Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13083
Título: Osmolalidade das soluções ativadoras com ou sem íons na ativação da motilidade do sêmen criopreservado de piabanha Brycon insignis (characiformes)
Título(s) alternativo(s): Osmolality of activating solutions with or without ions on the activation of the criopreserved sperm in piabanha Brycon insignis (characiformes)
Autor : Motta, Naiara Cristina
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7989876586747823
Primeiro orientador: Viveiros, Ana Tereza de Mendonça
Primeiro membro da banca: Viveiros, Ana Tereza de Mendonça
Segundo membro da banca: Drummond, Cristina Delarete
Terceiro membro da banca: Oliveira, Alexmiliano Vogel de
Palavras-chave: Peixe – Fecundidade
Espermatozoides – Criopreservação
Fishes – Fertility
Spermatozoa – Cryopreservation
Brycon insignis
Data da publicação: 31-Mai-2017
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: MOTTA, N. C. Osmolalidade das soluções ativadoras com ou sem íons na ativação da motilidade do sêmen criopreservado de piabanha Brycon insignis (characiformes). 2017. 46 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: O objetivo deste estudo foi determinar o efeito de soluções ativadoras com diferentes osmolalidades, com ou sem íons, na qualidade espermática do sêmen criopreservado de Brycon insignis. O sêmen de 8 machos foi coletado após tratamento hormonal com extrato de hipófise de carpa. Após a coleta, o sêmen foi criopreservado utilizando metilglicol como crioprotetor e uma solução de BTS® como diluidor. O sêmen diluído foi envasado em palhetas de 0,5 mL, que foram congeladas em botijão de vapor de nitrogênio (dryshipper) e armazenadas em botijão de nitrogênio líquido. Após cinco anos, as palhetas foram descongeladas em banho-maria a 60°C por 8 segundos. No experimento 1, 11 soluções foram preparadas utilizando água osmose reversa (~ 0 mOsm/Kg) e glicose ou NaCl ajustadas as seguintes osmolalidades: 50, 100, 150, 200 e 250 mOsm/Kg. No experimento 2, 6 soluções foram preparadas utilizando água osmose reversa e NaHCO3, citrato de sódio (Na3C6H5O7), NaCl, KCl, CaCl2 ou glicose (controle não iônico), ajutadas a ~ 98 mOsm/Kg. Os parâmetros de taxa de motilidade, velocidade curvilínea (VCL), velocidade retilínea (VSL), velocidade média de percurso (VAP) e frequência de batimento flagelar cruzado (BCF) do sêmen após o descongelamento foram determinados utilizando o sistema computadorizado de análise de sêmen (CASA). Maiores taxas de motilidade e velocidades foram observadas em amostras ativadas nas soluções de NaCl e glicose em osmolalidades de 0 a 200 mOsm/Kg, se comparadas com as amostras ativadas nas soluções de 250 mOsm/Kg e não foram observadas diferenças estatísticas entre as soluções de NaCl e glicose dentro da mesma osmolalidade. As amostras ativadas em NaHCO3, citrato de sódio, NaCl, KCl e glicose apresentaram as maiores taxas de motilidade, se comparada às amostras ativadas em CaCl2. Maiores velocidades curvilineares foram observadas em amostras ativadas em NaHCO3, citrato de sódio, KCl e glicose, quando comparadas às amostras ativadas em CaCl2. As amostras ativadas em NaCl apresentaram valores intermediários para VCL. O sêmen criopreservado de B. insignis pode ser ativado em soluções iônicas ou não iônicas com osmolalidades de 0 a 200 mOsm/Kg, entretanto a solução de CaCl2 deve ser evitada.
Abstract: The objective of this study was to determine the effect of activating solutions with different osmolalities, with or without ions, on the sperm quality of the cryopreserved sperm of Brycon insignis. The semen of 8 males was collected after hormonal treatment with carp pituitary extract. After collection, the semen was cryopreserved using methyl glycol as a cryoprotectant and a BTS™ solution was used as extender. The diluted sperm loaded into 0.5 mL straws, which were frozen in a nitrogen vapor vessel (dry shipper) and stored in a liquid nitrogen vessel. After five years the straws were thawed in a water bath at 60 °C for 8 seconds. In experiment 1, 11 solutions were prepared with reverse osmosis water (∼0 mOsm kg-1) and glucose or NaCl adjusted to an osmolality of 50, 100, 150, 200 and 250 mOsm kg-1. In experiment 2, 6 solutions were prepared with reverse osmosis water e NaHCO3, sodium citrate ((Na3C6H5O7), NaCl, KCl, CaCl2 or glicose (as an ion-free control), adjusted to ~98 mOsm Kg-1. The parameters of motility rate, curvilinear velocity (VCL), straight line (VSL), average path (VAP) and beat-cross frequency (BCF) of the post-thaw were determined using a Computer-Assisted Sperm Analyzer (CASA). Higher motility rates and velocities were observed in activated samples in NaCl and glucose solutions at osmolalities of 0 to 200 mOsm Kg-1, when compared to the activated samples in the solutions of 250 mOsm Kg-1 and was no statistical difference on motility rate and velocities between samples activated in NaCl or in glucose solutions within the same osmolality. The samples activated in NaHCO3, sodium citrate, NaCl, KCl or glucose presented the higher rates of motility, when compared to samples activated in CaCl2. Higher curvilinear velocities were observed in samples activated in NaHCO3, sodium citrate, KCl and glucose, when compared to samples activated in CaCl2. Samples activated in NaCl presented intermediate VCL values. The post-thaw sperm in B. insignis can be activated in ionic or non-ionic solutions with osmolalities of 0 to 200 mOsm/kg, however the CaCl2 solution should be avoided.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13083
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Osmolalidade das soluções ativadoras com ou sem íons na ativação da motilidade....pdf852,34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.