Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12496
Título : Resistance of potato clones to necrotic recombinant strains of potato virus y (PVY)
Título(s) alternativo(s): Resistência de clones de batata a isolados necróticos recombinantes do vírus Y da batata (PVY)
Autor: Ribeiro, Silvia Regina Rodrigues de Paula
Pinto, César Augusto Brasil Pereira
Costa, Suellen Bárbara Ferreira Galvino
Menezes, Mariney de
Figueira, Antonia dos Reis
Palavras-chave: Solanum tuberosum - Virus
Solanum tuberosum - Breeding
Solanum tuberosum - Genetic resistance
Batata - Vírus
Batata - Melhoramento genético
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data da publicação: Jul-2014
Referência: RIBEIRO, S. R. R. de P. et al. Resistance of potato clones to necrotic recombinant strains of potato virus y (pvy). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 38, n. 4, p.343-351, July/Aug., 2014.
Resumo : O alelo Ryadg é muito utilizado pelos melhoristas, por conferir resistência extrema a todas as estirpes do PVY. Entretanto, a estirpe necrótica possui grande capacidade de recombinação, de modo que, novos variantes genéticos capazes de provocar perdas consideráveis na produtividade, vêm surgindo recentemente. Até o momento, nem todas as estirpes recombinantes de PVY necrótico foram testados quanto à sua reação com o gene Ry. Neste estudo, objetivou-se identificar clones de batata, portadores do alelo de resistência e avaliar a sua reação aos seguintes isolados recombinantes: NTN (PVYNTN), Wilga (PVYN-Wi) e "top crespo" (PVYE). Clones avançados de batata, do programa de melhoramento da Universidade Federal de Lavras, foram avaliados por meio de um marcador molecular específico para o alelo Ryadg. Os clones portadores do alelo de resistência foram enxertados em plantas de fumo infectadas com o PVYN e três isolados recombinantes. Os clones portadores do alelo de resistência não foram infectados com nenhum dos recombinantes e nem com o PVYN no teste de enxertia. Esses resultados confirmam que o alelo Ryadg confere resistência também aos variantes testados.
Abstract: The Ryadg allele is widely used by breeders to confer extreme resistance to all strains of PVY. However, the necrotic strain has increased recombination resulting in recent considerable losses in productivity. Thus far, not all necrotic recombinant strains of PVY have been tested for their reaction to the Ry gene. The objective of this study was to identify potato clones carrying the resistant allele and to assess their reaction to the following recombinant strains: NTN (PVYNTN), Wilga (PVYN-Wi), and "curly top" (PVYE). Advanced clones from the potato breeding program at Universidade Federal de Lavras were evaluated through a specific molecular marker for the Ryadg allele. The clones carrying the resistance allele were grafted on tobacco plants infected with necrotic recombinant strains of PVY. The clones carrying the allele for resistance to PVY were not infected with any of the recombinants during the grafting test. These results confirm that resistance to necrotic recombinant strains has not yet been overcome and that the Ryadg allele also confers resistance to the three recombinant strains tested.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12496
Idioma: en_US
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia
DFP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Resistance of potato clones to necrotic recombinant strains of potato virus y (pvy).pdf1,14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons