Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia de Biomateriais – Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12775

Título: Painéis MDP produzidos com bagaço de cana tratado termicamente
Autor(es): Ribeiro, Débora Pereira
Orientador: Mendes, Rafael Farinassi
Coorientador: Napoli, Alfredo
Membro da banca: Silva, Marcela Gomes da
Membro da banca: Guimarães, José Benedito
Assunto: Compósitos lignocelulósicos
Tratamento térmico
Resíduos agrícolas
Estabilidade dimensional
Lignocellulosic composites
Thermal treatment
Agricultural waste
Dimensional stability
Data de Defesa: 29-Ago-2016
Data de publicação: 27-Abr-2017
Referência: RIBEIRO, D. P. Painéis MDP produzidos com bagaço de cana tratado termicamente. 2017. 58 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Biomateriais)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de diferentes níveis de temperatura de tratamento térmico sobre as propriedades de painéis aglomerados produzidos com bagaço de cana-de-açúcar. O delineamento experimental se constituiu de quatro tratamentos, sendo avaliadas três temperaturas de tratamento térmico do bagaço de cana (170, 200 e 230°C) e um tratamento sem modificação térmica (Controle). As partículas foram avaliadas quanto a suas características anatômicas, químicas e físicas. Os painéis foram produzidos com densidade nominal de 0,70 g/cm³, relação face/miolo de 40:60, 11% de adesivo ureia-formaldeído para as faces e 7% de adesivo para o miolo, ciclo de prensagem de 160°C de temperatura, pressão de 3,94 MPa e por tempo de 8 minutos. Os painéis tiveram avaliadas as suas propriedades físicas de densidade, razão de compactação, umidade, absorção de água e inchamento em espessura após 2 e 24 horas de imersão; as suas propriedades mecânicas de ligação interna, módulo de ruptura e módulo de elasticidade à flexão estática e a sua propriedade de isolamento térmico. O tratamento térmico das partículas de bagaço de cana na temperatura de 230°C, promoveu melhoras significativas na qualidade dos painéis aglomerados, resultando na diminuição dos valores de absorção de água e inchamento em espessura dos painéis e aumento dos valores de MOE, e atendendo às normas de comercialização quanto ao inchamento em espessura após 24 horas de imersão em água. Tal fato, demonstra o grande potencial de utilização do tratamento térmico na temperatura de 230°C para a produção de painéis aglomerados com bagaço de cana.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the effect of different levels of temperature of thermal treatment on the particleboard properties made from sugarcane bagasse. The experiment consisted of four treatments, being evaluated three temperatures of thermal treatment of sugarcane bagasse (170, 200 and 230°C) and one treatment without thermal modification (Control). The particles were evaluated for their anatomical, chemical and physical characteristics. The particleboards were produced with nominal density of 0.70g/cm³, face/core relation of 40:60, 11% of urea-formaldehyde adhesive to the faces and 7% of adhesive to the core, pressing cycle of 160°C temperature, pressure of 3.94MPa and for a period of eight minutes. The particleboards were evaluated for their properties of physical density, compression ratio, moisture, water absorption and thickness swelling after two and twenty-four hours of immersion; their mechanical properties of internal bond, rupture modulus and modulus of elasticity at static flexion and its thermal insulation property. The thermal treatment of the sugarcane bagasse particles at the temperature of 230°C promoted significant improvements in the quality of the particleboards, resulting in the decrease of the water absorption and thickness swelling values of the panels and the increase in modulus of elasticity values, and meeting marketing standards regarding the thickness swelling after twenty-four hours of immersion in water. This fact demonstrates the great potential of using the thermal treatment at the temperature of 230°C for the production of particleboard with sugarcane bagasse.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido da autora, até abril de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12775
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia de Biomateriais – Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback