Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEX - Departamento de Ciências Exatas >
DEX - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13073

Título: Descrição do crescimento vegetativo do cafeeiro cultivar Rubi MG 1192, utilizando modelos de regressão
Título Alternativo: Description vegetative growth of coffee tree farming Ruby MG 1192 using regression models
Autor(es): Pereira, Adriele Aparecida
Morais, Augusto Ramalho de
Scalco, Myriane Stella
Fernandes, Tales Jesus
Assunto: Cafeeiro - Crescimento
Densidade de plantio
Cafeeiro - Irrigação
Ramo plagiotrópico
Planting density
Coffee - Growing
Nonlinear model
Coffee - Irrigation
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data de publicação: Abr-2014
Referência: PEREIRA, A. A. et al. Descrição do crescimento vegetativo do cafeeiro cultivar Rubi MG 1192, utilizando modelos de regressão. Coffee Science, Lavras, v. 9, n. 2, p. 266-274, abr./jun. 2014.
Resumo: Os produtos agrícolas constituem uma das bases da economia brasileira, e entre eles, destaca-se o café. Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar, ao longo do tempo, o crescimento vegetativo de plantas do cafeeiro, cultivar Rubi MG 1192, cultivadas nas densidades 3333 e 10000 plantas ha–1 e nos regimes de irrigação testemunha, 20 kPa e 60 kPa. Os dados são oriundos de experimento realizado em Lavras-MG, no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições, utilizando uma adaptação da análise conjunta de experimentos, com o esquema de parcelas divididas. As densidades de plantio foram consideradas como os ambientes, os regimes de irrigação, as parcelas e as épocas de avaliação constituíram as subparcelas no tempo. Segundo o coeficiente de determinação ajustado e o critério de informação de Akaike utilizados, o modelo Gompertz é o que melhor representa o crescimento em altura de plantas do cafeeiro e, o linear simples, o que melhor descreve a relação entre o número de ramos plagiotrópicos e o tempo. As plantas mais altas e com maior número de ramos plagiotrópicos foram observadas nos regimes irrigados, indicando que a irrigação contribui positivamente para o desenvolvimento vegetativo do cafeeiro. Maiores médias para a altura e para o número de ramos plagiotrópicos também foram observadas na maior densidade de plantio.
Abstract: Agricultural products constitute one of the bases of the Brazilian economy, and between them stands out the coffee. The objective of this study was to evaluate, over time, the vegetative growth of coffee plants, Rubi MG 1192 grown in densities 3333 and 10000 plants ha-1 and irrigation regimes control, 20 kPa and 60 kPa. The data are from an experiment carried out in Lavras, Brazil, using randomized blocks design with four replications, using an adaptation of the joint analysis of the experiments with split plots. The planting density were considered environments, systems of irrigation plots and the evaluation time constituted the subplots in time. According to the adjusted coefficient of determination and Akaike information criterion used, the Gompertz model is the one that best represents the growth in height of the coffee plants and the simple linear, which best describes the relationship between the number of plagiotropics branches and time. The higher plants and greater number of plagiotropics branches were observed in the irrigated schemes, indicating that irrigation contributes positively to the vegetative development of the coffee. Largest average height and number of plagiotropics branches were also observed in the higher planting densities.
URI: http://www.coffeescience.ufla.br/index.php/Coffeescience/article/view/632
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13073
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEX - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Não há arquivos associados para este Item.

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback