Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12297
metadata.artigo.dc.title: Gestão não profissional de uma cooperativa de crédito mútuo e suas consequências: um estudo sob a ótica da teoria da nova economia institucional
metadata.artigo.dc.title.alternative: Management not professional of an mutual credit cooperative and its consequences
metadata.artigo.dc.creator: Freire, Adriano Higino
Medeiros, André Luiz
Andrade, Diego César Terra de
Santos, Antônio Carlos dos
metadata.artigo.dc.subject: Administração
Contabilidade
Cooperativa de crédito
Indicadores financeiros
Credit union
Financial indicators
metadata.artigo.dc.publisher: Faculdade Santo Agostinho
metadata.artigo.dc.date.issued: Jul-2014
metadata.artigo.dc.identifier.citation: FREIRE, A. H. et al. Gestão não profissional de uma cooperativa de crédito mútuo e suas consequências: um estudo sob a ótica da teoria da nova economia institucional. Revista FSA, Teresina, v. 11, n. 3, p. 25-50, jul. 2014.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Este trabalho tem por objetivo verificar a influência dos conceitos de custos de transação e de agência da Nova Economia Institucional, baseando-se nos indicadores técnicos e financeiros que levaram uma cooperativa de crédito, aqui denominada CRED, a implantar um plano gerencial de reestruturação. Empregou-se a metodologia do estudo de caso, tendo como técnicas de pesquisa a utilização de documentação, dados arquivados, além da observação participante. Após trabalhos de inspeção do Banco Central do Brasil na instituição, foi apurado comprometimento da situação econômica da CRED, evidenciada após os ajustes da fiscalização com o consequente descumprimento do padrão de Patrimônio Líquido, além de deficiência nos controles internos. Quando da implantação do “Plano de Reestruturação”, conseguiu-se alcançar uma melhora significativa nas situações financeira e administrativa da Cooperativa. De maneira geral, pôde-se concluir que a administração não profissional da cooperativa, que realizava transações contratuais no mercado transferindo a um agente não capacitado, a autoridade para tomar decisão e alocação de recursos, e o oportunismo gerado pela deficiência de formalização e controle para concessão de empréstimo (crédito), foram os principais fatores que desencadearam os problemas apurados na CRED.
metadata.artigo.dc.description.abstract: This study aims to investigate the influence of the concepts of transaction costs and agency of the New Institutional Economics, based on technical and financial indicators that led a credit union, here called CRED, to deploy a management restructuring plan. We applied the methodology of the case study, whose research techniques using documentation, archived data, and participant observation. After inspection work of the Central Bank of Brazil in the institution, was established commitment to the economic situation of CRED, evidenced after adjustments surveillance with the consequent breach of the standard of Equity, as well as weaknesses in internal controls. At the foundation of the "Restructuring Plan", we managed to achieve a significant improvement in administrative and financial situations of the Cooperative. Overall, it was concluded that no professional management of the cooperative, who performed contract market transactions, transferring to an agent not enabled the authority to make decisions and resource allocation, and opportunism generated by lack of formalization and control for lending (credit), were the main factors that triggered the problems established in CRED.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12297
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons