Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12638

Title: Lógicas institucionais e estratégia como prática: um estudo em organizações constitutivas do campo da cachaça de alambique
Other Titles: Institutional logics and strategy as practice: a study of the constituent organizations of artisanal cachaça field
???metadata.dc.creator???: Paiva, André Luiz de
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4487712E5
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Brito, Mozar José de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Mello, Cristiane Marques de
???metadata.dc.contributor.referee2???: Morais, César Augusto Tureta de
???metadata.dc.contributor.referee3???: Vilas Boas, Luiz Henrique de Barros
Keywords: Cachaça de alambique
Estratégia como prática
Lógicas institucionais
Pluralismo Institucional
Artisanal cachaça
Strategy as practice
Institutional logics
Institutional pluralism
???metadata.dc.date.submitted???: 17-Feb-2017
Issue Date: 3-Apr-2017
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Citation: PAIVA, A. L. de. Lógicas institucionais e estratégia como prática: um estudo em organizações constitutivas do campo da cachaça de alambique. 2017. 216 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: A cachaça é uma bebida alcoólica genuinamente brasileira. A produção e consumo da cachaça de alambique, variante artesanal desse destilado, está envolvida em uma pluralidade de sentidos, práticas e atores que constituem um campo social cuja origem remete ao período colonial. Especificamente no estado de Minas Gerais figura a maior quantidade de produtores de cachaça de alambique do país. Dentre estes, um grupo se articulou desde a década de 1980, representando um movimento de ressignificação das dimensões simbólica e material da bebida, caracterizado pela distinção das práticas em busca do reconhecimento da bebida frente ao Estado e classes de maior poder aquisitivo. A partir de pressupostos construcionistas aplicados às perspectivas da Estratégia como Prática (SAP) e das lógicas institucionais, entendemos que estes sujeitos se articulam em organizações e por meio de suas práticas cotidianas constroem estratégias. Estas práticas são constituídas por um conjunto de atividades inseridas em um contexto institucional macro no qual figuram instituições e suas respectivas lógicas, ou padrões de ação fundamentados em práticas materiais e sistemas simbólicos. Desse modo, considerando lacunas teóricas e empíricas, nosso objetivo principal nesta dissertação foi compreender a influência de múltiplas lógicas institucionais na construção da estratégia como prática em organizações produtoras de cachaça localizadas em Minas Gerais. A partir de objetivos específicos, elaboramos três artigos científicos. No primeiro trabalho, discutimos as contribuições da perspectiva das lógicas institucionais para o estudo da SAP. Nesta direção, construímos um protocolo de pesquisa no qual exploramos categorias teóricas destas abordagens e como os sujeitos interpretam as orientações das lógicas em um contexto de pluralismo institucional. No segundo artigo investigamos a configuração das lógicas institucionais que constituem o campo da cachaça de alambique em Minas Gerais. Por meio de pesquisa bibliográfica, documental e dados primários, identificamos e descrevemos quatro lógicas que exercem maior influência nas organizações: lógica da tradição, lógica do Estado, lógica do mercado e lógica técnico-científica. Nesta pesquisa, destacamos como estas lógicas se inter-relacionam. Por sua vez, no terceiro artigo, empregamos o protocolo de pesquisa elaborado e desenvolvemos um estudo de casos múltiplos em organizações fabricantes de cachaça de alambique localizadas em Minas Gerais. Definimos três organizações cujos perfis dos estrategistas os caracterizam como pertencentes ao movimento de ressignificação do consumo e produção da cachaça de alambique. Assim, com base em entrevistas, observações e pesquisa documental descrevemos as trajetórias e repertórios dos praticantes em cada organização e as práticas constitutivas das estratégias de produção e inserção mercadológica. Em nossa análise, procuramos compreender como os estrategistas construíram as práticas e produziram sentidos a partir de interpretações de orientações híbridas das lógicas institucionais do campo em suas práxis. Observamos que embora existam similaridades entre as atividades realizadas nas organizações, os sentidos atribuídos às mesmas variam conforme os repertórios dos estrategistas e suas intepretações quanto ao contexto institucional. Estes resultados contribuem para os estudos em SAP no Brasil e corroboram discussões acerca do pluralismo institucional e a ação dos praticantes.
Abstract: Cachaça is a genuinely Brazilian alcoholic drink. The production and consumption of artisanal cachaça, an variant of this spirit, is involved in a plurality of meanings, practices and actors that constitute a social field whose origin refers to the colonial period. Specifically the state of Minas Gerais has the largest quantity of cachaça producers in the country. Among these, a group has articulated since the 1980s, representing a movement of re-signification of the symbolic and material dimensions of the drink, characterized by the distinction of practices seeking recognition of the spirit in front of the State and classes of greater purchasing power. Based on constructivist assumptions applied to the perspectives of the Strategy as Practice (SAP) and the institutional logics, we understand that these subjects are articulated in organizations and through their daily practices build strategies. These practices are constituted by a set of activities inserted in a macro institutional context in which they appear institutions and their respective logics, or action patterns based on material practices and symbolic systems. Thus, considering theoretical and empirical gaps, our main objective in this dissertation was to understand the influence of multiple institutional logics in the construction of strategy as practice in organizations producing cachaça located in Minas Gerais. Based on specific objectives, we have prepared three scientific articles. In the first paper, we discuss contributions from the perspective of institutional logics to the study of SAP. In this direction, we constructed a research protocol in which we explore theoretical categories of these approaches and how subjects interpret the orientations of the logics in a context of institutional pluralism. In the second article, we investigated the configuration of the institutional logics that constitute the field of artisanal cachaça in Minas Gerais. Through bibliographic research, documentary and primary data, we identify and describe four logics that exert greater influence in organizations: tradition logic, state logic, market logic and technical-scientific logic. In this research, we highlight how these logics interrelate. On the other hand, in the third article, we used the elaborated research protocol and developed a multiple case study in organizations of artisanal cachaça located in Minas Gerais. We define three organizations whose profiles of strategists characterize them as belonging to the movement of re-signification of the consumption and production of artisanal cachaça. Thus, based on interviews, observations and documentary research, we describe the trajectories and repertoires of practitioners in each organization and the constitutive practices of production strategies and market insertion. In our analysis, we sought to understand how strategists constructed the practices and produced meanings from interpretations of hybrid orientations of the institutional logics of the field in their praxis. We observed that although there are similarities between the activities performed in the organizations, the meanings a ttributed to them vary according to the repertoires of the strategists and their interpretations regarding the institutional context. These results contribute to SAP studies in Brazil and corroborate discussions about institutional pluralism and practitioners' action.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12638
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Lógicas institucionais e estratégia como prática - um estudo em organizações constitutivas do campo da cachaça de alambique.pdf2.93 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback