Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1296

Título: Opções reais em cultivos de rosas pelo sistema de produção integrada
Autor(es): Teixeira, Elizete Antunes
Orientador: Reis, Ricardo Pereira
Coorientador(es): Almeida, Elka Fabiana Aparecida
Membro da banca: Ferreira, Bruno Pérez
Carvalho, Lívia Mendes de
Carvalho, Francisval de Melo
Benedicto, Gideon Carvalho de
Área de concentração: Organização, Gestão e Sociedade
Assunto: Opções reais
Flexibilidade gerencial
Opções de adiar
Contratos de opções de compra
Rosas - Sistema de produção integrada
Real options
Managing flexibility
Postponing Options
Purchase options contracts
Roses integrated production system
Data de Defesa: 17-Mai-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig)
Referência: TEIXEIRA, E. A. Opções reais em cultivos de rosas pelo sistema de produção integrada. 2013. 207 p. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Atualmente presencia-se uma crescente cobrança mundial por uma produção segura, com o mínimo de impactos negativos ao meio ambiente, requerendo diminuição no uso de defensivos químicos, com trabalhadores e consumidores protegidos. Além de adoção dos princípios de competitividade, sustentabilidade e rastreabilidade, há a necessidade, cada vez maior, de repensar mudanças de atitudes culturais inovadoras e eficientes, em substituição às práticas convencionais de produção. Assim, a Produção Integrada tem por princípio, desde sua concepção, a visão sistêmica, inicialmente no manejo integrado de pragas, evoluindo para a integração de processos em toda a cadeia produtiva. O objetivo geral do estudo consistiu em avaliar, por meio do Método de Opções Reais, os cultivos de rosas, pelo sistema de produção integrada, para estimar os valores dos contratos de opções de compra como alternativa de financiamento. E realizou-se uma análise financeira comparativa entre os Métodos Tradicionais e a Teoria das Opções Reais em cultivos de rosas pelo sistema de produção integrada. Os dados foram coletados do experimento conduzido pelos pesquisadores da Fazenda Experimental Risoleta Neves, da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, São João Del Rei, no período de dezembro de 2009 a junho de 2011. A partir dos dados do experimento foram realizadas projeções para um hectare de produção de rosas da variedade ‘Carolla’. Todos os cálculos foram realizados com 100%, 75%, 50% e 25% de adubação química e orgânica com e sem a presença de adubo verde calopogônio (Calopogonium Muconides L) cultivado em consórcio com a roseira. As reduções das adubações químicas e orgânicas provocaram reduções significativas nos custos dos materiais diretos em todos os tratamentos. A análise financeira, pelo método tradicional, para os tratamentos 5, 6, 7 e 8 com as reduções sucessivas de 25% das adubações químicas e orgânicas, sem o adubo verde, apresentaram-se financeiramente viáveis. Nos tratamentos 1, 2, 3 e 4 foram verificadas variações nos valores presentes líquidos (VPLs) e nas taxas internas de retornos (TIRs) entre os tratamentos. Essas variações podem ser explicadas pela presença do consórcio com o adubo verde, o qual poderá ter competido com o roseiral, reduzindo as quantidades produzidas e consequentemente, reduzindo os resultados financeiros, ocasionando um VPL negativo no tratamento 2. Em todos os tratamentos, a análise financeira pelo método de opções reais apresentou VPLs expandidos maiores em relação ao VPL tradicional ao longo da vida útil média do projeto. Dessa forma, concluiu-se que projetos de investimentos em cultivos de rosas que poderão ser adiados têm mais valor em relação aos projetos sem a flexibilidade do adiamento. Concluiu-se que contratos de opções de compra de rosas ‘Carolla’ consistem em uma alternativa para financiamentos para os produtores, uma vez, que os valores dos prêmios que serão recebidos, antecipadamente, consistirão em recursos financeiros a serem canalizados para o setor produtivo pelo sistema de produção integrada de rosas.
Nowadays, the world is facing a growing demand for safe production. It might cause minimum negative impact to the environment and requires less chemical crop protection products appliance. Its workers and consumers must be protected. Besides the adoption of competitiveness, sustainability and traceability principles, there is a growing need to think about cultural actions regarding effectiveness and innovativeness, they must replace the conventional production practices. Thus, since its conception, Integrated Production aims to develop a systemic view which goes from integrated plague handling all the way up to processes’ integration throughout the productive chain. The current study aims to assess - by means of the Real Options Method – the cultivation of roses when the Integrated Production System is applied to it, in order to estimate the values of the Purchase Options Contract and see if it is a good financial alternative to such contracts. A comparative financial analysis between the Traditional Methods and the Real Options Theory was performed. It was based in rose crops that already apply the Integrated Production System. Data were collected from an experiment performed by researchers from the Experimental Farm Risoleta Neves of the Minas Gerais Agricultural Research Company, in São João Del Rei County, between December 2009 and June 2011. Based on the experiment’s data, projections were developed for a one hectare’s rose crop – of the ‘Carolla’ variety – production. All the calculations were done with 100, 75, 50 and 25% of chemical and organic manure without green calopo (Calopogonium Muconides L) intercropped with the rosebush. Reductions on chemical and organic manures led to significant reductions in costs with direct materials in all treatments. The financial analysis – by means of traditional methods – for treatments 5, 6, 7 and 8, with 25% consecutive reductions on chemical and organic manures – without green manure -, presented themselves as financially feasible. The 1, 2, 3 and 4 treatments presented net present value (NPV) and internal rate of return (IRR) variations among them. Such variations can be explained by the presence of intercrops with green manure. It could have competed with the rosebushes, reducing the production rates and, consequently, reducing financial results, leading to negative NPV in treatment 2. All treatments presented expanded NPVs when the financial analysis was done by means of the Real Options Method - in comparison to the traditional NPV - throughout the project’s mean lifetime. Therefore, it was concluded that the ‘Carolla’ roses’ purchase options are an alternative to producers’ financings, once the funding awards will be received in advance and will comprise the financial resources to be used by the production sector, which will apply the Integrated Production System for the rose crops.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Administração, área de concentração Organização, Gestão e Sociedade para a obtenção do título de Doutora.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1296
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Opções reais em cultivos de rosas pelo sistema de produção integrada.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback