Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12523

Título: Avaliação de compostos funcionais e atividade antioxidante em farinhas de polpa de goiabas
Título Alternativo: Evaluation of functional compounds and antioxidant activity in guava pulp flour
Autor(es): Freire, Juliana Mesquita
Abreu, Celeste Maria Patto de
Corrêa, Angelita Duarte
Simão, Anderson Assaid
Santos, Cláudia Mendes dos
Assunto: Goiaba - Farinha
Goiaba - Antioxidantes e minerais
Guava - Flour
Guava - Antioxidants and minerals
Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Data de publicação: Set-2012
Referência: FREIRE, J. M. et al. Avaliação de compostos funcionais e atividade antioxidante em farinhas de polpa de goiabas. Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 34, n. 3, p. 847-852, Set. 2012.
Resumo: A goiabeira (Psidium guajava) é uma planta nativa brasileira, e seus frutos são ricos em compostos antioxidantes os quais podem causar a oxidação das lipoproteínas, reduzindo o estresse oxidativo. objetivou-se com este trabalho determinar essas substâncias e a atividade antioxidante das farinhas dos frutos das cultivares Pedro sato, Paluma e século XXi. Foram selecionados 35 frutos de cada cultivar, levando-se em consideração o grau de maturação. os frutos foram lavados, picados, congelados em nitrogênio líquido e liofilizados. Posteriormente, foram trituradas para a obtenção das farinhas. Os parâmetros analisados foram o teor de compostos fenólicos, vitamina C, betacaroteno, fibras alimentares, minerais (ferro, potássio, cobre, magnésio, manganês, zinco e cálcio) e atividade antioxidante, pelos métodos DPPH e betacaroteno/ ácido linoleico. Os teores de compostos fenólicos foram maiores para a cultivar Século XXI. O teor de betacaroteno e fibra alimentar não variaram entre as cultivares analisadas. As cultivares Século XXI e Paluma destacaram- se na atividade antioxidante pelos dois métodos. Em relação aos minerais, não houve diferença significativa para o potássio, cobre e zinco. O mineral cálcio não foi detectado pelo método empregado. Os teores de ferro, magnésio e manganês foram maiores para as cultivares Paluma, Pedro sato e século XXi, respectivamente.
Abstract: Guava (Psidium guajava) is a native brazilian plant and its fruits are rich in antioxidants compounds which can inhibit the liproteins oxidation, reducing the aggravations of oxidative stress. The objective of this study was to determine these substances and antioxidant activity of the flours from the fruits of Pedro sato, Paluma and século XXi cultivars. The parameters analyzed were phenolic compounds, vitamin C, beta-carotene, dietary fiber, minerals (iron, potassium, copper, magnesium, manganese, zinc and calcium) and antioxidant activity by DPPH methods and beta-carotene/acid linoleic. The levels of phenolic compounds were higher for the Século XXI cultivar.The level of beta-carotene and dietary fiber did not vary among cultivars analyzed. The Paluma and século XXi cultivars stood out in antioxidant activity by both methods. Regarding to minerals, there was no significant difference for potassium, copper and zinc. Calcium was not detected by the used method. iron, magnesium and manganese were higher for Paluma, Pedro sato and século XXi, respectively
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12523
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DQI - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Avaliação de compostos funcionais e atividade antioxidante em farinhas de polpa de goiabas.pdf575,7 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback