Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13009

Título: Compostos fenólicos obtidos da pirólise de resíduos de café
Título Alternativo: Phenolic compound obtained from pyrolysis of coffee residues
Autor(es): Almeida, Flávio Vieira Martins de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5817291601418265
Orientador: Guerreiro, Mário César
Membro da banca: Pedroso, Márcio Pozzobon
Membro da banca: Sales, Priscila Ferreira de
Assunto: Biomassa de café
Lignina pirolisada
Café fenólico
Pirólise de café
Ácido clorogênico
Coffee biomass
Lignin pyrolyzed
Coffee phenolic
Coffee pyrolysis
Chlorogenic acid
Data de Defesa: 27-Mar-2017
Data de publicação: 19-Mai-2017
Referência: ALMEIDA, F. V. M. de. Compostos fenólicos obtidos da pirólise de resíduos de café. 2017. 88 p. Dissertação (Mestrado em Agroquímica)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Os compostos fenólicos estão presentes em grande abundância na natureza inclusive na biomassa de café. O resíduo resultante do processamento do café equivale a uma grande quantidade em massa, compreendendo casca, polpa e borra, sendo primordial o seu reaproveitamento em atenção à utilização da biomassa por uma alternativa ambientalmente correta. No presente trabalho pretendeu-se avaliar a formação e obtenção de compostos fenólicos utilizando a pirólise como processo de transformação. Empregou-se os grãos de café (Coffea arabica) verde, ardido e preto como amostra, sendo submetidos a pirólise com arraste de gás N2 e condensação por resfriamento. As porções condensadas foram coletadas nas temperaturas de 250°C, 500°C e 650°C, no intuito de selecionar classes de componentes de acordo com as quebras moleculares e volatilização desses componentes. Uma vez que os compostos fenólicos apresentam grupos ionizáveis e diferenças de solubilidade, cada uma das amostras condensadas foram extraídas com diclorometano e acetato de etila, com auxílio de modificadores de pH, e analisadas por métodos capazes de identificar e quantificar os constituintes fenólicos empregando técnicas complementares de cromatografia líquida, determinação total de compostos fenólicos por via úmida e espectroscopia IR. Os métodos de análise confirmaram a presença de ácidos graxos e proporcionaram a verificação dos compostos fenólicos: ácidos clorogênicos, ácido gálico, catequina, ácido t-cinâmico, rutina, trigonelina e cafeína. Foi evidenciado a presença de diferentes compostos fenólicos nas 3 faixas de temperaturas de pirólise coletadas. O teor total de compostos fenólicos foi obtido, demonstrando que o processo de pirólise realizado apresenta cerca de 1 % de rendimento, indicando uma alternativa ao aproveitamento da biomassa como foco na lignina.
Abstract: Phenolic compounds are present in great abundance in nature including coffee biomass. The residue resulting from the processing of coffee is equivalent to a large quantity in mass, comprising bark, pulp and sludge, and being primordial its reutilization in attention to the use of biomass by an environmentally correct alternative. In the present work we intend to evaluate the formation and obtaining of phenolic compounds using pyrolysis as a transformation process. The green, arid and black coffee beans (Coffea arabica) were used as sample, being submitted to pyrolysis with entrainment of N2 gas and condensation by cooling. The condensed portions were collected at temperatures of 250°C, 500°C and 650°C in order to select classes of components according to the molecular breaks and volatilization of these components. Once the phenolic compounds had ionizable groups and differences in solubility, each of the condensed samples were extracted with dichloromethane and ethyl acetate using pH modifiers and analyzed by methods capable of identifying and quantifying the phenolic constituents using complementary techniques of liquid chromatography, total determination of wet phenolic compounds and IR spectroscopy. The methods of analysis confirmed the presence of fatty acids and provided the verification of some phenolic compounds: chlorogenic acids, gallic acid, catechin, t-cinnamic acid, rutin, trigonelline and caffeine. It was evidenced the presence of different phenolic compounds in the 3 ranges of pyrolysis temperatures collected. The total content of phenolic compounds was obtained, demonstrating that the pyrolysis process performed presents about 1% of yield, indicating an alternative to the use of biomass as a focus on lignin.
Informações adicionais: Arquivo retido, a pedido do autor, até maio de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13009
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções: DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback