Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12985

Título: Desempenho e saúde intestinal de leitões suplementados com DL ou L-metionina na fase de creche
Título Alternativo: Growth performance and intestinal health of piglets supplemented with dl or l-methionine in the nursery phase
Autor(es): Resende , Maíra
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4245305A6
Orientador: Cantarelli, Vinícius de Souza
Membro da banca: Hauschild, Luciano
Membro da banca: Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
Membro da banca: Ferreira, Rony Antonio
Assunto: Suínos - Desempenho intestinal
Suínos - Saúde intestinal
Metionina
Suínos - Suplementação
Pigs - Intestinal performance
Pigs - Intestinal health
Methionine
Pigs - Supplementation
Data de Defesa: 28-Out-2016
Data de publicação: 12-Mai-2017
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: RESENDE, M. Desempenho e saúde intestinal de leitões suplementados com DL ou L-metionina na fase de creche. 2017. 40 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2016.
Resumo: A metionina (Met) é um aminoácido essencial e geralmente o segundo ou terceiro aminoácido limitante em dietas convencionais para suínos. Possui função direta na síntese de proteínas, assim como em outras funções biológicas, importantes para o desempenho e a saúde dos animais. O trabalho foi realizado com o objetivo de investigar o desempenho e a saúde intestinal de leitões suplementados com L-Metionina (L-Met) em comparação com a DL-Metionina (DLMet) na fase de creche. Foram utilizados 72 suínos (machos castrados e fêmeas) de alto valor genético, com peso inicial de 6,30 ± 0,81 kg e 25 dias de idade (4 dias pós-desmame), distribuídos aleatoriamente em 3 tratamentos, por 42 dias: Dieta basal deficiente em Met (DB), DB + 0,06% de DL-Met e DB + 0,06% de L-Met. A DB atendeu 66% da exigência de Met na fase pré-inicial e 71% na inicial, segundo o NRC (2012). As dietas DL-Met e L-Met atenderam 88% (pré-inicial) e 95% (inicial) das exigências de metionina. Os animais foram pesados individualmente e o fornecimento de ração mensurado por baia diariamente, com o objetivo de calcular as variáveis de desempenho consumo de ração diário (CRD), ganho de peso diário (GPD), conversão alimentar (CA) e peso final (PF), considerando os valores de sobras de ração. Diariamente foi avaliada a incidência de diarreia, calculada através da porcentagem de baias com animais positivos para diarreia em relação ao total de observações realizadas no período. Aos 42 dias de ensaio, um macho castrado por parcela experimental foi abatido e segmentos de jejuno foram coletados para avaliação da morfologia intestinal. Aos 43 dias amostras de sangue do macho restante da parcela foram coletadas para avaliação da ureia plasmática. Do 0 aos 28 dias de avaliação, a suplementação com L-Met aumentou o PF e o GPD, quando comparados com a DB. Ao final dos 42 dias, os animais suplementados com DL-Met tiveram melhor GPD do que os animais que receberam a DB. Além disso, houve uma tendência de melhora no PF (P = 0,065), sendo que os animais do grupo DL-Met e L-Met tiveram um peso 4,85 e 6,63% maior do que o grupo DB, respectivamente. Do 0 aos 35 dias, os animais suplementados com L-Met apresentaram uma menor incidência de diarreia, quando comparados com os grupos DB e DLMet. Já no período total, o grupo L-Met apresentou menor incidência do que o grupo DL-Met. Os resultados de ureia plasmática e altura de vilosidade, profundidade de cripta e relação vilo:cripta do jejuno não foram diferentes entre os tratamentos. Como conclusão, a suplementação com L-Met aumenta o ganho de peso diário até os 28 dias de creche e a de DLMet até os 42 dias de creche. A suplementação com L-Met reduz a incidência de diarreia durante a fase de creche.
Abstract: Methionine (Met) is an essential amino acid and usually the second or third limiting amino acid in conventional swine diets. It has a direct function in the synthesis of proteins, as well as in other biological functions, important for the performance and the health of the animals. The aim of this study was to investigate the performance and intestinal health of piglets supplemented with L-Methionine (L-Met) compared to DL-Methionine (DL-Met) in the nursery phase. Seventy-two pigs (barrows and gilts) of high genetic value, with initial BW of 6.30 ± 0.81 kg and 25 days of age (4 days post-weaning), were randomly in three treatments for 42 days: Basal diet deficient in Met (DB), DB + 0.06% of DL-Met and DB + 0.06% L-Met. DB meeting 66% of the requirement of methionine in pre-starter phase and 71% in starter phase, according NRC (2012). DLM diets and LM meeting 88% (pre-starter) and 95% (starter) of requirement. The animals were weighed individually and the supply of feed per pen measured daily, for to calculate the final BW, average daily gain (ADG), daily feed intake (ADFI) and feed conversion (FCR), considering the amounts of feed leftovers. Daily incidence of diarrhea was performed, calculated using the percentage of positive pens for diarrhea over the total period of observations carried out. At 42 days of trial, a barrow per pen was slaughtered and jejunum segments were collected for evaluation of intestinal morphology. At 43 days blood samples from the remaining barrow of the pen were collected for evaluation of plasma urea. From 0 to 28 d of evaluation, L-Met supplementation increased final BW and ADG when compared to DB. At the end of 42 days, animals supplemented with DL-Met had better ADG than animals receiving DB. In addition, there was a trend of improvement in the final BW (P = 0.065) and the animals of the DL-Met and L-Met groups had a BW 4.85 and 6.63% higher than the DB group, respectively. From 0 to 35 days, animals supplemented with L-Met had a lower incidence of diarrhea when compared to DB and DL-Met groups. In the total period, the L-Met group presented lower incidence than the DL-Met group. The results of PUN and villus height, crypt depth and villous:crypt jejunum were not different between treatments. In conclusion, LMet supplementation increases the average daily gain at 28 days of nursery phase and DL-Met at 42 days of nursery phase. L-Met supplementation reduces the incidence of diarrhea during the nursery phase.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido da autora, até maio de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12985
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback