Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12467

Title: Remoção e alocação de metais pesados por bactérias diazotróficas nodulíferas da espécie Cupriavidus necator
Other Titles: Removal and allocation of heavy metals by nodule diazotrophic bacteria of the Cupriavidus necator species
???metadata.dc.creator???: Vicentin, Rayssa Pereira
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://lattes.cnpq.br/0194709101731445
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Alves, Eduardo
???metadata.dc.contributor.referee1???: Accioly, Adriana Maria de Aguiar
???metadata.dc.contributor.referee2???: Biondi, Caroline Miranda
???metadata.dc.contributor.referee3???: Magriotis, Zuy Maria
???metadata.dc.contributor.referee4???: Carneiro, Marco Aurélio Carbone
???metadata.dc.contributor.referee5???: Moreira, Fatima Maria de Souza
Keywords: Biorremediação
Microscopia eletrônica
Nitrogênio - Fixação
Metais pesados
Biossorção
Bioremediation
Electron microscopy
Nitrogen - Fixing
Heavy metals
Biosorption
???metadata.dc.date.submitted???: 5-Sep-2016
Issue Date: 13-Mar-2017
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: VICENTIN, R. P. Remoção e alocação de metais pesados por bactérias diazotróficas nodulíferas da espécie Cupriavidus necator. 2017. 92 p. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: Bactérias do gênero Cupriavidus são capazes de fixar nitrogênio atmosférico e tolerar altas concentrações de metais pesados. Neste trabalho, as estirpes de Cupriavidus necator UFLA 01-659, UFLA 01-663 e UFLA 02-71 foram testadas quanto a sua capacidade de tolerar e remover cádmio (Cd), cobre (Cu) e zinco (Zn) em meio líquido. Estudos com microscopia eletrônica de varredura e transmissão foram realizados com o intuito de visualizar alterações de padrão de crescimento, produção de exopolissacarídeos e alocação de metais na biomassa das células. Foram realizados experimentos de cinética e isoterma de biossorção dos metais citados acima com células vivas e mortas da estirpe UFLA 01-659, assim como o ajuste dos dados aos modelos de Langmuir e Freundlich. O estudo da alocação dos metais na biomassa de células vivas em experimento de biossorção foi realizado por microscopia eletrônica de transmissão. Das estirpes testadas a estirpe de Cupriavidus necator UFLA 01-659 apresentou maiores valores de concentração mínima inibitória (de 5 mM de Cd, 4,95 mM de Cu e 14,66 mM de Zn) e remoção de metais (9,0, 4,6 e 3,2 mg L -1 de Cd, Cu e Zn, respectivamente). A presença dos metais induziu a formação de b iofilme e a diminuição do tamanho de células que se organizaram de forma agregada, com variação desse comportamento entre estirpes e metais. Em comparação à literatura, os índices alcançados com Cd foram os mais expressivos. A alocação dos metais removidos em meio de cultura se deu na membrana e na parede das células (todos os metais), e no interior da célula (Cu e Zn). As biossorções dos metais sofreram pouquíssima correlação com o tempo de incubação. O aumento da concentração de todos os metais induziu a um aumento em sua biossorção, com ajuste dos dados ao modelo de Freundlich (P<0,001). A biomassa de C. necator UFLA 01-659 realizou remoção de aproximadamente 52% de Cd em solução e menores valores para zinco e cobre (36 e 20%) nos experimentos de biossorção. Apenas a biossorção de cobre apresentou diferença entre células vivas e mortas, provavelmente em razão da alocação desse metal entre a parede e a membrana citoplasmática. Cobre e zinco também foram alocados no interior da célula, diferente de cádmio. Em razão da estirpe C. necator UFLA 01-659 apresentar alta capacidade de remoção dos metais Cd, Cu e Zn por meio da incorporação em sua biomassa e pela adsorção na parede e membrana plasmática em meio de cultura líquido e em experimentos de biossorção, esta estirpe pode ser considerada promissora na biorremediação de metais pesados ex situ. Palavras-chave: UFLA
Abstract: Bacteria of the Cupriavidus genus are capable of fixating atmospher ic nitrogen and tolerate high concentrations of heavy metals. In this work, the strains of Cupriavidus necator UFLA 01-659, UFLA 01-663 and UFLA 02-71 were tested regarding their capacity for tolerating and removing cadmium (Cd), copper (Cu) and zinc (Zn) in liquid medium. Studies with scan and transmission electron microscopy were conducted in order to visualize growth standards, exopolysaccharide production and allocation of metals in the cellular biomass. Kinetic and biosorption isotherm experiments were conducted with live and dead cells from strain UFLA 01-659 regarding the aforementioned metals. The data were adjusted to the Langmuir and Freudlich models. The metal allocation study with live biomass cells, in biosorption experiment, was conducted by transmission electron microscopy. Of the tested strains, UFLA 01-659 presented the highest values of minimum inhibiting concentration (of 5 mM of Cd, 4.95 mM of Cu and 14.66 mM of Zn) and metal removal (9.0, 4.6 and 3.2 mg L -1 of Cd, Cu and Zn, respectively). The presence of metals induced the formation of biofilms and the decrease in cell size, which were organized in an aggregated manner, with variation of this behavior between strains and metals. In comparison to literature, the indexes reaches with Cd wer e the most expressive. The allocation of the metals removed in culture medium occurred in the membrane and cell walls (all metals), and in the interior of the cell (Cu and Zn). Metal biosorption had very few correlations with the time of incubation. The increase in the concentration of all metals induced an increase in its biosorption, with the data adjusted to the Freudlich model (P<0.001). The biomass of C. necator UFLA 01-659 removed approximately 52% of Cd in solution, and lower values for zinc and copper (36 and 20%) on the biosorption experiments. Only copper biosorption presented difference between live and dead cells, probably due to the allocation of this material between the wall and cytoplasmic membrane. Copper and zinc were also allocated in the interior of the cell, differently from cadmium. Due to the C. necator strain UFLA 01-659 presenting high capacity for the removal of the metals Cd, Cu and Zn by means of incorporation to its biomass and by absorption to the wall and plasmatic membrane in liquid culture medium. In biosorption experiments, this strain can be considered promising in the ex situ bioremediation of heavy metals.
Description: Arquivo retido, a pedido da autora, até março de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12467
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback