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido a pedido da autora até outubro de 2017.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12085
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.