Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12219

Título: Assembleia de pequenos mamíferos em uma região de cerrado no norte de Minas Gerais
Título Alternativo: Assembly of small mammals in a cerrado region in the north of Minas Gerais
Autor(es): Carvalho, Éder Costa
Orientador: Passamani, Marcelo
Membro da banca: Passamani, Marcelo
Membro da banca: Talamoni, Sonia Aparecida
Membro da banca: Pompeu, Paulo dos Santos
Assunto: Animais dos cerrados – Minas Gerais
Biodiversidade – Conservação
Mamífero
Cerrado animals – State of Minas Gerais, Brazil
Biodiversity conservation
Mammals
Data de Defesa: 25-Nov-2016
Data de publicação: 30-Jan-2017
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: CARVALHO, É. C. Assembleia de pequenos mamíferos em uma região de cerrado no norte de Minas Gerais. 2016. 41 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O uso e degradação de ambientes naturais para atividades humanas é hoje a principal ameaça a biodiversidade mundial. O Cerrado brasileiro conta com uma alta diversidade e um alto grau de endemismo, porém uma pequena parte da sua área natural permanece inalterada, fazendo com que o bioma figure entre os hotspots para a conservação da biodiversidade mundial. Entender a resposta das comunidades animais e vegetais frente às mudanças no ambiente e as atividades humanas se torna importante para a conservação biodiversidade. Aqui discutimos as respostas da comunidade de pequenos mamíferos em uma região de cerrado com diferentes níveis de presença humana, bem como analisamos algumas variáveis ambientais que podem influenciar na riqueza e abundância desta comunidade. Para isso, amostramos a fauna de pequenos mamíferos em oito pontos, sendo quatro em uma área com menor presença humana e quatro em uma área com maior presença humana. Registramos 10 espécies de pequenos mamíferos. As análises de composição e estrutura da comunidade não mostraram diferenças entre as duas áreas. A alta presença de espécies generalistas e a elevada abundância relativa de Gracilinanus agilis explicam essa similaridade entre as comunidades destas duas áreas. A heterogeneidade do hábitat foi importante para explicar a riqueza de pequenos mamíferos na região. Em locais com presença de veredas ou mata seca, além de cerrado sensu stricto, a riqueza de pequenos mamíferos foi maior. A abundância da comunidade de pequenos mamíferos foi influenciada pela presença de gado. Até certo ponto, a abundância de pequenos mamíferos parece suportar os efeitos da presença de animais domésticos. Entretanto, com o aumento da abundância destes, a fauna de pequenos mamíferos começa a diminuir sua abundância. A preservação de todas as fitofisionomias presentes no Cerrado é importante para a preservação de uma maior diversidade de pequenos mamíferos. Visto que a criação de gado solto é uma atividade corriqueira na região e que esta afeta a comunidade de pequenos mamíferos, ações de fiscalização sobre esta ação se tornam importantes para a preservação destes animais.
Abstract: The use and degradation of natural environments for human activities is currently the main threat to global biodiversity. The Brazilian Cerrado has a high diversity and a high degree of endemism. However, a small part of its natural area remains unaltered, which makes the biome be included among the hotspots of global biodiversity conservation. It becomes important, for the conservation of biodiversity, to understand the response of plant and animal communities face to environmental changes and human activities. Here we discuss the responses of a small mammals community in a Cerrado region with different levels of human presence and analyze some environmental variables that can influence in the richness and abundance of this community. In order to accomplish this, we captured small mammals in eight points. Of those, four were captured in an area with less human presence and four were captured in an area with greater human presence. We recorded 10 species of small mammals. The composition and structure analysis of community did not show differences between the two areas. The high presence of generalist species and the high relative abundance of Gracilinanus agilis explain this similarity between the communities of these two areas. The heterogeneity of habitat was important to explain the variety of small mammals in the region. In places with presence of veredas or dry forests, the variety of small mammals was higher. The abundance of small mammals community was influenced by the presence of cattle. In a certain degree, the abundance of small mammals seems to support the effects of the presence of pets. However, with the increase of the its abundance, small mammals begin to decrease their abundance. The preservation of all kinds of vegetation existing in the Cerrado is important for the preservation of a greater diversity of small mammals. As the creation of loose cattle is a commonplace activity in the region and it affects the small mammal community, inspection actions on this activity become important for the conservation of these animals.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12219
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Assembleia de pequenos mamíferos em uma região de cerrado no norte de Minas Gerais.pdf802,05 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback