Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12726

Título: Investigação da fauna flebotomínica e sua infecção por Leishmania spp., no município de Lavras, MG, Brasil
Título Alternativo: Research of sandfly fauna and its natural infection by Leishmania spp., in Lavras, MG, Brazil
Autor(es): Castro, Joseane Camilla de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0500009536912790
Orientador: Barçante, Joziana Muniz de Paiva
Coorientador: Peconick, Ana Paula
Coorientador: Barçante, Thales Augusto
Membro da banca: Barçante, Joziana Muniz de Paiva
Membro da banca: Peconick, Ana Paula
Membro da banca: Raymundo, Djeison Lutier
Membro da banca: Bueno, Lilian Lacerda
Assunto: Leishmaniose
Fauna flebotomínica
Doenças infecciosas
Leishmaniasis
Phlebotomine fauna
Infectious diseases
Data de Defesa: 28-Mar-2017
Data de publicação: 4-Abr-2017
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: CASTRO, J. C. de. Investigação da fauna flebotomínica e sua infecção por Leishmania spp., no município de Lavras, MG, Brasil. 2017. 58 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: As leishmanioses são doenças negligenciadas que atingem grande parte da população mundial, sendo causadas por protozoáriosdo gênero Leishmania. As leishmanioses podem se manifestar em sua forma tegumentar, causando lesões dermatológicas com diferentes características clínicas ou em sua forma viscerotrópica, potencialmente fatal. As diferentes espécies de Leishmania são transmitidas por dípteros hematófagos, da família Psychodidae, também conhecidos como flebotomíneos. O conhecimento da fauna flebotomínica de uma região é de fundamental importância para nortear as ações em vigilância em saúde relacionadas à prevenção e controle das leishmanioses. Considerando que para o município de Lavras têm sido notificados casos de leishmaniose tegumentar humana e leishmaniose visceral humana e canina, o presente trabalho teve por objetivo verificar a presença de flebotomíneos e sua infecção natural por diferentesespécies do gênero Leishmania. Para tal, foram realizadas coletas sistematizadas utilizando armadilhas luminosas tipo HP, no período compreendido entre fevereiro de 2016 e março de 2017. As armadilhas foram instaladas em oito residências que abrigavam cães que tiveram sorologia confirmada para infecção por Leishmania infantum, em áreas de vegetação preservada ou semi-preservadas. No total foram coletados 86 espécimes de flebotomíneos, sendo 60 fêmeas e 26 machos. A identificação foi realizada utilizando a classificaçãoproposta por Galati (2003), tendo sido identificadas as seguintes espécies:Lutzomyia longipalpis, Migonemyia migonei, Evandromyia cortelezzi, Ev. lenti,Ev. sallesi, Nyssomyia whitmani, Brumptomyia sp., Psathyromyia lutziana, e Pressatia sp.. Cinco fêmeas da espécie Lu. longipalpisestavam infectadas por Leishmania braziliensis. Apesar do pequeno número de espécimes coletados, verificou-se uma grande diversidade de espécies na área de estudo. Ademais, o encontro de espécimes de Lu. longipalpis naturalmente infectados comLeishmania braziliensis, aponta para a necessidade de avaliação da competência vetorial uma vez que, não há relato em literatura dessa interação natural entre essas espécies.
Abstract: Leishmaniasis is a neglected disease that affects a large part of the world population and it’s caused by protozoa of the genus Leishmania. Leishmaniasis may manifest in its integument form, causing dermatological lesions with different clinical characteristics or in its viscerotropic, potentially fatal form. The different species of Leishmania are transmitted by hematophagous dipterans of the family Psychodidae, also known as phlebotomines. Knowing the phlebotominal fauna of a region is of fundamental importance to guide the actions in health surveillance related to the prevention and control of leishmaniasis. Considering cases of human tegumentary leishmaniasis and human and canine visceral leishmaniasis have been reported for the municipality of Lavras, this study aimed to verify the presence of sandflies and their natural infection by different species of the genus Leishmania. Then, collections were systematized using HP-type, light traps were carried out between February 2016 and March 2017. Traps were installed in eight residences that had dogs confirmed serology for Leishmania infantum infection in areas of preserved vegetation or Semi preserved. A total of 86 specimens of sand flies were collected, 60 females and 26 males. The identification was performed using the classification proposed by Galati (2003), and the following species were identified: Lutzomyia longipalpis, Migonemyia migonei, Evandromyia cortelezzi, Ev. lenti, Ev. sallesi, Nyssomyia whitmani, Brumptomyia sp., Psathyromyia lutziana, and Pressatia sp. Five females of the Lu longipalpisspecies were infected by Leishmania braziliensis. Despite the small number of specimens collected, there was a great diversity of species in the study area. In addition, the encounter of specimens of Lu. longipalpis naturally infected with Leishmania braziliensis, shows the need to evaluate vector competence since there is no literature report of this natural interaction between these species.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido da autora, até abril de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12726
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback