Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCC - Departamento de Ciência da Computação >
DCC - Programa de Pós-graduação >
DCC - Ciência da Computação - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12831

Título: Uma abordagem para visualização da evolução de código morto em sistemas de software orientados a objetos
Título Alternativo: Dead code evolution visualization aproach in object oriented software
Autor(es): Bastos, Camila
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5861661010156958
Orientador: Costa, Heitor Augustos Xavier
Membro da banca: Werner, Cláudia Maria Lima
Membro da banca: Santos, Rodrigo Pereira dos
Membro da banca: Parreira Junior, Paulo Afonso
Membro da banca: Durelli, Rafael Serapilha
Assunto: Software – Qualidade
Software – Código morto
Visualização de software
Evolução de software
Software – Quality
Software – Dead code
Software visualization
Software evolution
Data de Defesa: 17-Fev-2017
Data de publicação: 5-Mai-2017
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: BASTOS, C. Uma abordagem para visualização da evolução de código morto em sistemas de software orientados a objetos. 2017. 153 p. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A evolução é fundamental para que os sistemas de software atendam as necessidades de seus usuários. Acompreensão dessa evolução pode ser utilizada para encontrar a origem de problemas atuais ou para obter informações que possibilitam prever características futuras do software. No entanto, o aumento das informações, das funções, da poluição e da quantidade de código morto ao longo da evolução deixa o software mais complexo, dificultando essa compreensão. Desse modo, técnicas de visualização de software tem sido utilizadas para representar a evolução de determinados atributos do software, facilitando a compreensão de suas características evolutivas. Apesar dessas técnicas, ainda existem lacunas ao explorá-las para compreender fatores que contribuem com o aumento da complexidade ao longo da evolução, por exemplo, a presença de código morto. Com base nesses fatores, neste trabalho foi proposta DCEVizz, uma abordagem para identificar e visualizar código morto na evolução de sistemas de software orientados a objetos. A finalidade dessa abordagem é prover melhor percepção da existência de código morto nas versões do software, assim como suas características evolutivas. De modo geral, a análise e compreensão da evolução do código morto pode fornecer informações úteis para predizer o aumento desse código nas versões futuras, aumentar a segurança na sua eliminação e facilitar sua identificação nas versões. A abordagem foi implementada em um plug-in para a plataforma IDE Eclipse (DCEVizz Tool) e avaliada em duas fases. Na primeira fase, foi realizada uma comparação qualitativa do código morto identificado por DCEVizz Tool com o identificado pela ferramenta Understand. Essa comparação mostrou que a técnica de detecção utilizada em DCEVizz Tool identificou maior quantidade de código morto do que Understand em todos os sistemas analisados. Na segunda fase da avaliação, foi realizado um estudo experimental com um grupo de voluntários, que realizaram um conjunto de atividades sem e com o uso de DCEVizz Tool. Os resultados desse estudo indicaram que o uso de DCEVizz Tool aumenta a precisão e a eficiência na execução das atividades e que, na opinião dos participantes, a abordagem facilita a compreensão da evolução do código morto.
Abstract: The evolution is fundamental for the software to always meet the needs of their users. The comprehension of this evolution can be used to find the source of current problems or to obtain information that makes possible to predict future characteristics of the software. However, the increasing of information, functionality, pollution and the amount of dead code throughout evolution leaves the software more complex, making it difficult to comprehension. Thus, software visualization techniques have been used to represent the evolution of certain attributes of the software, facilitating the understanding of its evolutionary characteristics. Nevertheless, there are gaps in exploring these techniques to understand factors that contribute to increase the complexity throughout evolution, for example, the presence of dead code. Based on these factors, in this work the DCEVizz approach was proposed to identify and visualize dead code in the evolution of object oriented software. The purpose of this approach is to better understand the existence of dead code in software versions and their evolutionary characteristics. The analysis and understanding of dead code evolution can provide information to predict increases in this code, to enhance security in their elimination and to facilitate their identification in versions. The approach was implemented in a plug-in for Eclipse (DCEVizz Tool) and evaluated in two phases. In the first phase, a qualitative comparison of the dead code identified by DCEVizz Tool with the dead code identified by Understand tool was performed. This comparison showed that the detection technique used in DCEVizz Tool identified a greater amount of dead code than Understand in all the analyzed software. In the second phase of the evaluation, an experimental study was performed with a group of volunteers, who performed a set of activities using and not using the approach. The results of this study indicate that the use of DCEVizz increased precision and efficiency in the execution of the activities and facilitated the understanding of the evolution of the code.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido da autora, até outubro de 2017.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12831
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DCC - Ciência da Computação - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback