Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12350

Título: O gênero Ocotea Aubl. (Lauraceae) na região centro-oeste do Brasil
Título Alternativo: The genus Ocotea Aubl. (Lauraceae) in the center-west region of Brazil
Autor(es): Domingos, Daniel Quedes
Orientador: Sobral, Marcos Eduardo Guerra
Coorientador: Alves, Flávio Macedo
Membro da banca: Mansanares, Mariana Esteves
Membro da banca: Fontes, Marco Aurélio Leite
Assunto: Taxonomia – Brasil, Centro-Oeste
Botânica - Classificação
Taxonomy – Center-West region, Brazil
Botany – Classification
Lauraceae
Ocotea
Data de Defesa: 15-Set-2016
Data de publicação: 22-Fev-2017
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: DOMINGOS, D. Q. O gênero Ocotea Aubl. (Lauraceae) na região centro-oeste do Brasil. 2017. 105 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Ocotea é o maior gênero neotropical da família Lauraceae com aproximadamente 350 espécies, sendo 172 apenas no Brasil. O gênero está entre os maiores e o que mais contribui para a riqueza da flora nas diversas formações vegetacionais no Brasil. Um tratamento taxonômico para Ocotea do Centro-Oeste é apresentado aqui, consistindo de chave de identificação, descrições, ilustrações e comentários, que incluem distribuição geográfica, ecologia, estado de conservação e época de floração e frutificação. O estudo confirmou 20 espécies de Ocotea para o Centro-Oeste, das quais ocorrem nas mais diferentes formações florestais, Cerrado (lato sensu), Campo Rupestre, Floresta de Galeria, Floresta de Terra Firme, Floresta de Várzea, Floresta Estacional Decidual, Floresta Estacional Semidecidual e Floresta Ombrófila. Das 21 espécies registradas, seis são novas ocorrências, sendo: Ocotea acyphylla, Ocotea catharinensis e Ocotea puberula são registros novos para o Mato Grosso do Sul, enquanto para o Mato Grosso, Ocotea glomerata é citada pela primeira vez. Ocotea catharinensis e Ocotea notata são aqui referidas pela primeira vez para o Centro-Oeste.
Abstract: Ocotea is the largest neotropical genus of the Lauraceae family, with approximately 350 species, and 172 found only in Brazil. The genus is among the largest, which most contributes for the richness of the flora in the many vegetation formations in Brazil. A taxonomic treatment for Ocotea in the Center-West region is presented here, consisting of identification key, descriptions, illustrations and comments, which include geographical distribution, ecology, state of conservation and time of flowering and fruiting. The study confirmed 20 species of Ocotea for the Center-West region, which occur in the most diverse forest formations, cerrado (lato sensu), rupestrian fields, Gallery Forest, Dryland Forest, Floodplain Forest, Deciduous Seasonal Forest, Semi-Deciduous Seasonal Forest and Ombrophilous Forest. Of the 21 registered species, 6 are new occurrences, with Ocotea acyphylla, Ocotea catharinensis and Ocotea puberula being new registries for Mato Grosso do Sul, Brazil, while for Mato Grosso, Ocotea glomerata is cited for the first time. Ocotea catharinensis and Ocotea notata are referenced for the first time in the Center-West region.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido do autor, até fevereiro de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12350
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback