Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1209

Título: Evolução histórico-cultural e paisagística da Fazenda Traituba, Cruzília – MG
Autor(es): Garcia, Cecília Souza Gontijo
Orientador: Paiva, Patrícia Duarte de Oliveira
Membro da banca: Capone, Paola
Landgraf, Paulo Roberto Corrêa
Área de concentração: Produção Vegetal
Assunto: Jardins históricos
Arquitetura paisagística
Minas Gerais
Historic gardens
Landscape architecture
Data de Defesa: 14-Mai-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: GARCIA, C. S. G. Evolução histórico-cultural e paisagística da Fazenda Traituba, Cruzília – MG. 2013. 142 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Os jardins históricos são uma composição arquitetônica e vegetal com valores artísticos e históricos para seu público e podem auxiliar na conservação de sítios de interesse histórico, ambiental e cultural. Como jardins históricos, devem ser considerados não apenas praças e jardins públicos encontrados no meio urbano, mas também manifestos, na forma de jardim-pomar, jardim-horta presentes nas fazendas antigas do Brasil. Na região sul de Minas Gerais existem diversas fazendas históricas construídas em séculos passados, consequência do povoamento iniciado durante o século XVIII, quando bandeirantes paulistas invadiram os sertões e encontraram ouro. Mas, muitos consideraram mais lucrativas as atividades agrícolas à mineração e, com isso, diversas fazendas históricas sul-mineiras se estabelecendo. A Fazenda Traituba é um exemplo de fazenda que surgiu nesse período. Seu resgate histórico-cultural e paisagístico pode contribuir para sua conservação e valorização cultural, uma vez que, essa fazenda representa a cultura do município de Cruzília, além de estar situada no chamado Caminho Velho da Estrada Real. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi realizar um resgate histórico-cultural e paisagístico da Fazenda Traituba identificando suas principais transformações morfológicas paisagísticas e sociais, desde sua origem, e identificando também sua representação no inconsciente coletivo dos habitantes do município de Cruzília, MG e região. Para isso uma pesquisa exploratória foi realizada. Foram feitas visitas ao local, entrevistas, pesquisas bibliográficas e iconográficas incluindo uma revisão literária da história das cidades. A Fazenda Traituba sempre foi propriedade de descendentes portugueses da família Junqueira, iniciada com João Francisco Junqueira que se instalou na região do Rio das Mortes e adquiriu duas sesmarias. Após sua morte as terras foram divididas entre seus filhos e muitas fazendas se formaram. Na Fazenda Traituba, primeiramente, existiu um rancho e, em 1831, foi construída a Casa Grande, uma imensa obra arquitetônica. Apesar de sua grande importância e representatividade cultural e econômica na região, seus jardins nunca se espelharam nos padrões europeus. A influência portuguesa pela origem da família imprimiu um caráter de simplicidade aos jardins com funções utilitárias onde o jardim era associado a hortas e pomares. O jardim de entrada teve um destaque na casa após a década de 1950, quando foi reformado. A partir de então, outras intervenções foram feitas e novas funções foram atribuídas ao jardim, porém nenhum projeto foi desenvolvido. Atualmente o jardim de entrada se apresenta bem diferente do original. A vegetação e os elementos arquitetônicos que compõem o jardim carecem de conservação e manutenção especializada.
The historic gardens are an architectural and vegetal composition with artistic and historical values for their public and can assist in the conservation of sites with historic, cultural and environmental interest. As historic gardens, should be considered not only squares and public gardens found in urban areas, but also manifests in the form of garden-orchard, garden-vegetable present in ancient farms of Brazil. In the southern region of Minas Gerais there are several historic farms built in past centuries, a result of the settlement started during the eighteenth century, when pioneer from Sao Paulo invaded the hinterlands and found gold.But many considered the most profitable agricultural activities to mining and thus, several historic farms located in south of Minas Gerais being established. The Traituba Farm is an example of farm that emerged during this period. Its historical-cultural and landscape rescue can contribute to their conservation and cultural value, since this farm represents the culture of the Cruzilia city, besides being located in the Old Way of the Royal Road. In this context, the aim of the study was a historical-cultural and landscape rescue of Traituba Farm identifying their main morphological, social and landscape transformations from its origin and also identifying their representation in the collective unconscious of the inhabitants from municipality of Cruzilia, MG and region. For this an exploratory research was conducted. It made site visits, interviews, literature and iconographic searches including a literature review of the history of cities. The Traituba Farm always had been owned by Portuguese descendants of Junqueira family, started with Joao Francisco Junqueira who settled in the region of the Rio das Mortes and purchased two land grants. After his death the lands were divided among his sons and many farms were formed. In Traituba Farm, first, there was a ranch and in 1831 was built the ‘Big House’, an immense architectural construction. Despite, its great importance and representativeness cultural and economic in the region, its gardens never mirrored in European standards. The Portuguese influence for the origin of the family make a simplicity character to the gardens with utility functions where the garden was associated to vegetable gardens and orchards. The entrance garden was a highlight in the house after the 1950s, when it was reformed. Since then, other interventions were made and new functions have been attributed to the garden, but no project was developed. Currently the entrance garden appears very different from the original. The vegetation and architectural elements which compose the garden need care and specialist maintenance.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do programa de Pós Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1209
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Evolução histórico-cultural e paisagística da Fazenda Traituba, Cruzília.PDF4,73 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback