Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12462
Título: “Voar fora da asa”: relações entre experiência, criança e subjetividade nos brincares da educação infantil
Título(s) alternativo(s): “Flying outside the wing”: the relation between experience, child and subjectivity in primary education children’s plays
Autor : Perpétuo, Lays Nogueira
Primeiro orientador: Reis, Fábio Pinto Gonçalves dos
Primeiro membro da banca: Oliveira, Milton Ramon Pires de
Segundo membro da banca: Azevedo, Kleber Tuxen Carneiro
Palavras-chave: Jogos e brincadeiras
Crianças - Educação
Crianças - Ensino
Educação infantil
Educação Lúdica
Games and play
Children - Education
Recreational education
Data da publicação: 22-Fev-2017
Referência: PERPÉTUO, L. N. “Voar fora da asa”: relações entre experiência, criança e subjetividade nos brincares da educação infantil. 2017. 205 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: Este trabalho buscou analisar a partir dos conceitos foucaultianos de experiência, poder, saber, subjetividade e resistência, as situações em que se manifestaram os brincares no cotidiano de crianças da Educação Infantil (EI). Os jogos e as brincadeiras são fenômenos da cultura da infância e, em suas múltiplas formas, são habitualmente encontrados na EI. Entendendo que são importantes para a educação e desenvolvimento infantil, pois representam possibilidades de compreensão do mundo, a análise por um referencial pós-estruturalista permitiu explorar as noções que se tem de jogo e de brincadeira dentro da relação experiênciacriança-subjetividade. Quanto ao desenho metodológico, esta é uma pesquisa-experiência, e optou pela abordagem qualitativa. Realizou-se uma observação direta e semiestruturada de duas salas de aula da Educação Infantil ambas do mesmo ano escolar na cidade de Lavras -MG. A observação foi acompanhada de instrumentos como diário de campo, anotações, e durante sua surgiram outras estratégias para obtenção dos dados, como desenhos. Os registros foram transcritos do diário de campo, e posteriormente ocorreu a seleção e descrição das situações que aconteceram os brincares. Para a análise de dados, as situações eleitas foram esmiuçadas e articuladas com os conceitos foucaultianos eleitos para sustentação da pesquisa e com os ma rcadores sociais de gênero, raça, religião e sexualidade. Sem a intenção de proposições, a pretensão desta pesquisa foi explicitar os brincares e trazer esses pequenos atos cotidianos de resistências dentro das brincadeiras como campo de (im)possibilidades e de experiências de subjetivação e dessubjetivação.
Abstract: This paper seeks to analyze children’s play in Childhood Education using the foucauldian concepts of experience, power, knowledge, subjectivity, and resistance. Games and play are phenomena of childhood culture and, in their multiple forms, are habitually encountered in Childhood Education. Understanding that they are important for childhood education and development, since they represent possibilities for understanding the world, an analysis with a post-structuralist reference permitted an exploration of the notions of games and play that exist within the experience-child-subjectivity relation. With respect to the methodological design, this is a study-experience that uses a qualitative approach. A direct and semi-structured observation of two classrooms of Childhood Education, each of the same year, was carried out in the city of Lavras, Minas Gerais, Brazil. The observation was accompanied by instruments such as field diary and notes, and during the observation other strategies, such as drawings, emerged for obtaining data. The records were transcribed from the field diary and afterwards the selection a nd description of situations that took place during play occurred. For the analysis of data, the selected situations were described in detail and connected with the foucauldian concepts chosen for the completion of the study and with the social markers of gender, race, religion, and sexuality. Without intending to make propositions, the aim of this study was to make play explicit and show the small quotidian acts of resistance within play as a field of (im)possibilities and experiences of subjectification and desubjectification.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12462
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.