Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12642

Título: Altos níveis de fitase em rações para frangos de corte
Título Alternativo: High levels of phytase in diets for broilers
Autor(es): Meneghetti, Camila
Bertechini, Antonio Gilberto
Rodrigues, Paulo Borges
Fassani, Edison Jose
Brito, Jeronimo Avito Goncalves de
Reis, Matheus de Paula
Garcia Junior, Antonio Amandio Pinto
Assunto: Frango
Fitato
Desempenho
Metabolismo
Redução nutricional
Broiler
Phytate
Performance
Metabolism
Nutrition reducion
Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Data de publicação: Jun-2011
Referência: MENEGHETTI, C. et al. Altos níveis de fitase em rações para frangos de corte. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, v. 63, n. 3, jun. 2011.
Resumo: Avaliaram-se o desempenho, o coeficiente de digestibilidade da matéria seca (CDMS), da proteína bruta (CDPB), a retenção aparente de cálcio (Ca) e fósforo (P) e a energia metabolizável aparente corrigida para balanço de nitrogênio (EMAn) de dietas suplementadas com altos teores de fitase (FTU) para frangos, até 35 dias de idade. Foram utilizados 1848 pintos, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, com sete tratamentos e oito repetições de 35 aves. Os tratamentos foram: T1: dieta-controle; T2: dieta com inclusão de 1.500FTU/kg; T3: 3.000FTU/kg; T4: 4.500FTU/kg; T5: 6.000FTU/kg; T6: 8.000FTU/kg e T7: 10.000FTU/kg de ração. No 10º e 28º dias de experimento, quatro e três aves, respectivamente, foram transferidas para gaiolas de metabolismo. A partir da inclusão de 4.500FTU/kg, o desempenho das aves de 1 a 35 dias foi semelhante ao das aves do grupo-controle (P>0,05). Não houve diferença (P>0,05) entre os tratamentos nos CDPB e nos valores de EMAn, porém, na fase inicial, observou-se maior aproveitamento da MS com os altos níveis de fitase (P<0,05). Em relação à retenção de Ca e P, houve efeito positivo da suplementação enzimática, com aumento significativo do uso desses minerais pelas aves. Concluiu-se que é possível suplementar altos teores de fitase valorando adequadamente os nutrientes da dieta.
Abstract: The digestibility of dry matter (DMD), and of crude protein (CPD), the apparent retention of calcium (Ca) and phosphorus (P) and apparent metabolizable energy corrected by nitrogen balance (AME) of diets supplemented with high levels of phytase (FTU) for broilers, 35 days old were evaluated. A total of 1848 chicks were distributed in a completely randomized experiment with seven treatments and eight repetitions. The treatments were: T1: control diet, T2: inclusion of 1,500FTU/kg; T3: 3,000FTU/kg; T4: 4,500FTU/kg; T5: 6,000FTU/kg; T6:8,000FTU/kg; and T7: 10,000FTU/kg feed. On the 10th and 28th days of the experiment, four and three birds, respectively, were transferred to metabolism cages. An addition of 4,500FTU/kg from 1 to 35 days resulted in a performance similar to the control group (P>0.05). There was no difference (P>0.05) among treatments for DMD and AME, however, during the initial phase there was a higher use of MS with high levels of phytase (P<0.05). Regarding the retention of Ca and P, a positive effect of enzyme supplementation significantly increased the use of these minerals by birds. It is possible that high levels of supplemental phytase adequate valuing the nutrients.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12642
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Altos níveis de fitase em rações para frangos de corte.pdf132,83 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback