Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12557

Título: Controle da disseminação de vírus por meio de vetores na cultura da batata
Título Alternativo: Control of virus spread through vectors on potato fields
Autor(es): Costa, Rejane Rodrigues da
Figueira, Antônia dos Reis
Rabelo Filho, Francisco de Assis Câmara
Almeida, João Eduardo Melo de
Carvalho Filho, José Luiz Sandes de
Oliveira, Cleiton Lourenço
Assunto: Myzus persicae
Potato virus Y
Batata - Vírus
Tratamentos inseticidas
Publicador: Universidade Estadual de Maringá
Data de publicação: 2010
Referência: COSTA, R. R. da et al. Controle da disseminação de vírus por meio de vetores na cultura da batata. Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v. 32, n. 4, p. 591-596, 2010.
Resumo: O objetivo do trabalho foi verificar o efeito de tratamentos inseticidas, na produção e no controle da disseminação de vírus por afídeos vetores e o teor de resíduos observados nos tubérculos submetidos a esses tratamentos. Foram empregadas as cultivares, Ágata e Emeraude com Potato vírus Y. O modelo utilizado foi o de blocos inteiramente casualizados, com 12 tratamentos e 4 repetições, sendo: 1) pulverização semanal (PS), com a última aos 55 dias após o plantio (DAP); 2) PS com a última aos 69 DAP; 3) PS, com a última aos 69 DAP + aplicação de Cabrio Top; 4) pulverização a cada cinco dias, sendo a última aos 69 DAP; 5) PS sendo a última aos 80 DAP e 6) controle, sem pulverização, todos combinados com dois tratamentos de sulco (Imidacloprid e Phorate). Observou-se que a maioria dos tratamentos não impediu a disseminação dos vírus.
Abstract: The objective the work was to investigate the effect of insecticide treatments on virus spread and in potato yield, as well as to evaluate the residue value of the insecticides employed in the tubers subjected to these treatments. The experiment was carried out with two cultivars in randomized blocks with 40 tubers, 4 replications and 12 treatments, as follows: 1) insecticide spraying (SI) on leaves once a week, with the last application at 55 days after planting (DAP); 2) SI on leaves once a week, with the last application at 69 DAP; 3) SI on leaves once a week, with the last application at 69 DAP + application of Cabrio Top; 4) SI on leaves every five days, with the last application at 69 DAP; 5) SI on leaves once a week, with the last application at 80 DAP; and 6) control, with no insecticides after plant emergence; and all of them combined with 2 soil treatments (Imidacloprid and Phorate). Those results show that the application of insecticides is useless when the potato seed has a high PVY incidence.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12557
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DFP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Controle da disseminação de vírus por meio de vetores na cultura da batata.pdf500,64 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback