Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12727
Título: Microsporogênese comparativa entre Brachiaria ruziziensis (R. Germ & Evrard) diploide, tetraploide e suas progênies
Título(s) alternativo(s): Comparative microsporogenesis among diploid and tetraploid genotypes of Brachiaria ruziziensis (R. Germ & Evrard) and their progenies
Autor : Morais, Ludmila Caproni
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2159416790334932
Primeiro orientador: Techio, Vânia Helena
Primeiro coorientador: Souza Sobrinho, Fausto
Primeiro membro da banca: Vieira, Larissa Fonseca Andrade
Segundo membro da banca: Bonato, Andrea Beatriz Mendes
Palavras-chave: Comportamento meiótico
Viabilidade polínica
Urochloa
Microsporogênese
Meiotic behavior
Pollen viability
Microsporogenesis
Data da publicação: 11-Abr-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: MORAIS, L. C. Microsporogênese comparativa entre Brachiaria ruziziensis (R. Germ & Evrard) diploide, tetraploide e suas progênies. 2017. 33 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Os estudos de microsporogênese em Brachiaria tem se concentrado nas espécies B. ruziziensis, B. decumbens e B. brizantha e seus híbridos por terem grande importância como forrageiras. Além do comportamento sexual, B. ruziziensis está dentre uma minoria de espécies diploides de Brachiaria (2n = 2x = 18), enquanto a maioria do gênero é tetraploide (2n = 4x = 36) e apomítica. Brachiaria ruziziensis é empregada em cruzamentos intra e interespecíficos. Para o êxito da hibridação interespecífica, faz-se necessário a tetraploidização artificial de B. ruziziensis e que os híbridos, apresentem meiose regular e alta taxa de viabilidade polínica. Diante deste cenário, o objetivo do presente trabalho foi comparar a microsporogênese em plantas de B. ruziziensis diploides e tetraploides artificiais e suas respectivas progênies. As análises foram feitas com material vegetal proveniente da EMBRAPA Gado de Leite, a partir da coleta de suas inflorescências, fixação em álcool etílico absoluto: ácido acético: ácido propiônico (6:3:2) e armazenamento a -4°C. Posteriormente utilizou-se a técnica de esmagamento com o corante Carmim Propiônico 1% para análises meióticas. Para viabilidade polínica, foi utilizado o corante Alexander. As anormalidades foram encontradas em todo processo de meiose nas famílias das plantas diploides e tetraploides e, de forma geral, a taxa foi considerada baixa, variando a porcentagem de acordo com o genótipo. A família diploide foi considerada mais estável. As progênies diploides e tetraploides apresentaram taxa de anormalidade meiótica semelhante às respectivas plantas mães, o que sugere que as combinações genéticas entre parentais ou a autofecundação foi estável. Para os acessos diploides, o índice de viabilidade polínica foi alto, atingindo até 88.3%. Ao passo que as plantas tetraploidizadas apresentaram valores inferiores, atingindo, no máximo, 61.1%.
Abstract: Studies on the microsporogenesis in Brachiaria have focused on B. ruziziensis, B. decumbens and B. brizantha species, and their interspecific hybrids for being especially important as fodder plants. Besides its sexual behavior, B. ruziziensis is among a minority of diploid species in Brachiaria (2n = 2x = 18), while most species of this genus are tetraploid (2n = 4x = 36) and apomictic. B. ruziziensis is used in intra and interspecific crosses. The success of interspecific hybridization depends on the artificial tetraploidization in B. ruziziensis and on the hybrids, both intra and interspecific crosses, that must present regular meiosis and high rate of pollen viability. Based on that, the aim of this work was to compare the microsporogenesis process in diploid and tetraploid individuals of B. ruziziensis, which were used as female genitors in breeding and their respective progenies. Analyses were conduct using plant material provided by EMBRAPA Dairy Cattle, from which inflorescences were sampled, fixed in an absolute ethyl alcohol: acetic acid: propionic acid solution (6:3:2) and stored at -4°C. Squash technique using 1% propionic carmine was used for meiotic analyses. For pollen viability, analyses consisted on Alexander’s stain. Abnormalities were found throughout the meiotic process in diploid and tretraploid families, but in general, rate of abnormalities was considered low, with percentage varying according to the genotype analyzed. The diploid family was considered more stable. Diploid and tetraploid progenies and their respective mother plant showed similar rate of meiotic abnormalities, what suggests that genetic combinations used in crosses or self-fertilization were stable. For diploid accesses pollen viability was high, reaching up to 88.3%. On the other hand, tetraploid individuals showed lower rates, with a maximum of 61.1%.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até abril de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12727
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.