Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12126

Título: Germinação e tolerância à dessecação de sementes de bacaba (Oenocarpus bacaba Mart.)
Título Alternativo: Germination and storage behaviour of bacaba(Oenocarpus bacaba Mart.) seeds
Autor(es): José, Anderson Cleiton
Erasmo, Eduardo Andrea Lemus
Coutinho, Adriano Barros
Assunto: Viabilidade
Espécie florestal
Recalcitrante
Secagem
Forest species
Drying
Recalcitrant
Viability
Publicador: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes
Data de publicação: 2012
Referência: JOSÉ, A. C.; ERASMO, E. A. L.; COUTINHO, A. B.Germinação e tolerância à dessecação de sementes de bacaba (Oenocarpus bacaba Mart.). Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 34, n. 4, 2012.
Resumo: A Bacaba (Oenocarpus bacaba) é uma palmeira típica da região amazônica, muito utilizada para alimentação pela população local, na região norte do Brasil. Objetivou-se com esta pesquisa avaliar o efeito de diferentes temperaturas e substratos na germinação das sementes de bacaba e fazer a classificação fisiológica das sementes quanto à secagem e ao armazenamento. Os frutos foram coletados em Caseara, Tocantins, Brasil. A germinação foi realizada em diferentes temperaturas e substratos após o beneficiamento. A viabilidade também foi avaliada após a secagem a diferentes conteúdos de água para classificação fisiológica quanto à secagem e ao armazenamento. O melhor substrato para a germinação de sementes de bacaba foi sobre areia. Não foi verificado efeito da temperatura na germinação das sementes, exceto quando as sementes foram incubadas a 35 °C, temperatura que não foi observada germinação. Apesar de não haver efeito da maioria das temperaturas testadas sobre a porcentagem final de germinação, quando as sementes foram incubadas nas temperaturas de 30 °C e 25 - 35 °C observou-se maior velocidade de germinação. As sementes de bacaba não toleram a secagem abaixo de 0,36 g H2O g-1 peso seco, sendo portanto classificadas como recalcitrantes.
Abstract: Bacaba (Oenocarpus bacaba) is a palm species typical from Amazon region, widely used by local people for feeding. This work aimed to evaluate the effect of different conditions of temperature and substrate in the germination of seeds and to determine the seed storage behaviour of bacaba (Oenocarpus bacaba) seeds. Fruits were collected at Caseara, Tocantins, Brazil. The germination was carried out at different temperatures and substrates after cleaning. Seed viability was also determined after drying at different water content in order to determine the seed storage behavior. The best substrate for germination of bacaba seeds was in sand. It was not verified effect of temperature on the germination of the seeds, except when seeds were incubated at 35 °C, which germination was not observed. Although there is no effect on the most of the temperature tested on the final percentage of germination, seeds incubated at 30 °C and 25-35 °C showed higher speed of germination. Seeds of bacaba cannot be dried below 0,36 g H2O g-1 dry weight, and so they are classified as recalcitrant.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12126
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Germinação e tolerância à dessecação de sementes de bacaba (Oenocarpus bacaba Mart.).pdf877,77 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback