Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1246

Título: Detecção e transmissão de Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides pelas sementes de algodoeiro e uso de RFP para o estudo de interação patógeno-hospedeiro
Autor(es): Almeida, Mirella Figueiró de
Orientador: Machado, José da Cruz
Membro da banca: Pfenning, Ludwig Heinrich
Figueira, Antonia dos Reis
Abreu, Mario Sobral de
Cardoso, Patrícia Gomes
Área de concentração: Patologia de Sementes
Assunto: Marcador molecular
Transformação genética
Primers
Ramulose
Algodão
Molecular marker
Genetic transformation
Primer
Cotton
Data de Defesa: 19-Dez-2012
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: ALMEIDA, M. F. de. Detecção e transmissão de Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides pelas sementes de algodoeiro e uso de RFP para o estudo de interação patógeno-hospedeiro. 2012. 104 p. Tese (Doutorado em Patologia de Sementes)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: A ocorrência de doença é uma das principais causas que condicionam o fracasso da cultura do algodão, em particular aquelas cujos agentes etiológicos são transmitidos por sementes. Entre as doenças de maior destaque na cultura do algodão no Brasil encontra-se a ramulose causada pelo fungo Colletotrichum gossypii South var. cephalosporioides A. S. Costa. A transmissão deste patógeno por sementes a plântulas/plantas pode ser elevada, havendo citações de níveis de até 70 %. Entretanto, demonstração e quantificicação deste processo em algodão não são encontradas de maneira conclusiva na literatura. A detecção de C. gossypii var. cephalosporioides em sementes de algodão tem sido alvo de inúmeros estudos até o momento, porém, a similaridade morfológica entre este fungo e C. gossypii, agente da antracnose, tem gerado dúvidas sobre a segurança e viabilidade dos testes desenvolvidos. Tendo em vista a necessidade de se desenvolver técnicas seguras de detecção desse fungo em amostras de sementes, mediante demanda dos atuais programas de certificação no país e, em razão do pouco conhecimento de que se dispõe sobre a transmissão do referido fungo por sementes de algodão, novos estudos tornam-se necessários. Neste trabalho, os objetivos foram quantificar a transmissão de C. gossypii var. cephalosporioides a partir de sementes de algodão; otimizar um protocolo de transformação que utiliza o gene marcador tipo RFP; desenvolver metodologia de detecção deste fungo em sementes de algodão utilizando um par de primers específico para este organismo. Para avaliar a transmissão de C. gossypii var. cephalosporioides as sementes foram inoculadas, artificialmente, pelo método de condicionamento fisiológico. A transmissão foi constatada tanto em plantas sintomáticas como em assintomáticas, sendo as taxas totais calculadas em condições favoráveis para a ocorrência da doença em questão. O protocolo para obtenção dos protoplastos, utilizado no estudo, foi eficaz para a produção de protoplastos de C. gossypii var. cephalosporioides, obtendo-se assim, isolados transformados e, foi possível, observar pela inoculação das sementes, a localização do patógeno nos tecidos das sementes, por meio de microscopia de fluorescência. Para a detecção de C. gossypii var. cephalosporioides desenvolveu-se um par de primers que se mostrou específico para o referido patógeno, quando comparado com outras espécies de fungos encontradas em sementes de algodão, entre patógenos e endófitos. Por estes estudos, ficou evidenciado que o protocolo de detecção de C.gossypii var. cephalosporioides, em sementes de algodão, torna-se promissor para uso em programas de certificação e de vigilância sanitária vegetal no Brasil.
The occurrence of disease is one of the main factors which cause serious losses in cotton crop, in particular those in which etiologic agents are seed-transmitted. Among those diseases ramulosis caused by Colletotrichum gossypii var South. cephalosporioides A. S. Costa may considered one of the most devastating in Brazil. The transmission of this pathogen from seeds to emerging plants can be high, reaching levels up to 70%. Several studies have been conducted to evaluate the transmission process of the pathogen to emerging cotton plants, however, this kind of association has not been demonstrated and quantified conclusively. The detection of C. gossypii var. cephalosporioides on cotton seeds has been subject of numerous studies, however, the morphological similarity between this fungus and C. gossypii, wich is the agent of anthracnose, has brought doubts regarding the reliability and feasibility of the available tests. In this work the objectives were: demonstration and quantification of C. gossypii var. cephalosporioides transmission in cotton seeds; optimization of a protocol to transform the fungus with a RFP gene; development of a methodology to detect this organism in cotton seeds using specific primers previously developed for this pathogen. To assess the transmittion C. gossypii var. cephalosporioides, the seeds were artificially inoculated by the osmotic conditioning method, by which seeds are kept in contact with the fungus colonies for 36, 72 and 108h. The transmission was observed in both asymptomatic and symptomatic plants and the total transmnission rates being calculated for favorable conditions for ramulose occurrence. The protocol to transformon the fungus with RFP gene marker was suitable for production of protoplasts and to carry on studies on the colonization of cotton seeds by the. For the detection of C. gossypii var. cephalosporioides the pair of primers which was designed for that aim proved to be specific in comparison with other fungal species associated to cotton seeds. In general, the protocol established for detection of C. gossypii var. cephalosporioides in cotton seeds stands up as quite promising for incorporation by official seed testing as demanded by Certification and Phytossanitary Programs.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitopatologia, área de concentração em Patologia de Sementes, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1246
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Detecção e transmissão de Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides pelas sementes de algodoeiro e uso de RFP para o estudo de inte.pdf1,03 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback