Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12603
Título : Química e mineralogia de solos cultivados com Eucalipto (Eucalyptus sp.)
Título(s) alternativo(s): Chemistry and Mineralogy of Soils cultivated with Eucalyptus (Eucalyptus sp.)
Autor: Castro, Patrícia de Pádua
Curi, Nilton
Furtini Neto, Antonio Eduardo
Resende, Álvaro Vilela de
Guilherme, Luiz Roberto Guimarães
Menezes, Michele Duarte de
Araújo, Elias Frank de
Freitas, Diego Antonio França de
Mello, Carlos Rogério de
Silva, Sérgio Henrique Godinho
Palavras-chave: Extratores
Difração de raios-X
Tipos de solos florestais
Ambiente subtropical
Extractors
X-ray diffraction
Forest soil types
Subtropical environment
Publicador: Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Data da publicação: Dez-2010
Referência: CASTRO, P. de P. et al. Química e mineralogia de solos cultivados com Eucalipto (Eucalyptus sp.). Scientia Florestalis, Piracicaba, v. 38, n. 88, p. 645-657, dez. 2010.
Resumo : Análises químicas e mineralógicas foram realizadas com o objetivo de avaliar a reserva e a disponibilidade de nutrientes no solo para o crescimento do eucalipto em hortos florestais do Rio Grande do Sul. O Neossolo Quartzarênico apresentou mineralogia muito simples, com reserva em nutrientes praticamente nula. O Gleissolo Melânico, Planossolo Háplico e o Argissolo Vermelho-Amarelo revelaram baixa reserva de Ca e Mg, enquanto o Cambissolo Háplico, Neossolo Litólico e o Argissolo Vermelho apresentaram maior reserva desses nutrientes. Os dados do incremento médio anual (IMA) do eucalipto de sete anos distinguiram três conjuntos de solos em função de seus atributos diferenciais: o primeiro grupo formado por solos bem drenados (IMA ≥ 46 m³/ha/ano), o segundo grupo formado por solos com problemas de encharcamento (IMA ≈ 40 m³/ha/ano) e o terceiro grupo formado por solos muito arenosos (IMA de 38 m³/ha/ano).
Abstract: Chemical and mineral analyses were performed with the objective of evaluating the content and availability of nutrients for Eucalyptus growth in forests of Rio Grande do Sul state, Brazil. The Quartzarenic Neosol presented a very simple mineralogy, with an extremely poor nutrient content. The Melanic Gleisol, Haplic Planosol and Red-Yellow Argisol revealed a low Ca and Mg content, while the Haplic Cambisol, Litholic Neosol and Red Argisol presented higher amounts of these nutrients. The data of the annual average increment (AAI) of seven-year old Eucalyptus permitted the distinction of three soil groups according to their differential attributes: the first group formed by well drained soils (AAI ≥ 46 m³/ha/year), the second group formed by waterlogged soils (AAI ≈ 40 m³/ha/year) and the third group formed by very sandy soils (AAI of 38 m³/ha/year).
URI: http://www.ipef.br/publicacoes/scientia/nr88/cap11.pdf
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12603
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.