Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12138

Título: Nile tilapia (Oreochromis niloticus): enteroendocrine peptides and functional amino acids
Autor(es): Pereira, Raquel Tatiane
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1078561711348600
Orientador: Rosa, Priscila Vieira
Membro da banca: López-Olmeda, Jose Fernando
Membro da banca: Furuya, Wilson Massamitu
Membro da banca: Pereira, Luciano José
Membro da banca: Cantarelli, Vinicius de Souza
Membro da banca: Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
Assunto: Tilápia (Peixe) – Nutrição
Tilápia (Peixe) – Intestinos
Peptídeos
Arginina
Glutamina
Glândulas endócrinas
Tilapia – Nutrition
Tilapia – Intestines
Peptides
Arginine
Glutamine
Endocrine glands
Data de Defesa: 14-Set-2016
Data de publicação: 28-Dez-2016
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Texas A&M University AgriLife Research (Estados Unidos)
Referência: PEREIRA, R. T. Nile tilapia (Oreochromis niloticus): enteroendocrine peptides and functional amino acids. 2016. 110 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A presente tese fornece resultados de pesquisa em duas abordagens diferentes. O primeiro estudo analisou, por imunohistoquímica, a distribuição de células endócrinas (CEs) produtoras de gastrina (GAS), colecistoquinina (CCK-8), neuropeptídeo Y (NPY) e peptídeo relacionado ao gene da calcitonina (CGRP) ao longo do intestino da tilápia do Nilo. Adicionalmente, os efeitos do jejum e alimentação na densidade de CEs foram analisados. Dependendo do peptídeo produzido e segmento intestinal amostrado, as CEs foram mais concentradas em certos segmentos e mais escassas em outros. Em relação ao status de nutriente, nossos resultados mostraram que o início do intestino médio parece ser o principal local que responde a mudanças luminais na tilápia do Nilo. O segundo estudo investigou os efeitos da suplementação de glutamina (Gln) e arginina (Arg) em dietas para tilápia do Nilo. Os peixes foram alimentados com seis dietas experimentais formuladas para conter diferentes níveis de Gln e/ou Arg (Control, GLN 1%, GLN 2%, ARG 2% e GLN + ARG 1%) por nove semanas. Desempenho, resposta imune inata e perfil de aminoácidos no plasma e no corpo inteiro foram examinados. A suplementação dietética de Gln e/ou Arg resultou em efeitos significativos no ganho de peso, consumo, eficiência alimentar, eficiência e retenção protéica. Além disso, a concentração aminoácidos livres no plasma as 6h e 18h foram significativamente afetados pelas dietas experimentais.
Abstract: The present thesis provides research findings in two different approaches. The first study analyzed by immunohistochemistry the distribution of ECs producing gastrin (GAS), cholecystokinin-8 (CCK-8), neuropeptide Y (NPY), and calcitonin gene-related peptide (CGRP) along the gut of Nile tilapia. In addition, we assessed the effects of fasting and feeding in the distribution of immunoreactive ECs. Depending on the peptide produced and anatomical location, ECs were seen more concentrated in some segments while in other intestinal portions ECs were sparse. Regarding nutrient status, we found that the beginning of the midgut seems to be the main site which responds to luminal changes in Nile tilapia. The second study investigated the effects of dietary supplementation of glutamine and arginine for Nile tilapia. The fish were fed the six experimental diets formulated to contain different levels of supplemental Gln and/or Arg (Control, GLN 1%, GLN 2%, ARG 1%, ARG 2% and GLN+ARG 1%) for a nine weeks period. Growth performance, innate immune responses, and amino acids profile in plasma and whole-body were examined. Dietary Gln and/or Arg supplementation resulted in significant effects on weight gain, feed intake, feed efficiency ratio, protein efficiency ratio and protein retention. Moreover, the concentration of free AA in plasma at 6h and 18h were significantly affected by experimental diets.
Informações adicionais: Arquivo retido a pedido da autora até novembro de 2017.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12138
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: eng
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback