Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12957

Título: Acefalia em ovino - relato de caso
Título Alternativo: Acephalia in sheep - case report
Autor(es): Souza, Daniele de
Preussler, Jéssica Vanessa
Kozera, Carina
Filadelpho, André Luis
Birck, Arlei José
Peres, Jayme Augusto
Barcelos, Rodrigo Patera
Assunto: Ovinos - Malformação
Ovinos - Acefalia
Mimosa bimucronata
Sheep - Acephalia
Sheep - Malformation
Publicador: Faculdade de Ensino Superior e Formação Integral
Data de publicação: Jul-2012
Referência: SOUZA, D. de et al. Acefalia em ovino - relato de caso. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, Garça, n. 19, jul. 2012. Não paginado.
Resumo: A acefalia é uma malformação que consiste na ausência total ou parcial da cabeça. A mortalidade em ovinos portadores de malformações ocorre principalmente no período compreendido entre 28 e 60 dias de gestação. Malformações podem ocorrer nas fases de desenvolvimento embrionário ou fetal de todas as espécies de animais, podendo ser hereditárias, causadas pela ingestão de plantas tóxicas ou substâncias químicas ingeridas pelos seus genitores. Relatou-se um caso de um ovino natimorto fruto do cruzamento de ovinos da raça Dorper com Santa Inês, o qual apresentava uma grave malformação da cabeça. Acredita-se que ela ocorreu devido à ingestão da planta Mimosa bimucronata (D.C.) Kuntze (Fabaceae) que é uma planta tóxica que causa malformações para os ruminantes em geral, presente em grande quantidade na propriedade relatada. Na criação de ovinos, é preciso levar em consideração vários fatores que podem afetar o desenvolvimento fetal, entre eles o controle de plantas que possuem potencial teratogênico, à semelhança da Mimosa bimucronata, e deste modo reduzir os casos de malformações e mortalidade perinatal.
Abstract: Acephalia is a malformation that consists in total or partial absence of the head. The mortality of sheep that bear the malformation occurs mainly during the period between 28 and 60 days of pregnancy. Malformation can occur during the embryonic or fetal development stage of every species of animals, which can be hereditary, caused by the consumption of toxic plants or chemical substances ingested by their parents. It was reported the case of a stillborn sheep originated from the cross-breeding of Dorper sheep with Santa Inês sheep, which present a severe malformation of the head. It is believed that it occurred due to the intake of Mimosa bimucronata (D.C.) Kuntze (Fabaceae) which is a toxic plant that causes malformation of ruminants in general, found in large amount at the related farm. For sheep farming, it is necessary to consider several factors that might affect the fetal development, amongst them is the control of plants with teratogen potential, such as Mimosa bimucronata, in order to reduce the cases of malformation and perinatal mortality.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12957
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Acefalia em ovino - relato de caso.pdf648,62 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback