Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12796

Title: Avaliação de variações ambientais na expressão de um mosaico florestal
Other Titles: Evaluation of environmental variations in the expression of a forest mosaic
???metadata.dc.creator???: Santos, Alisson Borges Miranda
???metadata.dc.creator.Lattes???: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4381499J6
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Carvalho, Warley Augusto Caldas
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Morel, Jean Daniel
???metadata.dc.contributor.referee1???: Morel, Jean Daniel
???metadata.dc.contributor.referee2???: Santos, Rubens Manoel dos
???metadata.dc.contributor.referee3???: Garcia, Paulo Osvaldo
Keywords: Florestas e florestamento
Mapeamento florestal
Análise de séries temporais
Forests and forestry
Forest mapping
Time-series analysis
???metadata.dc.date.submitted???: 23-Feb-2017
Issue Date: 3-May-2017
Citation: SANTOS, A. B. M. Avaliação de variações ambientais na expressão de um mosaico florestal. 2017. 77 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo objetivou analisar as alterações temporais na estrutura de uma Floresta Estacional Semidecidual e as suas relações com diferentes tipos de solos e com as variações na precipitação, durante 15 anos de monitoramento (2000-2015). O estudo foi realizado, em 25 parcelas de 20 x 20 m, alocadas no período entre 1999 e 2000, quando foram mensuradas as árvores com CAP ≥ 15,7 cm. Em 2005, 2009 e 2015, essas parcelas foram reinventariadas com os indivíduos sobreviventes, sendo remensurados os mortos contabilizados e os recrutas incorporados. As alterações temporais da comunidade arbórea foram avaliadas, a partir da abundância de indivíduos e da área basal, obtidas nos levantamentos da comunidade arbórea, as quais foram utilizadas para a obtenção das taxas de dinâmica. As taxas de dinâmica foram calculadas para a área total e para cada classe de solo. A comunidade arbórea apresentou um comportamento ecológico caracterizado por uma tendência de aumento da área basal e redução da densidade de indivíduos. O padrão observado na comunidade é resultado da combinação das taxas de mortalidade superiores às de recrutamento e das taxas de ganho superiores às de perdas. Este desbalanço entre as taxas de dinâmica indica que as alterações, na estrutura da floresta, podem, em função dos ciclos rítmicos das florestas, terem sido influenciadas pelo estádio avançado de sucessão da floresta, pelas variações climáticas e por eventos naturais. O comportamento temporal semelhante à comunidade arbórea, presente nas classes de solos, resultou em poucas diferenças nos parâmetros estruturais e de dinâmica entre os ambientes. Com este resultado demonstrou-se que a variabilidade edáfica do fragmento pode não ser pronunciada o suficiente para expressar variações na dinâmica da floresta. No entanto as alterações demográficas e estruturais não aconteceram da mesma forma em todas as classes diamétricas. A abundância foi mais elevada entre os pequenos indivíduos, contribuindo para uma mortalidade desproporcional entre as classes de diâmetro, enquanto o crescimento foi mais acelerado entre as grandes árvores, resultando em um aumento do acúmulo de área basal nas maiores classes de diâmetro. Estas alterações sugerem um avanço, no processo de amadurecimento da floresta, ao longo do período de monitoramento, influenciado pelas variações climáticas e pela competição entre os indivíduos.
Abstract: The present study aimed to analyze the temporal changes in the structure of a semideciduous seasonal forest and its relationships with different types of soils and with variations in precipitation during 15 years of monitoring (2000-2015). The study was carried out in 25 plots of 20 x 20 m, allocated in the period between 1999 and 2000, when were measured the trees with CAP ≥ 15.7 cm. In 2005, 2009 and 2015, these plots were reinventoried with the surviving individuals, being remeasured the deaths recorded and recruits incorporated. Temporal alterations of the tree community were evaluated, from the abundance of individuals and the basal area, obtained in the surveys of the tree community, which were used to obtaining the dynamics rates. Dynamic rates were calculated for the total area and for each soil class. The tree community showed an ecological behavior characterized by a tendency to increase the basal area and reduction the density of individuals. The pattern observed in the community is a result of the combination of mortality rates higher than those of recruitment and of rates of gain higher than losses. This imbalance between dynamics rates indicates that changes in forest structure may, in function of the rhythmic cycles of forests, have been influenced by the advanced stage of forest succession, by climatic variations and by natural events. The temporal behavior similar to the tree community, present in the soil classes, resulted in few differences in the structural and dynamic parameters between the environments. With this result it was demonstrated that the edaphic variability of the fragment may not be pronounced enough to express variations in forest dynamics. However the demographic and structural changes did not occur in the same way in all diametric classes. The abundance was higher among the small individuals, contributing to a disproportional mortality among the diameter classes, whereas the growth was more accelerated among the large trees, resulting in an increase of the basal area accumulation in the larger diameter classes. These changes suggest an advance in the forest maturation process over the monitoring period, influenced by climatic variations and by competition among individuals.
Description: Arquivo retido, a pedido do(a) autor(a), até abril de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12796
Publisher: Universidade Federal de Lavras
???metadata.dc.language???: por
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

There are no files associated with this item.

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback