Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12763
metadata.artigo.dc.title: Variação espacial da resposta do milho à adubação nitrogenada de cobertura em lavoura no cerrado
metadata.artigo.dc.title.alternative: Spatial variation of corn response to nitrogen topdressing in a Cerrado crop field
metadata.artigo.dc.creator: Hurtado, Sandro Manuel Carmelino
Resende, Álvaro Vilela de
Silva, Carlos Alberto
Corazza, Edemar Joaquim
Shiratsuchi, Luciano Shozo
metadata.artigo.dc.subject: Plantas – Efeito do nitrogênio
Milho – Adubação nitrogenada
Milho – Produtividade
Plants – Effect of nitrogen
Corn – Nitrogen fertilization
Corn – Productivity
metadata.artigo.dc.publisher: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
metadata.artigo.dc.date.issued: Mar-2009
metadata.artigo.dc.identifier.citation: HURTADO, S. M. C. et al. Variação espacial da resposta do milho à adubação nitrogenada de cobertura em lavoura no cerrado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 44, n. 3, p. 300-309, mar. 2009.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar, numa perspectiva espacial, a resposta do milho (Zea mays) à adubação de cobertura com nitrogênio (N) e relacionar a produtividade de grãos com variáveis indicadoras do suprimento desse nutriente. Quatro doses de N foram testadas em 12 parcelas experimentais de 12,6x1.200 m. Em cada parcela foram georreferenciados 11 locais onde foram feitas as avaliações. Nesses locais, foi monitorado o estado nutricional do milho com o clorofilômetro e foram determinados os teores de N mineral do solo e os teores de N na folha e nos grãos. A produtividade de grãos foi mapeada com sensor de produtividade e "Global Positioning System" (GPS) acoplados à colhedora. Os dados foram analisados por estatística clássica e espacial. O cultivo sem aplicação de N em cobertura proporcionou, em média, 77% da máxima produtividade de milho (9,21 Mg ha-1) obtida com a adubação de cobertura. Altas correlações entre leitura do clorofilômetro, teor foliar de N e produtividade do milho, verificadas na análise de médias, não se confirmaram nos mapas que representam a variabilidade espacial dessas variáveis. A interpretação conjunta dos mapas de leitura do clorofilômetro e de produtividade do milho permitiu identificar áreas com diferentes capacidades de suprimento de N pelo solo e subsidiar a delimitação de zonas para o manejo diferenciado do nitrogênio.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The objective of this work was to evaluate the spatial variation of corn response to nitrogen (N) topdressing fertilization, associating the grain yield with indicative variables of the N nutritional status. Four N rates were tested in 12 experimental plots of 12.6x1,200 m. Along each plot, 11 georeferenced sites were located for punctual evaluations. In those sites, the corn nutritional status was monitored using a chlorophyll meter and samples were collected to determine soil mineral N, and N concentration in leaves and grains. The grain yield was mapped using a yield sensor and a Global Positioning System (GPS) device coupled to the combine. The data obtained were analyzed using classical and spatial statistics. The corn with no N topdressing reached an average of 77% of the maximum grain yield (9.21 Mg ha-1) obtained with the usage of topdressing. The high correlation coefficients among the average data of chlorophyll meter readings, leaf N content, and grain yield were not confirmed when the spatial variability of these variables were considered. The map interpretation of the chlorophyll meter readings and corn yield allowed the identification of areas with different soil N supply capacity, indicating field zones for site-specific management.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12763
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCS - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Variação espacial da resposta do milho à adubação....pdf1,2 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons