Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12800

Título: Fatores associados a soroprevalência de Neospora caninum e Toxoplasma gondii em rebanhos caprinos na região sul de Minas Gerais
Título Alternativo: Factors associated to seroprevalence of Neospora caninum and Toxoplasma gondii in caprine herds in southern Minas Gerais state, Brazil
Autor(es): Varaschin, Mary S.
Guimarães, Antônio M.
Hirsch, Christian
Mesquita, Leonardo P.
Abreu, Camila C
Rocha, Christiane M. B. M.
Wouters, Flademir
Moreira, Moisés C.
Assunto: Neospora caninum
Toxoplasma gondii
Seroprevalence
Goat disease
Caprinos - Doenças
Soroprevalência
Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal
Data de publicação: Jan-2011
Referência: VARASCHIN, M. S. et al. Fatores associados a soroprevalência de Neospora caninum e Toxoplasma gondii em rebanhos caprinos na região sul de Minas Gerais. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 31, n. 1, p. 53-58, jan. 2011.
Resumo: Este estudo estabelece a soroprevalência de Neospora caninum e Toxoplasma gondii em rebanhos caprinos no Sul de Minas Gerais e verifica a sua associação com o desempenho reprodutivo dos rebanhos analisados, uma vez que não há dados sobre neosporose em caprinos neste Estado. Amostras de soro de 401 caprinos provenientes de 11 propriedades foram submetidas à reação de imunofluorescência indireta anti-N. caninum e T. gondii. A prevalência média de animais positivos foi de 10,7% e 21,4%, respectivamente. Houve diferença significativa entre as faixas etárias. Neste quesito os maiores índices de positividade, para ambos os parasitas, foram observados nos caprinos acima de três anos de idade. Estes apresentaram uma probabilidade 2,6 e 4,8 maior, em relação aos animais de até um ano de idade, para N. caninum e T. gondii, respectivamente. No teste T não houve associação positiva entre as médias de prevalência de N. caninum (p=0,553) e T. gondii (p=0,098) com a ocorrência de problema reprodutivo nos rebanhos. Porém, propriedades com histórico de problemas reprodutivos apresentaram uma média de reagentes para N. caninum de 18,64%, se comparadas a 13,97% de criatórios que não relataram essas alterações. Quando os problemas reprodutivos foram separados em categorias a relação entre a ocorrência de aborto e a soroprevalência de N. caninum e de T. gondii foi significativa (p<0,05) por meio dos testes Exato de Fisher e Qui-quadrado. Não houve diferença (p>0,05) entre as médias de prevalência de T. gondii e o acesso de gatos ao rebanho no teste T. Entretanto, a média de prevalência nas propriedades em que os gatos tinham acesso foi de 31,01%, se comparada a 17,34% em criatórios onde não existiam gatos. Foi constatado o acesso de cães em 100% das propriedades. Os resultados obtidos neste estudo demonstram que N. caninum e T. gondii infectam caprinos no Sul de Minas Gerais e que estes parasitas podem estar associados à ocorrência de abortos nessa espécie animal.
Abstract: This study determines the seroprevalences of Neospora caninum and Toxoplasma gondii in caprine herds in southern Minas Gerais state and investigates their association with the reproductive performance of the herds analyzed since no data concerning neosporosis in goats in this state are available. Serum samples from 401 goats from 11 farms were subjected to indirect immunofluorescence reaction for the detection of N. caninum and T. gondii. The mean prevalence rates of animals that tested positive were 10.7% and 21.4%, respectively. Significant differences between different age groups were observed. The highest frequencies of positive cases for both parasites were observed in goats over three years of age; in this group, the probability of seropositivity for N. caninum and T. gondii was 2.6 and 4.8 times higher, respectively, when compared to animals up to one year of age. No positive correlation was found between the mean prevalence rate of N. caninum (p-0,553) and T. gondii (p=0.098) and the occurrence of reproductive problems in the herds using T-test. However, farms with a history of reproductive problems exhibited an average of 18.64% animals reactive to N. caninum, compared to 13.97% from farms where those problems were not reported. When reproductive problems were separated in category, the relationship between occurrence of abortion and seroprevalence of N. caninum and T. gondii was significant (p<0.05) using Fisher's exact test and chi-square test. No difference was seen (p>0.05) between the mean prevalence rate of T. gondii of herds to which cats had access as compared to herds that had no contact with cats using a T-test. However, the mean prevalence rate in farms where cats had access to the herd was 31.01% as compared to 17.34% in farms where there were no cats. Access of dogs was observed in 100% of the farms. The results obtained in this study demonstrate that N. caninum and T. gondii infect goats in southern Minas Gerais and that these parasites can be associated with the occurrence of abortion in this animal species.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12800
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Fatores associados a soroprevalência de Neospora caninum e Toxoplasma gondii em rebanhos caprinos na região sul de Minas Gerais.pdf94,75 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback